Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) absolveu o ex-vereador itabunense Adilson José (sem partido) da acusação de compra de votos na eleição de 2004. A absolvição foi por unanimidade. Adilson foi condenado a 3 anos de prisão pela suposta doação de terrenos, no bairro São Pedro, em troca de votos, em sentença do juiz Benedito Alves Coelho.

O magistrado havia acatado a denúncia do Ministério Público Eleitoral, além de condenar Adilson José a pagar dez salários (valores de outubro de 2004, corrigidos). O presidente do TRE, Sinésio Cabral Filho, justificou a absolvição por falta de “testemunhal robusta, nem comprovação de autoria e materialidade”, segundo informa o blog Sport News.

0 resposta

  1. Adilson José já foi solto, digamos assim, agora só falta prenderem Milton Gramacho para compensar tantas coisas erradas que esses caras fizeram e continuam fazendo na politica de Itabuna.

    Adilson barbarizou, fez e desfez de tudo na politica, algumas vezes por ordem de Maria Alice e Fernando Gomes, e agora quem assume o lugar deste é o vereador Milton Gramacho que nada faz sem que antes receba a orientação de Maria Alice e Carlos Burgos, além, é claro, do capitão Azevedo, todos por medo que este faça denúncias a respeito da compra de votos que ambos estavam juntos.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.