Protetores faciais são doados a profissionais da saúde pela UniFTC
Tempo de leitura: 2 minutos

A UniFTC de Itabuna distribuiu mais três lotes de protetores faciais para profissionais da saúde e da segurança pública que atuam no combate ao novo coronavírus (Covid-19) no eixo Ilhéus e Itabuna. A Faculdade concluirá, ainda nesta semana, a fabricação das primeiras 300 unidades.

Segundo balanço do diretor da Faculdade, Kaminsky Mello Cholodovskis, foram entregues lotes dos protetores faciais às secretarias da Saúde de Itabuna e de Ilhéus, Samu, Santa Casa de Itabuna e Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia (Saeb). A doação também beneficiou a Polícia Civil, atendendo a pedido do diretor da unidade regional em Itabuna, André Aragão.

Novos lotes serão entregues para profissionais da saúde do Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, e do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. As máscaras faciais são produzidas no Espaço UniFTC Maker, laboratório que possui a impressora 3D, utilizada na confecção das máscaras faciais e de outros projetos disponibilizados por diversos Fablabs do Brasil.

O equipamento, que é um dos itens dentre os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), tem gerado uma demanda reprimida no mercado mundial, diante da pandemia da COVID-19, e grande preocupação dos organismos internacionais diante da urgente necessidade de reduzir o risco de contaminação dos profissionais de saúde.

Alberto, da Sesau Ilhéus, recebe protetores faciais das mãos de Kaminsky, da UniFTC Itabuna

TECNOLOGIA DISPONÍVEL

Segundo Kaminsky Cholodovskis, a iniciativa de colocar o Espaço Maker para produzir os protetores faciais partiu da compreensão institucional diante de uma realidade que inquieta a todos. “Por sermos uma instituição de ensino, disseminadora e produtora de conhecimentos, não podíamos ficar parados, sabendo que a tecnologia que possuímos poderia ser útil à sociedade num momento tão crucial que estamos atravessando”, disse Cholodovskis.

O diretor de Planejamento da Secretaria da Saúde de Ilhéus, Alberto Júnior, lembrou que muitos dos contaminados pela Covid-19 em nosso município são profissionais de saúde. “Então, chega em muito boa hora a doação destes protetores faciais que, com certeza, vão nos ajudar muito no enfrentamento desta pandemia. A nossa gratidão à Rede UniFTC, que demonstra com essa iniciativa seu compromisso a sociedade”, afirmou.

UNIFTC MAKER

Para a fabricação das máscaras faciais, a Faculdade está investindo na aquisição de filamentos, utilizados na impressora 3D para a produção das bases que servem de suporte, bem como na compra de lâminas de acrílico que é usado na parte frontal dos protetores.

A produção das EPIs é supervisionada pela Gerência de Laboratórios da Rede UnFTC, com a atuação do analista de Tecnologia da Informação, Ewerton Santos, e o estudante do 9° semestre de Engenharia Civil, Guilherme Dantas, que dominam a tecnologia de impressão em 3-D.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os municípios de Ilhéus e de Itabuna possuem mais de 370 casos confirmados do novo coronavírus nesta terça-feira (28), conforme números divulgados pelas departamentos de Vigilância Epidemiológica das secretarias de Saúde locais.

Ilhéus saltou de 178 para 193 pacientes com infecção por covid-19 confirmada por meio de teste no intervalo de 24 horas.

Itabuna tinha 172 casos ontem. Hoje, subiu 180, mas 10 destes casos são de pacientes que residem em outros municípios.

Os números apresentados pela Secretaria de Saúde de Itabuna diferem do constante no Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). No boletim estadual, o município aparece com 159 casos e 3 óbitos.

RECUPERADOS

Se há o que comemorar, é o aumento do número de pacientes recuperados da covid-19 em Ilhéus, num total de 64. Em Itabuna, são 24, mesmo número de ontem. Mais populosa, Itabuna também é a cidade com maior registro de óbitos pelo novo coronavírus (5). Ilhéus, a exemplo de Uruçuca, tem 4.

