Tempo de leitura: < 1 minuto

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), através do Ministro Humberto Martins, aceitou os argumentos do Kaufmann e bloqueou a doação de um terreno da empresa, pela prefeitura de Itabuna, para a construção do novo fórum da Justiça Comum entre os bairros São Caetano e Banco Raso, na avenida Princesa Isabel.

Para o ministro, a prefeitura teria que depositar o dinheiro referente à desapropriação antes de doar o terreno, que teria que ser avaliado pela Justiça e não a Caixa Econômica Federal.

Leia mais

4 respostas

  1. Mais uma de geraldo vassourao quando prefeito.Fazer doacao de terreno sem a devida desapropiacao coisa do PT que nao respeita a lei.Deve ser da escola do MST.

  2. A política baixa de um fazer e o outro não completar atrasa todo um processo de evolução. Se uma área ta emperrada encontre-se outra e vamos construir um forum q atenda as necessidades da população. Este q nós temos é ridículo para uma cidade do porte de Itabuna. O local é insalubre, não tem acessibilidade, as condições de atendimento ao público são péssimas tanto qto p quem trabalha. Tudo de ruim.

  3. Na verdade, tudo isso é excesso de burocracia e má vontade com Itabuna, pois se esse pessoal da justiça quisesse, nós já teríamos um Fórum à altura da nossa cidade, num local mais adequado que o atual, que já está totalmente depreciado por obsolescência, …!!!

    Esse pessoal é que nem pavão, …, metidos e vaidosos, …, só não olham para o próprio pé, …!!!

    Porque a justiça, que paga tão bem a Juízes, Promotores, Desembargadores, tem que mendigar terrenos e “comer nas mãos de políticos”, …?!?!?!

    Creio que eles têm verbas específicas para isso, .., mas gostam, adoram, ter tudo nas mãos, serem paparicados, parecendo até meninos mimados, amarelos, …, por outro lado, esses Kaufmann são umas malas sem alça, pois impedem qualquer coisa que queiram fazer nos terrenos deles (certa época anunciaram até mesmo a construção de um Shopping por lá, mas até hoje, nada), levando toda uma vida apenas especulando, mais nada. Tomara que vendam logo tudo o que ainda falta do lotamento deles, para que a cidade fique livre daquelas cabeças de burro, que parecem estar enterradas naquela área, …!!!

    Sai, tropa de atrasados, …!!!

    Porque, então, a justiça não utiliza o poder que tem e desapropria um terreno, lá mesmo na área deles, paga uma indenização no valor considerado justo, avaliado por um perito judicial, que se trata de um técnico especializado no assunto, e ponto final, …?!?!?!

    Fica muito mais transparente, muito mais limpo, que ficar atrás de favores de políticos, doaçoes de terrenos por Prefeitura, ou coisa que o valha, …!!!

    Como diz o ditado: “Casa de ferreiro, espeto de pau”, …, isto é, pregam tanto a seriedade, a moralidade, a isenção, a reputação ilibada, no entanto, adoram se meter em coisas nebulosas, que parecem dúbias, …!!!

    O que é isso, …?!?!?! Tomem estilo, …!!!

    A propósito, será que esses alemães, donos dos terrenos motivo de tanta especulação, estão em dia com IPTU, por exemplo, …?!?!?!

    Se eles não estiverem adimplentes, o que é bem provável, faz um encontro de contas, toma o terreno e dá para a justiça construir o novo Fórum, …, isto é, mata dois coelhos numa cajadada só, …!!!

    Resolve de uma vez por todas o problema, …!!!

  4. SERGIO, FOI O QUE GERALDO SIMÕES FEZ, UM ENCONTRO DE CONTAS, POIS ESSES KAUFMANN NÃO PAGAM IPTU A MUITO TEMPO DOS TERRENOS QUE ELES RECEBERAM DE MÃO BEIJADA. SÓ QUE ELES ENTRARAM COM RECURSO ALEGANDO QUE O VALOR ESTAVA AQUEM DO PREÇO DE MERCADO, E O PREFEITO FERNANDO CUMA DEIXOU O PROCESSO CORRER A REVELIA, POIS ERA DE INTERESSE DELE LEVAR A CONSTRUÇÃO DO NOVO FORUM PARA UMA ÁREA DE SUA PROPRIEDADE PERTO DO HOSPITAL DE BASE.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.