Tempo de leitura: < 1 minuto
Seis carros colidiram em sequência na Princesa Isabel (foto Xilindró Web)

A atitude correta e educada de um motorista, que parou na faixa de segurança para que 0 pedestre atravessasse, causou uma sequência de colisões no início da tarde desta segunda-feira (12), na Avenida Princesa Isabel, bem em frente à Prefeitura de Itabuna.

O engavetamento envolveu dois Fiat Pálios, dois Corsas, um Astra e uma picape Toyota. Segundo um empresário que presenciou o acidente, o motorista do Astra parou o veículo para que um pedestre atravessasse e os condutores que vinham atrás, desatentos e sem guardar distância segura, foram batendo em fila.

De acordo com o Xilindró Web, houve apenas danos materiais.

Adendo do blogueiro: Felizmente houve apenas prejuízos materiais, pois o pedestre é que poderia ter levado a pior nessa história. Há muitos casos em que um motorista (de tipo raro por aqui) para na faixa e outro que vem atrás passa direto, sem se preocupar com a possibilidade de provocar um atropelamento.

A falta de educação é, sem dúvida, a nossa pior mazela e a causa de muitas outras.

24 respostas

  1. qnd aparece alguem educado é acidente!
    a culpa é do orgão responsável pelo trânsito da cidade..faixas de pedestres servem de enfeite p/ um bando de loucos que dirigem em nossa cidade..basta cumprir o que esta na lei..a preferência é sempre dos mais fracos,ou seja,os PEDESTRES.não adianta ter faixas e pintar as ruas,avenidas se ninguem respeita..
    + cm so querem ganhar dinheiro no guincho..da nisso..

  2. Sou motorista, ando tanto de carro quanto de moto aqui em Itabuna. Acontece que em algumas faixas de pedestre da cidade é praticamente impossível parar apenas com a sinalização horizontal. O risco é muito alto de ser atingido por trás. Ou pior, induzir o pedestre a passar e acabar fazendo com que ele seja atropelado por outro motorista passando pela faixa ao lado. O ideal é que em algumas dessas faixas seja instalado aquele mesmo sistema da faixa de pedestre que fica em frente ao Shopping. Que por sinal, mesmo com aquilo, a maioria dos pedestre ñ utilizam e acabam se arriscando fora da faixa.
    É tudo uma questão de educação do motoristas e pedestres. As autoridades responsáveis pelo trânsito de Itabuna deve fazer como foi feito em brasília. Onde toda vez que um motorista ñ respeitava a faixa, era multado.
    Agora me veio uma dúvida: Qual a punição para o pedestre que atravessa fora da faixa (quando disponível, é claro!)?

  3. Só tenho a parabenizar o pessoal do blog por este post, …!!!

    Realmente o pessoal daqui está – digamos – jurássico, em termos de trânsito, convivência social, civilidade, além de educação doméstica, …, pois jogam lixo no chão, passam na frente das outras pessoas, não formam filas (ou cortam as filas em que teriam de esperar a sua vez), não respeitam os semáforos nem os sinais de trânsito, ligam o som dos carros a todo volume, onde quer que estejam, falam ao celular dentro de cinema, de sala de aula, de igreja, e por aí vai, urinam nas ruas e praças da cidade, além de um monte de outras coisas consideradas como deseducadas e dignas de pessoas silvestres, …!!!

    Isso é sinal de subdesenvolvimento, de falta de cidadania, de um povo sem auto estima, verdadeira escória da sociedade, tudo que não queremos ser mas, para isto, ainda precisamos melhorar bastante, …!!!

    Parabéns ao motorista que parou para o pesestre passar, …, quanto aos demais, deveriam retornar à auto-escola e refazer o curso de direção defensiva pois, na prática, todos foram reprovados, …!!!

    Contra fatos não há argumentos, …!!!

  4. Terro de mal educados é assim.

    Quando alguem obece o código de trânsito, os papa-jacas que vem atraz se engavetam.

    O motorista que deu prioridade ao pedestre, na certa, não é daqui.

    A culpa é da SETRAN, pois se jogasse duro com aqueles que não param na faicha, mutando-os, em um m~es resolvia a questão.

  5. Como provavelmente os motoristas jamais vão educar-se à ponto de parar para o pedestre fazer uma travessia segura pela faixa, melhor seria se a prefeitura mandasse substituir as faixa por farol de trânsito, como foi feito defronte ao shopping. Os carros ali na Av. Princesa Isabel, correm a mais de 100 km por hora e o fluxo de pedestres é muito intenso náquela área.

  6. A falta de educação dos motoristas de Itabuna chega a ser o cúmulo do absurdo… Toda vez q vou ai em Itabuna sempre paro na faixa de pedestre e sempre fico observando os outros motoristas passando sem o menor constrangimento…

  7. é incrível como as pessoas em Itabuna são mal educadas no trânsito. é uma velocidade excessiva, um desrepeito a sinalização e ainda acham ruim quando um (entre mil) motorista é educado. sem contar que muitas vezes, alguns agentes de trânsito parecem “postes” pois, são completamente omissos.

  8. Edgard, vc não sacou a ironia. A intenção é exatamente ressaltar a inversão de valores, o certo como errado. É o que se dá em nossa sociedade.

  9. Parabéns à nota!

    Infelizmente, os DESATENTOS, justamente pelo óbvio, não lêem,(deveriam ler a nota), não vêem, não enxergam!

