Tempo de leitura: 2 minutos
Newton viaja amanhã para Veneza, enquanto itabunenses iniciam operação para tomar área onde é construído o Carrefour

Se o debate sobre que ponta do “eixo Ilhéus – Itabuna” se beneficiará mais da presença do Atacadão Carrefour na rodovia Jorge Amado já fez ressurgir o velho e acalorado bairrismo, o que está por vir anuncia briga muito mais quente.

Nesta terça-feira (13), enquanto o prefeito Newton Lima, de Ilhéus, embarca para a Itália,  uma expedição itabunense adentrará em terras até hoje reconhecidas como pertencentes ao município vizinho. Munidos de GPS e outros apetrechos, os desbravadores querem provar que um significativo pedaço de chão deve mudar de dono.

Não se trata de coisa pequena. A área em questão fica às margens da rodovia BR- 415, tendo acesso por estrada vicinal nas imediações da sede do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR).

Caso as marcações da divisa sejam alteradas, o terreno onde está sendo construído o Atacadão passará a ser legitimamente itabunense. Mais do que uma mera disputa territorial, está em jogo a gorda contribuição que a empresa dará em recolhimento de tributos.

Todo o procedimento para a instalação do Carrefour, a exemplo do licenciamento ambiental, foi realizado junto a órgãos ilheenses. Ainda não se sabe que consequências teria  nesse aspecto uma eventual redefinição de limites. Mas é certo que a intenção expansionista itabunense existe e a estratégia está deflagrada.

Newton, o gondoleiro, acompanhará os primeiros momentos dessa batalha direto de Veneza. Deixa o vice Marão, recém-operado e liberado com restrições pelo “departamento médico”, para fazer a defesa dos interesses ilheenses.

A briga promete…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Acordo saiu em reunião nesta noite (Foto Jorge Bittencourt).

Os camelôs da avenida do Cinquentenário serão remanejados para a praça Octávio Mangabeira (Camacan), segundo acordo registrado em ata e assinado por representantes da prefeitura e dos ambulantes. A mudança será concluída até a próxima segunda, 19.

A reunião foi realizada no auditório do Sindicato dos Comerciários nesta noite de segunda-feira, 12. Dela, participaram ambulantes, o secretário de Indústria e Comércio, Carlos Leahy, e o vereador Wenceslau Júnior.

Há pouco mais de uma semana, a prefeitura de Itabuna havia anunciado a transferência dos 68 camelôs da avenida do Cinquentenário para o Centro Comercial.

Os ambulantes pressionaram o governo e conseguiram, na semana passada, marcar uma reunião para esta segunda-feira, decisiva. O novo local será provisório, no aguardo da velha e prometida “recauchutagem” do Centro Comercial.

Ambulantes vão para a praça Camacan (Foto Jorge Bittencourt).

Tempo de leitura: 2 minutos
Do STJ

Por 8 votos a 5, a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu revogar a prisão do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda. Os ministros entenderam que não há mais necessidade da prisão, porque não haveria mais como Arruda influir nas investigações.

Arruda e os outros quatro denunciados estavam presos desde o dia 11 de fevereiro por tentar corromper uma testemunha da investigação da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal. Além de Arruda, serão soltos Geraldo Naves, Wellington Luiz Moraes, Antônio Bento da Silva, Rodrigo Diniz Arantes e Haroldo Brasil de Cavalho.

“Não mais subsiste a necessidade de prisão. Não há mais como o preso influir na instrução criminal, mesmo porque ele não sustenta mais a condição de governador de Estado. Neste sentido, entendo que a prisão preventiva deve ser revogada”, afirmou o presidente do Inquérito 650, ministro Fernando Gonçalves.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Marco Wense

A irritação dos democratas com o senador César Borges, quando a cria de ACM se aproximava do governador Jaques Wagner, foi amenizada com o acordo entre o republicano e o PMDB do ex-ministro Geddel Vieira Lima.

Como o DEM acredita que Paulo Souto vai disputar o segundo turno com Wagner, a ordem na cúpula democrata e no ninho tucano (PSDB) é aceitar a coligação do PMDB com o PR sem fazer nenhuma insinuação de que o senador Borges traiu o carlismo.

Os democratas e os tucanos esperam o apoio de Geddel no segundo round. O senador César Borges seria a ponte que ligaria os peemedebistas ao ex-governador Paulo Souto.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Seis carros colidiram em sequência na Princesa Isabel (foto Xilindró Web)

A atitude correta e educada de um motorista, que parou na faixa de segurança para que 0 pedestre atravessasse, causou uma sequência de colisões no início da tarde desta segunda-feira (12), na Avenida Princesa Isabel, bem em frente à Prefeitura de Itabuna.

