Tempo de leitura: < 1 minuto

Quem disse que Minas Gerais perdeu a vez na prefeitura de Ilhéus, após a saída de Valderico Reis? Perdeu nada. A mais nova mineira do pedaço é a GCT – Gerenciamento e Controle de Trânsito.

A empresa foi a vencedora de uma carta-convite e alugará à prefeitura um sistema de software para gerenciar os autos de infração de trânsito, desde a notificação até o envio da multa à residência do infrator e, também, o acompanhamento de recursos.

Outras duas empresas foram convidadas a participar do processo, a DCT Tecnologia e Serviços Ltda. e a Engebras S/A. Houve quem falasse em favoritismo da GCT. A escolha foi definida na semana passada. Mas não houve publicidade da coisa.

Há quem queira trazer à tona todo o processo em que a mineira saiu vencedora.

0 resposta

  1. Zelão, especula: – Veio trazida pelas rodas da São Miguel.

    Segundo comentários que circulam à boca pequena em Ilhéus, a CGT, empresa de gerenciamento de trânsito, é ligada ao grupo da Viação São Miguel, que vem a ser a principal financiadora da campanha do prefeito Newton Lima, pelo o qual teria sido beneficiada com o presente contrato.
    Bem se diz: -“Mineiro come em silêncio!”

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.