Tempo de leitura: < 1 minuto

Não foi nada amigável o reencontro entre Marcos Gomes e o secretário de Planejamento da Prefeitura de Itabuna, Maurício Athayde. O contato se deu no aniversário do pai de Marcos, o ex-prefeito Fernando Gomes, no dia 30.

Athayde se aproximou sorridente e cumprimentou um Marcos Gomes gélido, que não fez mistério sobre o motivo da frieza: “passei seis meses telefonando e você não atendeu”.

O período ao qual o filho do ex-prefeito se referiu foi o que ele esteve foragido, por conta da acusação de assassinato do vaqueiro Alexsandro Honorato.

0 resposta

  1. Hummm… Quer dizer que todo mundo ali recebeu telefonemas dele enquanto estava foragido, atendeu e não o declarou à justiça? Isso não é contra a lei?

  2. azevedo como e que voce deixa uma pessoa incopetente cordena
    a dengue com sua equipe arlene e compaia que ele deixou cordenando pra curti o sao joao m ibicui virou uma putaria
    quero resposta [falta de material os agente nao esta satisfeito coma opiniao de doto viera porque ele garantio que os agente ia escolher o cordenado pra cordena mais nao esistio isso os agente que ugensia sobre a saida desse cordenado agradeso]

  3. azevedo vc e uma pessoa muito incompetente mais as pessoas que esta em secretaria pela augumas indicasoes esta deichando a deseja ex o cordenado sandoval nao esta fazendo uma boa cordenacao falta de material o rg ,pilha,ficha de visita,fardamento e etc…
    por favor vai fiscaliza o pa dos agente da dengue muita gente sem fazer nada principaumente o es cordenado roberto e tambem o irmao dela riardo isso e verdaeiro estive presente e presensiei
    mais nao deixe de fiscaliza…

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.