Novo coronavírus avança em municípios do sul da Bahia, como Uruçuca
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uruçuca, no sul da Bahia, teve a confirmação de mais quatro casos do novo coronavírus (covid-19) e um óbito, nesta quinta (23), segundo a Vigilância Epidemiológica do município sul-baiano. Agora, Uruçuca passa a 20 casos confirmados e um óbito.

O óbito foi de um homem de 35 anos, com problemas cardíacos, ocorrido na última segunda (20). O homem chegou a ser atendido no Hospital Costa do Cacau, no último final de semana, recebeu alta. Dois dias depois, passou mal e veio a falecer ao não mais conseguir ser internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite Júnior, disse que o município está trabalhando para conter o avanço do coronavírus. “Contamos com o apoio de todos nesta luta mantendo o distanciamento social”.

Uso de máscaras volta a ser obrigatório em ambientes fechados na Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, tornou obrigatório o uso de máscaras no município do sul da Bahia e determinou um valor de multa para o descumprimento da lei, que já está em vigor. O  Decreto 13.639, que estabelece as regras para deslocamento das pessoas no município, foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (23).

De acordo com o decreto, é obrigatório o uso de máscaras por pessoas nas ruas, feiras livres, praças públicas, transporte coletivo, táxi, comércio, repartições públicas, transporte por aplicativo, dentre outros. Também foi autorizada a produção e uso de máscaras artesanais, mas nos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

O decreto prevê a aplicação de multas para as pessoas que desrespeitarem as determinações estabelecidas pelo município. Cada punição pode custar R$ 102,68 ao infrator. As medidas  são tentativas de frear o aumento de casos e mortes pelo novo coronavírus em Itabuna. Acesse o decreto aqui, a partir da página 4.

Ilhéus e Itabuna têm 409 mortes pela Covid-19.
Tempo de leitura: < 1 minuto

Cresce de forma exponencial o novo coronavírus (covid-19) nos dois maiores municípios do sul da Bahia. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), saltou de 95 para 127 o número de pacientes infectados pela doença em Ilhéus, com 4 óbitos.

Já em Itabuna, passou de 82 para 99 o número de casos confirmados e 3 mortes provocadas pela doença. Vizinha a Ilhéus e a Itabuna, Uruçuca, de pouco mais de 20 mil habitantes, agora tem total de 20 casos confirmados e 3 óbitos confirmados. O último deles foi um homem de 35 anos, cardiopata, que faleceu na última segunda (20) e teve confirmação da causa da morte hoje.

NA BAHIA, 1.845 CASOS CONFIRMADOS

No final desta tarde, a Sesab divulgou boletim que traz um total de 200 novos casos da doença no estado nas últimas 24 horas. O sul da Bahia é a região que mais preocupa as autoridades em saúde no Estado devido a velocidade com que o vírus avança, principalmente entre profissionais da saúde.

O total de casos na Bahia, segundo a Sesab, chega a 1.845, exatamente 200 a mais que o registrado ontem (22). Deste total, 428 estão recuperados (receberam alta do isolamento ou da internação). Total de 417 pacientes encontram-se internados. O total de óbitos confirmados e tendo a covid-19 como causa chegou a 9, num total de 62 no estado. Neste total, ainda não entrou a morte ocorrida em Itabuna (veja mais baixo).

O Hospital Santa Clara será reaberto para atendimento a paciente com Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Fundação da Associação Bahiana de Medicina (Fabamed) será responsável pelo gerenciamento do Hospital Santa Clara e do antigo hotel Riverside, que foi transformado em hospital. As unidades serão retaguarda estadual para tratamento de pacientes com infecção pela covid-19, conforme informou a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) nesta quinta-feira (22).

A instituição venceu a licitação realizada pelo Governo do Estado da Bahia e assume a administração, operacionalização e execução das ações e dos serviços de saúde.  No total, as duas unidades contabilizam 169 leitos clínicos, que serão ocupados mediante encaminhamento da Central Estadual de Regulação, o que significa que não receberá pacientes por demanda espontânea.

