Tempo de leitura: < 1 minuto
Bahia confirma 20 mortes causadas pela H1N1

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) atualizou, nesta quarta-feira (6), os dados sobre a situação da gripe na Bahia. Com relação ao último boletim, divulgado no dia 29 de maio, houve aumento de 10 casos do subtipo da gripe A H1N1, passando de 164 para 174 ocorrências da doença neste ano. Já são 45 municípios com registro de pessoas que contraíram à gripe, dois a mais que o levantamento anterior.

Ainda de acordo com a Sesab, até o dia 2 de junho, foram notificados 1.166 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 87 óbitos. Dentre esses casos, 225 foram confirmados para Influenza, incluindo os 174 do subtipo A H1N1. Foram confirmadas 20 mortes causadas pela doença, sendo que 12 delas ocorreram em Salvador.

Outros municípios com notificações de mortes são Apuarema, Camaçari,  Irará,  Lauro de Freitas, Retirolândia, Saúde, Serrinha e Vitória da Conquista. No mesmo período de 2017 foram notificados 300 casos de SRAG, com 23 óbitos. Dentre eles, 23 foram confirmados para Influenza, sendo que dois casos de Influenza A H1N1 e nenhum óbito. A campanha de vacinação contra gripe se encerra no dia 15 deste mês.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.