Tempo de leitura: < 1 minuto

Caso deem certo as articulações para que o DNIT ceda uma área ao Tribunal de Justiça da Bahia, visando à construção do novo Fórum de Itabuna, haverá outra movimentação, esta com o objetivo de mudar a denominação da sede do judiciário local.

Em vez de Ruy Barbosa, a “Águia de Haia”, a placa de inauguração traria no alto o nome do juiz Paulo Pontes de Souza, falecido no início da década de 80.

O magistrado teve atuação destacada em Itabuna e, além disso, a homenagem seria também uma forma de agradecer ao superintendente regional do DNIT, Saulo Pontes de Souza, filho do homem.

A ideia é do presidente da OAB, Andirlei Nascimento.

4 respostas

  1. Essa eu não entendi. Outro terreno? E o terreno da placa? Alguém informou ao TJ-BA? Pois pelo que sei o problema não era o terreno e sim a verba para a construção. Dr. Paulo vai esperar muito no além para ver essa inauguração.

  2. Tinha que ser. Esse tipo de troca de favores espúrios é inadmissível. Onde já se viu trocar o nome do ilustre ex-ministro da Justiça, ex-ministro da Fazenda, candidato civil à presidência da República, ex-senador pelo estado da Bahia, jurista, filólogo, diplomata, tradutor, orador, imortal da ABL onde substituiu Machado de Assis na presidência e escritor Ruy Barbosa, o Águia de Haia, por um juiz, simplesmente por clientelismo e favorecimento. Como se pode pensar em ter um futuro, renegando-se aqueles que construíram nosso passado?

  3. A MUITO TEMPO QUE DEVERIA TER SE DADO ALGUMA HOMENAGEM A ESTE JUIZ QUE PASSOU POR AQUI E NÃO DEIXOU NUNHUMA IMAGEM NEGATIVA.SEMPRE CORRETO NAS SUAS ATITUDES,NÃO SOU TÃO VELHO ASSIM MAS MIM LEMBRO DA FAMA DELE DE HOMEN SÉRIO E HONESTO.
    PARABÉNS PELA IDEIA
    EMANOEL ALVES

  4. Parabens OAB,Dr Paulo foi homem correto e digno e deixou marca na historia do Centenario de Itabuna.
    Aposto com qualquer um que não será citado em nenhum momento nos atos comemorativos ou nos jornais que fazem alusão ao centenario,pois não era de ceder a corrupção nem agrados a jornalistas.
    Que seja feita uma homenagem justa.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.