Tempo de leitura: < 1 minuto

Agulhão F. acha que a briga na Emasa, em que uma funcionária jogou uma lata de tinta na cabeça de um manifestante (reveja), não vai dar em nada. “A cabeça dos dois não comporta danos apreciáveis”, avalia, com otimismo, o trovador do Pimenta:

A diferença é bem pouca,
deixando a briga empatada:
a cabeça dela é oca,
a dele é oca… e “pintada”!…

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.