Dinheiro, celulares e drogas foram apreendidos com a quadrilha
Tempo de leitura: < 1 minuto

Quatro suspeitos de fazerem parte de quadrilha de traficantes de drogas foram presos, nesta terça-feira (28), em Jequié. A prisão ocorreu em operação conjunta da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e a Superintendência de Inteligência (SI), da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Drogas, dinheiro e celulares também foram apreendidos na ação, deflagrada para cumprir mandados de prisão. Os suspeitos integram uma quadrilha que utilizava a modalidade “delivery” para o fornecimento de drogas, naquele município. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados pela polícia.

Dólar registra alta pela segunda semana consecutiva
Tempo de leitura: 2 minutos

Em um dia de melhora em diversos mercados externos,  com o relaxamento da quarentena em alguns países da Europa, o dólar teve a maior queda diária nos últimos dois anos. Outra boa notícia do dia foi que a bolsa de valores subiu pela segunda sessão seguida, voltando a ultrapassar a marca de 80 mil pontos.

O dólar comercial encerrou a terça-feira (28) vendido a R$ 5,517, com recuo de R$ 0,147 (-2,59%). Em pontos percentuais, essa foi a maior queda para um dia desde 8 de junho de 2018, quando a cotação tinha fechado em queda de 5,59%. O euro comercial caiu para abaixo de R$ 6, fechando a R$ 5,96, com recuo de 2,66%. A libra esterlina comercial recuou para menos de R$ 7, sendo vendida a R$ 6,85 (-2,62%).

A moeda norte-americana operou em baixa durante todo o dia, mas intensificou o ritmo de queda durante a tarde. Na mínima do dia, por volta das 15h, o dólar comercial chegou a ser vendido a R$ 5,48. Em 2020, o dólar comercial acumula alta de 37,48%.

O Banco Central (BC) voltou a atuar no mercado, mas de maneira discreta. A autoridade monetária não vendeu dólares das reservas internacionais hoje, mas renovou (rolou) US$ 500 milhões de contratos de swap cambial –venda de dólares no mercado futuro – que venceriam em junho.

BOLSAS

O dia foi marcado pela recuperação na bolsa de valores. O índice Ibovespa, da B3 (bolsa de valores brasileira), que tinha despencado no fim da semana passada, com a saída do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, voltou a superar os 80 mil pontos. O indicador fechou esta terça aos 81.312 pontos, com alta de 3,93%.

O Ibovespa seguiu diversas bolsas europeias, que subiram nesta quarta com o anúncio de relaxamento da quarentena na Espanha e na Itália. No entanto, o índice Dow Jones, da bolsa de Nova York, encerrou o dia com queda de 0,13%, depois de quatro altas consecutivas.

Leia Mais

Bahia ultrapassa os cinco mil casos da Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Buerarema, Vinícius Ibrann, confirmou, nesta terça-feira (28), via redes sociais, a primeira morte causada pelo novo coronavírus no município. A vítima é um homem de 83 anos que estava internado no Hospital de Base de Itabuna.

O prefeito afirmou que o idoso foi internado depois que sofreu uma queda. Ele alegou que, quando foi encaminhado para a unidade de saúde, o homem não apresentava os sintomas da doença. O paciente faleceu na segunda-feira e o resultado dos exames saiu hoje.

As pessoas que tiveram contato com o idoso estão sendo monitoradas pela vigilância epidemiológica do município. Buerarema já tem 11 casos confirmados da doença. Essa morte ainda não consta no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia na noite desta terça-feira.

IPIAÚ

Já em Ipiaú, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou a segunda morte causada pela Covid-19. O homem de 82 anos foi internado no Hospital Geral no último dia 21, mas teve o quadro agravado e foi transferido, na sexta-feira (24), para o Calixto Midlej Filho, em Itabuna, onde morreu.

O primeiro óbito em Ipiaú foi de Álvaro Jardim, funcionário do Hospital Geral. O município tem 30 casos confirmados do novo coronavírus. 11 pessoas que contraíram a doença estão curadas e 205 estão em isolamento domiciliar.