O antigo Hotel Riverside, em Lauro de Freitas, foi adquirido pelo Governo do Estado em 2019 e passou por adequações estruturais para ser transformado em uma unidade hospitalar. Já o hospital Santa Clara, em Salvador, foi requisitado para reforçar o atendimento dos pacientes e o combate ao coronavírus (Covid-19).

VAGAS

Para iniciar o funcionamento dos hospitais, a Fabamed abriu um processo de inscrição e formação de banco de dados para mais de 15 cargos da área de saúde e também administrativos. Ao todo, mais de 360 vagas estão abertas para profissionais com nível fundamental, médio e superior, a exemplo de Técnico de Enfermagem, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Farmacêutico, Engenheiro Clínico, Maqueiro, Motorista, Roupeiro, Recepcionista, Auxiliar Administrativo, dentre outros.

Os salários variam de R$ 1.100,00 a R$ 4.000,00. Os interessados em participar do processo devem mandar o currículo para o email recrutamento.fabamed@gmail.com.

A Fabamed é uma organização social sem fins lucrativos criada em 2001 pela Associação Bahiana de Medicina (ABM) e desde então, adota as melhores práticas no gerenciamento de pessoas, serviços, hospitais e demais equipamentos de saúde. Atualmente a instituição é responsável pelo gerenciamento de unidades estaduais e municipais, tanto na capital, quanto no interior.

Estudantes indígenas na cerimônia do jaleco|| Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

A Universidade Federal do Sul da Bahia aparece na 19ª colocação no ranking nacional de instituições de ensino superior com maior percentual de estudantes indígenas matriculados.

Um levantamento da Revista Quero mostra ainda que, na Bahia, a UFSB é a instituição com maior percentual de estudantes índios. Eles somam 3,56% dos 3.488 alunos matriculados nos campi de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

De acordo com o Pró-Reitor de Sustentabilidade e Integração Social (PROSIS), Sandro Ferreira, dois fatores chamam atenção para essa posição no ranking: a localização da universidade e o constante diálogo com a comunidade indígena desde o processo de implantação da UFSB.

Sandro também afirma que Articulado ao interesse institucional e acadêmico da universidade em se aproximar destas comunidades, destaca-se o intenso esforço destas comunidades em estimular a formação escolar e o ingresso destes jovens (e também idosos) na universidade.

POVOS INDÍGENAS

A UFSB atua em um local onde muitas comunidades indígenas existem e resistem em suas formas de organização comunitária. Ganham destaque as aldeias Tupinambás, em Ilhéus, Pataxó Hã Hã Hãe, em Pau Brasil, e Pataxó, em Santa Cruz Cabrália e região do Parque Monte Pascoal.

A universidade já previa, desde seu início, em seus processos seletivos reserva de vagas para indígenas, como estabelecido na Lei 12.711/2012. Prova disso é seu primeiro processo seletivo, em 2014, que já possuía tal modalidade.

Em abril de 2016, a UFSB publicou seu primeiro edital com vagas exclusivas para estudantes indígenas que comprovassem residir (ser reconhecido) por uma comunidade indígena. Nos anos seguintes, foram ampliadas a reserva de vagas e os cursos de ingresso (primeiro ciclo, segundo ciclo e pós-graduação) para indígenas aldeados, com seleção realizada via SISU ou editais próprios.

O Pró-Reitor explica que, desde 2015, a UFSB também fez a adesão ao Programa Bolsa Permanência do MEC, que garante bolsas de apoio pecuniário, no valor de R$ 900,00, a estudantes indígenas aldeados e quilombolas. Além deste programa, alguns outros programas de permanência foram criados e direcionados ao segmento de estudantes indígenas da UFSB, facilitando a continuidade e finalização dos estudos.

Todas essas ações, em conjunto, consolidaram o processo de diálogo entre a comunidade acadêmica e a comunidade indígena possibilitando o processo de inclusão e ressignificação dos processos de ensino e aprendizagem.

