Tempo de leitura: < 1 minuto

Montanha de pneus: criadouro de Aedes aegypti e agressão ambiental (Foto Pimenta).

Após denúncia do blog Pimenta na Muqueca (relembre aqui), a prefeitura de Itabuna decidiu recolher os quase cinco mil pneus lançados ao ar livre na localidade conhecida como Volta da Cobra, próxima ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem).

Os pneus foram lançados ao relento. Descobertos e acumulando água, funcionavam como depósito de larvas do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. Além do risco de proliferação da dengue, os pneus sem serventia – e ao ar livre – se transformam em risco ao meio ambiente.

Desde ontem, a prefeitura batia cabeça sobre o destino para a montanha de pneus. A decisão de removê-los e acondicioná-los em um galpão do município foi tomada na manhã desta terça-feira, 13. A remoção, então, foi iniciada no início da tarde.

4 respostas

  1. Zelão diz: – Patética!

    Quem assistiu a matéria veiculada pela TV Santa Cruz, na edição de ontem do Jornal do Meio Dia, viu; o desarvorado secretário de Meio Ambiente, Marcelino, balbuciar uma patética explicação, para a denúncia constatada pela imprensa, da montanha de pneus velhos, jogados em um terreno da prefeitura.

  2. Cadê o secretário do meio ambiente? cadê o presidente do PV? Cadê os ambientalistas (leia-se Alfredo Melo)? cadê cadê???

  3. Amigos parem todo agora………

    Prestite atenção!

    Os Pneus sitados foram jogados no bairro Lomando no terreno do Grupo Chaves a céu aberto.

    Cade o Prefeito, cade o Coordenador da Dengue, cade o Sec Vieira..

    Eles esrão brincando com a Saúde Publica.

    Itabuna é uma vergolha em Saúde.

    Descupe é muita raiva em trabalha no meio deste criminosos.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.