Bahia registra mais de 3,7 mil casos de coronavírus
Tempo de leitura: 2 minutos

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) confirmou mais 10 mortes, nas últimas 24 horas, de pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus. Com isso, chegou a 93 o número de óbitos causados pela doença no estado,  segundo dados divulgados no início da noite desta terça-feira (28).

De acordo com a Sesab, a Bahia tem 2.564 casos confirmados de Covid-19. Desse total, 522 pacientes estão recuperados. Há ainda 1.949 pessoas com os sintomas da doença sendo monitoradas pela vigilância epidemiológica no estado.

Os dados indicam também que 275  infectados pelo novo coronavírus estão internados, sendo 89 em UTIs. O boletim epidemiológico registra 5.360 casos descartados e 11.638 notificações em toda a Bahia. Os dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

MORTES

A Sesab contabiliza 93 mortes pelo coronavírus nos seguintes municípios: Adustina (1); Água Fria (1); Araci (1); Belmonte (1); Camaçari (1); Capim Grosso (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2), Ilhéus (4) e Catu (1), sendo que a paciente foi contaminada na capital baiana.

Registra mortes também em Ipiaú (1); Itabuna (3); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (2); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Nilo Peçanha (1); Salvador (56); Uruçuca (4); Utinga (1); Vitória da Conquista (3). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até ss 17h horas desta terça-feira (28). Leia abaixo os históricos dos últimos óbitos.

Leia Mais

Rui diz que não haverá festa junina no Estado em 2020
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa disse que nenhum município baiano realizará festa junina em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Há pouco, no Papo Correria, ele observou que não haverá São João mesmo em cidades sem registro de caso de covid-19.

– Nós não teremos festa junina em nenhuma cidade da Bahia – ressaltou, observando que estas cidades podem, eventualmente, atrair pessoas infectadas de outras cidades.

E completou:

– A decisão está tomada. Não há perspectiva de que em junho possamos ter grandes aglomerações. Espero que cheguemos lá [em junho] sob controle. Não podemos correr risco.

Tempo de leitura: 2 minutos

O coordenador do Comitê Operacional de Emergência (COE) da Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus (Sesau), o médico cardiologista André Cezário, em entrevista ao Jornal do Meio Dia, da Gabriela FM, avalia que Ilhéus saiu na frente de muitos municípios com a criação da unidade específica para Covid-19 24 horas do SUS, com o governo baiano, para acompanhamento de pacientes com suspeita de infecção.

“Muitos municípios adaptaram as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) existentes, enquanto a Prefeitura de Ilhéus construiu uma unidade nova, por meio de um trabalho bem árduo e com muito esforço, para a estruturação do Centro de Atendimento Covid-19, o primeiro do interior da Bahia. Essa unidade vem para prestar assistência à população num nível de atenção de moderado para intenso. O objetivo, diminuir a chance da contaminação”, disse.

Diferentemente de Ilhéus, Itabuna não criou uma unidade específica para atender as vítimas da Covid-19. Ao contrário, adequou a estrutura da UPA do Monte Cristo para fazer a triagem de casos suspeitos da doença.

Cezário, que, como coordenador do COE, é subordinado do prefeito Mário Alexandre, ressaltou a importância de Ilhéus ter essa unidade de referência para os quadros respiratórios de coronavírus. “Os pacientes que têm quadro respiratório, nós orientamos que procurem o Centro Covid-19, e não as outras unidades de saúde, justamente para diminuir o risco de contaminação. Essa é a orientação dada em todas as unidades do município”, disse.Leia Mais

Cai o número de fumantes no Brasil, aponta estudo do Ministério da Saúde
Tempo de leitura: 2 minutos

O número de brasileiros que mantém o hábito de fumar caiu 38% no período de 13 anos. É o que aponta dados inéditos do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). O levamento foi feito pelo Ministério da Saúde.