Ministro do STF autoriza abertura de inquérito que investiga acusações de Moro contra Bolsonaro
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ministro Sergio Moro (Justiça) pediu, nesta quinta-feira (23), exoneração do cargo a Jair Bolsonaro ao ser informado pelo presidente da decisão de trocar a diretoria-geral da Polícia Federal, hoje ocupada por Maurício Valeixo.

Bolsonaro informou o ministro, em reunião, que a mudança na PF deve ocorrer nos próximos dias. Moro então pediu exoneração do cargo, e Bolsonaro tenta agora reverter a decisão do ex-juiz federal.

Os ministros Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) foram escalados para convencer o ministro a recuar da decisão. Se Valeixo sair, Moro sairá junto, segundo aliados do ministro.

Valeixo foi escolhido por Moro para o cargo. O atual diretor-geral é homem de confiança do ex-juiz da Lava Jato. Desde o ano passado, Bolsonaro tem ameaçado trocar o comando da PF. O presidente quer ter controle sobre a atuação da polícia, diz o jornal Folha de São Paulo. Acesse aqui a íntegra da reportagem.

Ação na PRF garante vacinação de caminhoneiros em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

Começou na quarta-feira (22) a vacinação contra a gripe dos caminhoneiros na Unidade Operacional (UOP) da Polícia Rodoviária Federal na BR-101, KM 502, em Itabuna, das 8h30min às 12h. A ação é realizada em parceria com a Secretariade Saúde de Itabuna e conta com o apoio do Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat).

Além da aplicação das doses de vacina, os caminhoneiros têm a temperatura corporal aferida, recebem kits higienização e orientações básicas sobre medidas de proteção contra a COVID-19.

Em três dias de ação, que será finalizada nesta sexta-feira (24), a previsão é que 450 caminhoneiros sejam imunizados contra a gripe. A vacinação contra a influenza é importante neste cenário de pandemia causada pelo novo coronavírus, pois, embora não tenha eficácia contra a COVID-19, auxiliará na exclusão do diagnóstico da doença, uma vez que os sintomas são semelhantes.

Profissionais dão dicas para enfrentar o isolamento
Tempo de leitura: < 1 minuto

Sensações de medo, angústia e insônia são alguns sintomas causados pela ansiedade e que podem surgir durante o isolamento social. Para lidar com esse quadro, a psicóloga organizacional Lizziane Santos, do Hospital das Clínicas do Recife (HC-UFPE), da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), apresenta estratégias para ajudar a manter o equilíbrio em tempos de Covid-19.

De acordo com a especialista, buscar informações em fontes oficiais; desenvolver atividades criativas nos dias de confinamento; fazer atividade física e falar sobre sentimentos são medidas que ajudam no controle da ansiedade.

A ansiedade também pode levar ao surgimento de sintomas psicossomáticos semelhantes aos causados pelo coronavírus, como tosse, febre, falta de ar e taquicardia. “A falta de ar, um dos principais sintomas da Covid-19, é também um dos sintomas da ansiedade, o que faz muita gente confundir os dois quadros”, explica o psicólogo Diogo Bendelak, que atua na Unidade de Atenção Psicossocial do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB-UFPA), em Belém (PA).

Bendelak destaca que é preciso cuidar da saúde mental neste momento de restrições sociais, pois quadros de ansiedade podem afetar a todos, independentemente de profissão ou classe social.

A preocupação com a saúde mental é compartilhada por outra profissional da Rede Ebserh. A psicóloga organizacional Cláudia Maria Ribeiro, do Hospital Universitário Lauro Wanderley, na Paraíba, reforça que, nesse cenário de pandemia, não há como tratar a saúde mental como algo de menor importância. “Quando ela é cuidada, olhada, ajuda a superar todas as adversidades que vêm ocorrendo”, disse.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Saltou de 1.645 para 1.789 o número de casos do novo coronavírus (Covid-19) em toda a Bahia, informou, há pouco, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). De quase 1.800 casos, 202 são profissionais de saúde. Estado já tem 419 recuperados da covid-19.