O engavetamento envolveu dois Fiat Pálios, dois Corsas, um Astra e uma picape Toyota. Segundo um empresário que presenciou o acidente, o motorista do Astra parou o veículo para que um pedestre atravessasse e os condutores que vinham atrás, desatentos e sem guardar distância segura, foram batendo em fila.

De acordo com o Xilindró Web, houve apenas danos materiais.

Adendo do blogueiro: Felizmente houve apenas prejuízos materiais, pois o pedestre é que poderia ter levado a pior nessa história. Há muitos casos em que um motorista (de tipo raro por aqui) para na faixa e outro que vem atrás passa direto, sem se preocupar com a possibilidade de provocar um atropelamento.

A falta de educação é, sem dúvida, a nossa pior mazela e a causa de muitas outras.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Newton Lima (PSB) passou o cargo ao vice, Mário Alexandre (PSDB), e partirá, amanhã, com destino à poética Veneza, na Itália, onde participará de uma feira internacional de turismo (como já noticiamos aqui). Vai divulgar a cidade num evento europeu que atrai, segundo os seus organizadores, uma média de 80 mil visitantes por dia.

Divulgar o destino lá fora é algo interessante para a cidade de vocação turística. Mas o prefeito viaja custeado pela Primaver Investimento, empresa privada que tem interesses diversos no município sul-baiano. Torçamos para que, ao e no final, a cortesia não saia tão cara à conta do sofrido povo ilheense.

Tempo de leitura: 2 minutos

Amigos e familiares de vítima farão novo protesto em Ilhéus.

A tragédia no trânsito que matou dois jovens e feriu outros cinco, em março, será lembrada na próxima quarta-feira, 14, às 14h, com uma manifestação no centro de Ilhéus. Centenas de pessoas participarão do ato pela paz no trânsito de Ilhéus e contra os “pegas”.

Os estudantes Regiane Vitório e José Fernando Bispo saíam do baile de formatura de uma turma de Administração, em Ilhéus, quando foram atingidos por uma picape GM Montana, dirigida por Adriano Barreto. Ele participava de pega na Avenida Lomanto Júnior, no Pontal, às 4h50min do dia 14 de março. Cinco pessoas ficaram feridas.

Acidente mantou Regiane e feriu Edgard e Tiago (Fotomontagem Agravo).

Regiane morreu minutos depois da colisão provocada pelos carros envolvidos no pega. José Fernando Bispo morreu dez dias após, no Hospital Geral Luiz Viana Filho. Outras três pessoas que estavam no VW Gol dirigido por Regiane também ficaram feridas.

Adriano Barreto, 28, o motorista da picape Montana, está preso no Ariston Cardoso, em Ilhéus. O amigo, Thadeu da Silva Oliveira, que dirigia um VW Golf, está foragido desde o início da semana passada, quando o juiz Gustavo Henrique Almeida Lyra, da Vara do Júri de Ilhéus, acatou pedido de preventiva apresentado pelo delegado do caso, Alex Vinícius Miranda.

A manifestação ocorrerá exatamente um mês após a tragédia.  A concentração será na praça Dom Eduardo (Catedral de São Sebastião) e o ato de encerramento ocorrerá em frente ao Fórum Epaminondas Berbert de Castro, também no centro de Ilhéus.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Caso deem certo as articulações para que o DNIT ceda uma área ao Tribunal de Justiça da Bahia, visando à construção do novo Fórum de Itabuna, haverá outra movimentação, esta com o objetivo de mudar a denominação da sede do judiciário local.

Em vez de Ruy Barbosa, a “Águia de Haia”, a placa de inauguração traria no alto o nome do juiz Paulo Pontes de Souza, falecido no início da década de 80.

O magistrado teve atuação destacada em Itabuna e, além disso, a homenagem seria também uma forma de agradecer ao superintendente regional do DNIT, Saulo Pontes de Souza, filho do homem.

A ideia é do presidente da OAB, Andirlei Nascimento.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A pequena Barro Preto (ex-Governador Lomanto Júnior), no sul da Bahia, fará 48 anos, no próximo sábado, 17, quando recebe, além do secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, o ex-ministro e pré-candidato ao governo baiano, Geddel Vieira Lima (PMDB).

Solla vai ao município inaugurar duas unidades do Programa Saúde da Família (PSF). Já o pré-candidato Geddel, confere a quantas anda o seu prestígio com o eleitorado. O peemedebista ainda fará tour por vários municípios sul-baianos.