Em 2019, 9,8% dos brasileiros afirmaram ter o hábito de fumar, enquanto que, em 2006, ano da primeira edição da pesquisa, esse índice era de 15,6%. A queda reforça a tendência nacional já observada nos anos anteriores. Por outro lado,  o levantamento mostrou aumento no consumo abusivo de álcool (Veja abaixo).

A prevalência de fumantes é menor nas faixas extremas de idade: entre adultos com 18 a 24 anos (7,9%) e adultos com 65 anos ou mais (7,8%). A prevalência do hábito de fumar diminui com o aumento da escolaridade, sendo de 6,7% entre aqueles com 12 anos e mais de escolaridade.

O tabagismo é a principal causa de câncer de pulmão, sendo responsável por mais de dois terços das mortes por essa doença no mundo. No Brasil, esse tipo de câncer é o segundo mais frequente. Dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, mostram que 27.833 pessoas foram a óbito em 2017 devido a essa causa.

Leia Mais

Juvino Filho representa a Bahia em concerto internacional || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

O clarinetista baiano Juvino Alves Filho foi escolhido para representar o Brasil na Campanha International Clarinet AntiVírus. A ação em solidariedade às vítimas da Covid-19 reúne 26 clarinetistas de 19 países, nos seis continentes, formando a Orquestra Internacional de Clarinete.

A música escolhida para campanha que está sendo veiculada em todo o mundo é A Chegada da Rainha do Sabá , do compositor Georg Friedrich Händel.

Natural do distrito de Algodão, município de Ibirataia, Juvino Filho morou em Ipiaú, onde participou ativamente do movimento cultural local, tendo convivido e atuado com artistas como Jorginho Costa, Fauzi Maron, dentre muitos outros músicos, poetas e promotores da cultura nesta cidade e região.

O convite para a participação de Juvino Filho na Campanha International Clarinete AntiVírus, foi feito pelo clarinetista polonês Roman Widaszek, que assistiu a uma apresentação do instrumentista brasileiro no Festival de Clarinete de Loures, em Portugal. Juvino é professor, doutor em música da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e presidente do Clube do Choro da Bahia.

Atuou como clarinetista e solista em diversas óperas, concertos, recitais e shows no Brasil e no exterior. Participou de espetáculos e gravações com importantes artistas, a exemplo de Paulo Sérgio Santos, Mário Ulloa, Antônio Carrasqueira, Cacau do Pandeiro, Luiz Melodia, e Luiz Caldas.

Foi laureado com o Prêmio Braskem Arte e Cultura e Prêmio Rumos Música Itaú Cultural e é autor do livro A Clarineta Pelas Bandas da Bahia: O Legado de Manuel Tranquillino Bastos, além de fundador-coordenador da Banda de Câmara Passo Doble, da Escola de Choro Cacau do Pandeiro.Leia Mais

Eleitor poderá resolver pendência sem sair de casa, pela internet
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou hoje (28) uma campanha para regularização eletrônica do título de eleitor. Diante da pandemia do novo coronavírus e o fechamento dos cartórios eleitorais, o TSE pede que os eleitores resolvam as pendências no documento de forma eletrônica, no site criado pelo tribunal.

O prazo vale para quem tem o título e para jovens de 16 anos que vão votar pela primeira vez e querem solicitar o documento. Os eleitores que estiverem com pendências no documento não poderão votar nas eleições de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

Com o fim do prazo, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração será permitida, somente a impressão da segunda via do título será autorizada. A medida é necessária para que a Justiça Eleitoral possa saber a quantidade de eleitores que estão em dia com o documento e poderão votar.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

Cientistas encontram novo coronavírus em esgoto
Tempo de leitura: 2 minutos

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) iniciaram um estudo para verificar a presença de material genético do novo coronavírus (Sars-CoV-2) em amostras do sistema de esgotos em Niterói, no Rio de Janeiro. O objetivo é acompanhar o comportamento da disseminação do vírus ao longo da pandemia de Covid-19.

O projeto utiliza a análise de amostras de esgotos como um instrumento de vigilância, permitindo identificar regiões com presença de casos da doença, mesmo os ainda não notificados no sistema de saúde.