Desde o início da pandemia, o estado registra 59 óbitos causados pela doença. No momento, ressalta a Sesab, 225 pacientes em toda a Bahia encontram-se internados, confirmados para Covid-19, sendo 63 em UTI. Foram registrados 5.360 casos descartados e 10.863 notificações. Os dados serão detalhados no boletim das 17h.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna registrou, nesta quinta-feira (23),  a terceira morte causada pelo novo coronavírus. O paciente foi identificado como Manoel Raimundo do Rosário, de 74, anos, que estava internado, desde sexta-feira passada, no Hospital Calixto Midley Filho, da Santa Casa de Misericórdia.

Morador do bairro Nova Itabuna e companheiro da ex-vereadora Carmem do Posto, Seu Manoel Pedreiro, como era mais conhecido,tinha histórico de hipertensão. Foi a terceira morte confirmada em Itabuna nas últimas horas.

O segundo óbito causado pelo novo coronavírus nas últimas horas foi de uma mulher de 72 anos. C om complicações de hipertensão e diabetes, ela estava internada no Hospital Luís Eduardo Magalhães. Itabuna tem 82 casos da doença confirmados.

Equipe da base do Samu 192 de Ubaitaba, no sul da Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura de Ubaitaba entregou, nesta quarta (22), a base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). No último dia 7, o Ministério Público Estadual (MP-BA) acionou o município para que ativasse a base do Samu.

Inicialmente, a Prefeitura trabalhava com a previsão de inaugura a base em janeiro passado. O serviço de atendimento de urgência atenderá o município tanto na sede como em distritos e também na BR-101.

O Samu tem modelo de assistência padronizado que funciona 24 horas, por meio de orientações e do envio da ambulância de suporte básico, tripulada por um técnico socorrista e um condutor socorrista. A base terá, ainda, quatro médicos e quatro condutores, segundo a Secretaria de Saúde de Ubaitaba.

Autoridades e profissionais do Samu inauguram base de Ubaitaba

Aline Gomes: proteção aos trabalhadores da saúde
Tempo de leitura: < 1 minuto

O juízo da 1ª Vara da Justiça do Trabalho em Ilhéus deferiu liminar favorável ao Sintesi e Sindtae determinando que hospitais de Ilhéus forneçam equipamentos de proteção individual (EPIS) em quantidade e qualidade adequadas aos funcionários. A liminar foi deferida contra os hospitais da Santa Casa de Ilhéus, Antonio Vianna, Costa do Cacau e Hospital de Ilhéus devido ao avanço no novo coronavírus no município.

Além de fornecer equipamentos de proteção, as empresas deverão providenciar testagem em massa dos funcionários para a detecção da Covid-19. A multa em caso de descumprimento é de R$ 1 mil por dia. A falta de equipamentos de proteção e de testagem do novo coronavírus são grandes queixas dos profissionais de saúde em Ilhéus, onde mais de 70% dos casos positivos da doença (95 no total) são trabalhadores da saúde.

Assessora Jurídica do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi) e do Sindicato dos Técnicos e Auxiliares em Enfermagem (Sindtae), a advogada Aline Gomes diz que a situação exige esforço maior da sociedade e dos empresários na proteção aos trabalhadores da saúde. Aline ressaltou a importância da decisão judicial neste momento crítico do sul da Bahia com o avanço da Covid-19.

Salume, da Wine, fará palestra online na próxima terça (28)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Dos principais nomes do e-commerce brasileiro, Rogério Salume, da Wine, será o palestrante do I SOS Empresarial – E-commerce na contramão da crise, organizado pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI). A palestra online será na próxima terça (28), às 19h. Salume, que é itabunense e um dos fundadores da Wine, trará informações do varejo online e apresentará estratégias para que empreendedores driblem a crise e vendam mais.

A ação é do Programa de Qualificação Social, Núcleo de Jovens Empreendedores da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna e do Movimento Empresarial Sul da Bahia em Ação. A palestra online será transmitida, via Zoom, com o investimento no valor de R$ 20,00.