    Já assisti uma cena idêntica em Ilhéus, que, felizmente, não resultou em engavetamento, salientando, todavia, que a placa do autómovel dirigido pelo MOTORISTA EDUCADO ERA DE BRASÍLIA.

    Parafraseando, o as vezes EQUIVOCADO E POLÊMICO BAHIANO, CAETANO VELOSO, EM ” VAMOS COMER?”:

    ” BAHIANO BURRO, CRESCE E NUNCA PARA NO SINAL E QUEM PARA E ESPERA O VERDE É QUE É CHAMADO DE BOÇAL.”

  10. Gente, no exato momento do acontecido eu estava passando ao lado com o meu veículo. Fiquei chocado com o acontecido, realmente os condutores de Itabuna em sua grande maioria são desatentos e não respeitam as leis de trânsitos. O condutor que parou estava com absoluta razão, só que se ele for daqui se esqueceu de que aqui ninguém respeita nada. Tomara que o seu veículo seja logo concertado em extrema velocidade por aquele que o colidiu e este deveria pagar não só o concerto de quem parou com o carro, mas também ao Estado por todos os danos causados a sociedade.

  11. Uma andorinha só não faz verão. Não adianta UM motorista parar o carro para deixar os pedestres atravessarem a rua se outros DEZ porraloucas passam direto (vejo isso acontecer direto em frente à FTC) sem se importar com a vida alheia. E que ninguém venha com a clássica desculpa de que não dá pra ser educado no trânsito porque a frota de carros aumenta a cada dia. Só pra comparação, países europeus como a Alemanha têm uma frota 4, 5 vezes maior que a brasileira, e ainda assim registram muito menos acidentes do que o Brasil.
    Ou seja, o problema maior não chega a ser a infraestrutura. É educação msm!

  12. Já passei por situações difíceis por ter parado para um pedestre atravessar.

    Quem vem atrás, tenta ultrapassar de qualquer forma, até pelo lado direito quando há espaço. Em certos casos, quem pára ouve um buzinaço de quem vem atrás.

    Quanto o tráfego é em rua de mão-dupla, aquele que pára e o pedestre ficam esperando a parada dos que trafegam no sentido contrário. O que raramente acontece.

    Apesar disso, continuarei parando! Além de ser uma atitude de educação e respeito com o próximo – no presente caso em desvantagem por ser pedestre – há a satisfação em se estar sendo cordial e sentir-se entre os mais civilizados.

    O maior prêmio é o reconhecimento do pedestre com um aceno de agradecimento.

  13. O problema não é só de Itabuna e sim da Bahia toda, sou baiano, mas admito que somos mal educados no trânsito mesmo, já viajei por diversos estados e a situação é bem diferente, na maioria o pessoal é mais civilizado, e não precisa ir muito longe, em Maceió o trânsito é muito organizado e o pessoal é bastante educado quanto a isso, o que não se pode fazer é se aproveitar das leis de trânsito para se ter uma fabrica de dinheiro como é o setran, derba, DETRAN, etc… O que devemos ter é educação no trânsito e uma fiscalização mais rigorosa, em Itabuna e Ilhéus já deveria ter as lombadas eletrônicas em algumas avenidas, no caso do acidente no Pontal que vitimou duas pessoas por causa de pega, se naquela avenida tivesse algumas lombadas eletrônicas provavelmente não teria ocorrido, eu lembro que a av, Paralela em SSA parecia um autódromo, era feito vários pegas e ocasionou vários acidentes com diversas vitimas graves e fatais, depois que foram instalados os controladores de velocidade, praticamente não existe mais isso lá, porque o povo que não tem educação no transito so passa a respeitar quando se mexe no bolso dele, deveria ter uma disciplina obrigatória nas escolas de consciência no transito.

  14. Existem países onde basta o pedestre colocar o pé fora da calçada, não importa a cor do sinal, o trânsito todo para. Será que até 2395 a gente chega lá ??

  15. Parabéns ao motorista que parou na faixa. Ele pode até ser desta região, todavia, faz parte da minoria. Os outros, quem sabe, um dia podem, também, assim proceder.

  16. “Apesar disso, continuarei parando! Além de ser uma atitude de educação e respeito com o próximo – no presente caso em desvantagem por ser pedestre – há a satisfação em se estar sendo cordial e sentir-se entre os mais civilizados.”

    >> Taí uma atitude que todos os motoristas deveriam tomar como exemplo. Quem dirige a uma velocidade maior que a permitida, passa o sinal vermelho e fecha outros carros se esquece de que, em algum momento, será pedestre e, portanto, vítima do próprio ambiente de selvageria de que faz parte.

  17. A MOTORISTA FOI EDUCADA.
    SOU MOTORISTA DE UMA EMPRESA DE ITABUNA E INFORMO A TODOS OS CONDUTORES DE VEICULOS QUE A TAL FAIXA EXISTENTE DE FRENTE A PREFEITURA OU SEJA ONDE INFELIZMENTE OCORRERAM AS COLISÕES NÃO DA CONDIÇÕES PARA PARAR O VEICULO, OU SEJA SE O MOTORISTA TENTAR PARAR TOME CUIDADO COM COM QUEM VEM ATRÁS. E TAMBEM INFOMO QUE EXISTEM ALGUNS SEMAFAROS AQUI EM ITABUNA QUE ESTAM COM AS LAMPADAS AMARELA E VERMELHA QUEIMADAS. EU FRAGUEI ALGUNS GUARDAS DE TRANSITO NOTIFICANDO VARIOS CARROS POR CONTAS DAS MALDITAS LAMPADAS QUEIMADAS.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.