(O prefeito Adriano Clementino, do PMDB, decidiu que a festa do aniversário, que terá quarto bandas, começará às 14h e será encerrada às 22h. A decisão tem a ver com a onda de violência e o avanço do tráfico de drogas na cidade de pouco mais de seis mil habitantes).

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, é desportista e fez fama como jogador de futebol. Nem isso garante que a Secretaria de Esporte funcione a contento.

A Pasta é comandada por Ivanilton Lima. O homem causa urticária nos colegas, pois bate ponto no seu gabinete só uma ou duas vezes a cada 15 dias e não tem um só projeto para mostrar ao excelentíssimo chefe da birosca.

Na linguagem esportiva, diríamos se tratar de caso típico de time (ou jogador) que ganha sem suar a camisa. Não precisa nem dizer quem é que perde, né?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os servidores do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) estão uma arara com o prefeito Capitão Azevedo (DEM). Apesar de termo de ajustamento de conduta (TAC) que obrigava o município a quitar parte dos salários até o quinto dia útil do mês, o salário ainda não pingou nas contas dos barnabés.

O governo promete pagar os 50% relativos a março na próxima quarta-feira, 14, e atribui o atraso ao bloqueio judicial de parte da receita do município.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Geraldo: críticas à área política do governo.

O deputado Geraldo Simões, vice-líder do PT na Câmara Federal, creditou à área política do governo a derrota nas negociações com o PR baiano e o senador César Borges. “A coordenação política não trabalhou bem. Quem trabalhou melhor, levou a composição”, disse.

À provocação do Pimenta, sobre o elogio indireto ao ministro Geddel Vieira Lima, o petista não pestanejou:

– Nessa operação, ele foi mais competente que a área política do governo.

Para o parlamentar federal, no entanto, a reviravolta nas negociações não complica as chances de eleição de Wagner no primeiro turno. “Mas não deixa de ser um reforço para a candidatura de Geddel”.

Geraldo acredita que, mais do que nunca, o PT terá que desempenhar um papel mais ativo na campanha à reeleição de Wagner, sem que isso signifique, especificamente, mais um nome do partido na chapa majoritária. “Vamos ter que trabalhar mais [para que Wagner seja reeleito]. O PT tem que ser mais consultado, ouvido”.

Tempo de leitura: 2 minutos
Jonas 'atira' em senador e no PR (Foto Max Haack/B.Notícias).

O presidente do PT baiano, Jonas Paulo, assina nota pública em que, praticamente, chama o PR para a briga. Acusa o “chifre” político ao dizer que, “por razões próprias, o PR encerrou as negociações” para compor com a chapa governista – e cair nos braços do adversário Geddel Vieira Lima.

Jonas considera que o PR do senador César Borges fechou com os peemedebistas “certamente por sentir-se mais próximo dos métodos, da forma e dos trejeitos do PMDB de fazer política, decidiu buscar os ares em que melhor se adapta”.

Trata-se de menção subliminar (ou nem tanto) à imagem de autoritarismo atribuída aos irmãos Vieira Lima, que comandam a legenda peemedebista, e à origem dos líderes das duas legendas: tanto Geddel como César Borges derivam do carlismo.

A nota deixa claro que o fracasso das negociações com César Borges e o PR não vai alterar o perfil da chapa governista. Ou seja, uma das vagas ao Senado pertencerá a uma legenda mais alinha com o centro e a direita. Assim, Otto Alencar volta novamente a ser um dos nomes para a Senatoria, abrindo o espaço de vice possivelmente para Walter Pinheiro, do PT de Jaques Wagner.

“Reafirmamos o perfil e a composição da chapa majoritária de centro-esquerda e uma das vagas do Senado ocupado pela esquerda; além da abertura do nosso partido às coligações proporcionais”. A nota também esclarece que o PT lutará por composições, nas proporcionais, que garantam o crescimento das bancadas da própria legenda à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal. Confira a íntegra da nota clicando em “leia mais, logo abaixo:

Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

Pescado da coluna Política tem graça, do site Política Hoje

José Serra (PSDB), que deixou o cargo de governador de São Paulo no início do mês, finalmente fez seu discurso como pré-candidato à Presidência da República. Liderando as pesquisas de intenção de voto, Serra está confiante e vai usar um slogan à altura da sua auto-estima eleitoral: “O Brasil Pode Mais”.  A julgar pela sem-cerimônia com que o presidente Lula faz campanha para sua candidata nas barbas do TSE, se Dilma quiser seguir essa linha, o slogan do PT será “O Brasil pode tudo”.