A taxa será revertida em mantimentos e distribuída para as pessoas pobres. Para participar é necessário apenas fazer o cadastro pelo link: https://www.sympla.com.br/sos-empresarial__838966, baixar o aplicativo ZOOM, e no dia e horário do evento realizar o acesso ao site do Sympla, na aba “Meus Ingressos”.

Barreiras são instaladas em Serra Grande, distrito de Uruçuca
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura de Uruçuca instalou, nesta semana, barreira educativa em Serra Grande. Foram instalados bloqueios nas entradas alternativas do distrito, ficando disponível apenas a entrada do Bairro Novo, segundo informa o município.

Técnicos da saúde estão no local aferindo a temperatura de todos que chegam. Voluntários da educação desenvolvem campanha de prevenção e orientação. A barreira ainda conta com o auxílio da Guarda Administrativa e da Polícia Militar.

ÓBITO SUSPEITO DE COVID-19

O prefeito Moacyr Leite Júnior afirmou que o poder público tem “feito de tudo” para combater o novo coronavírus com ações pontuais em todo o município. “É um inimigo invisível, mas que com união e determinação, vamos conseguir vencê-lo”, disse.

Moacyr lamentou a morte da enfermeira Rejane Santana, aos 43 anos, ontem (22), no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus. “Uma excelente pessoa e grande profissional. Estamos todos enlutados com a perda de uma pessoa tão querida e admirada, afirmou. A suspeita é que a morte tenha sido causada pelo novo coronavírus.

Tempo de leitura: 2 minutos

Pesquisa Sebrae feita no período de 13 a 16 de abril apontou que 49% dos entrevistados estão com seus negócios atendendo remotamente e 20% deles iniciaram o atendimento remoto na pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Dos negócios que iniciaram o atendimento remoto após a pandemia, apenas 3% tiveram aumento das vendas. Para 14%, o faturamento não sofreu mudanças e outros 26% sofreram queda na receita.

Dentre os que atendem remotamente, as principais dificuldades encontradas com esta nova forma de atender foram falta de estrutura logística para entrega (43%), falta de tecnologia adequada ao seu negócio (36%), além de falta de produtos/embalagens para entrega (19%) e de funcionários para a operação (16%).

Outros obstáculos encontrados pelos empreendedores foram a falta de clientes (12%) e de espaço físico para a manutenção do estoque (9%). Após o fim da pandemia 71% dos entrevistados disseram que pretendem incluir o atendimento online no seu empreendimento, demonstrando um crescimento desta modalidade de serviço depois da crise.

Outro dado levantado pela pesquisa foram as formas que os empreendedores estão buscando orientações para gerir o negócio. Dos entrevistados, 45% dos que estão procurando ajuda do Sebrae Bahia preferem que o atendimento seja feito por e-mail, com envio de conteúdos especializados, e 34% por aplicativos de mensagens. Marketing Digital, empreendedorismo e finanças são os assuntos que mais geram interesse para 40% dos empresários.

A PESQUISA

O levantamento do Sebrae Bahia teve como objetivo identificar como os pequenos negócios baianos estão sendo afetados e reagindo aos efeitos de restrição e isolamento causados pelo COVID-19. A amostra teve a participação 358 empreendedores que integram o cadastro do Sebrae Bahia.

Quanto ao porte dos negócios que participaram da pesquisa, 37% são de Microempreendedores Individuais (MEI), 35% são Microempresa e 8% estão enquadradas como Empresa de Pequeno Porte.

Dos entrevistados, 54% são do sexo masculino e 46% são mulheres. A idade média dos empreendedores ouvidos é de 43 anos, com incidência maior na faixa etária de 36 a 45 anos. 56% do público ouvido possui pós-graduação.

Quanto aos setores de atuação, 35% são do serviço, outros 35% são do comércio e 9% da indústria. O tempo médio de atividade dos participantes no mercado é de 9 anos. A pesquisa completa pode ser consultada neste link.