O monitoramento está alinhado com estudos científicos internacionais, que têm demonstrado a importância da vigilância baseada em esgotos para a detecção precoce de novos casos de Covid-19.

As primeiras coletas foram realizadas no dia 15 deste mês.  Estão sendo coletadas amostras de esgoto bruto em 12 pontos georreferenciados e estrategicamente distribuídos pela cidade de Niterói, incluindo estações de tratamento de esgotos (ETEs), pontos de descarte de efluente hospitalar e rede coletora de esgotos.

INVESTIGAÇÃO

Os resultados iniciais evidenciam a eficácia da metodologia na ampliação da vigilância de propagação do novo coronavírus. Na primeira semana, foi possível detectar material genético do novo coronavírus em amostras de esgotos em cinco dos 12 pontos de coleta. As amostras coletadas na segunda e terceira semanas estão em fase processamento.

Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

O governo baiano ampliará de 30 para 41 o número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, segundo anúncio feito pelo secretário Estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. “A região Sul da Bahia vive uma situação muito preocupante, com um taxa de contágio muito maior que no resto da Bahia”, disse ele em entrevista.

Além do Hospital da Costa do Cacau, a estrutura de atendimento da região conta com 10 leitos de UTI no Hospital de Ilhéus, da rede privada. Em Itabuna, a Santa Casa de Misericórdia oferece dez leitos adultos no Hospital Calixto Midlej, três leitos infantis de UTI no Hospital Manuel Novaes; além de 40 leitos clínicos.

Ilhéus aguarda ainda o credenciamento de mais 13 leitos no Hospital São José e outros 30 na montagem de um hospital de campanha. Já Itabuna, terá a habilitação do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, que poderá ofertar até 21 leitos de UTI e 38 clínicos.

Há vagas para o campus de Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) publicou edital para o processo seletivo de tutores a distância e presenciais que atuarão âmbito da Coordenação Institucional do Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB/IFBA). Os interessados poderão se inscrever no período de 4 a 15 de maio.

Destinadas aos profissionais de nível superior das licenciaturas em Educação Profissional e Tecnológica/Formação Pedagógica, em Computação, em Física e em Matemática, as vagas são para a formação de cadastro reserva.  Para se inscrever, é necessário ter, pelo menos, um ano de experiência e formação acadêmica nas áreas exigidas.

As vagas são para os polos de Brumado, Ilhéus, Euclides da Cunha, Camaçari, Simões Filho, Paulo Afonso, Seabra, Lauro de Freitas, Mata de São João,  Irecê, Dias D’Ávila, São Francisco do Conde, Salvador e Vitória da Conquista. Há vagas em cadastro de reserva também para educação a distância.

As inscrições serão realizadas por meio do preenchimento de formulário on-line, e envio dos documentos solicitados, conforme o edital. Os tutores atuarão no desenvolvimento e acompanhamento das atividades acadêmicas dos cursos. O valor da bolsa será de R$ R$ 765,00 e a carga horária de 20 horas semanais.

O processo seletivo acontecerá em duas etapas: a 1ª, eliminatória e classificatória e a 2ª etapa, de análise dos documentos para comprovação dos dados informados pelo candidato. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: selecaoead.rei@ifba.edu.br ou pelo telefone (71) 2102-0353.

Vitória da Conquista tem mais de 700 casos confirmados de dengue
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, confirmou, na manhã desta terça-feira (28), mais duas mortes de pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus. Com isso, o município passa a registrar três óbitos causados pela doença.

A primeira morte causada pelo novo coronavírus, em Vitória da Conquista, foi de um homem de 69 anos. O óbito ocorreu no dia 13 de abril. Na quinta-feira passada, um senhor de 76 anos não resistiu à doença. Mas o resultado dos exames saiu agora.

Hoje também foram conhecidas as causas da morte de uma mulher de 62 anos. Ela estava internada e foi a óbito no último domingo (26). De acordo com a Secretaria de Saúde de Conquista, as três pessoas possuíam comorbidades (quando duas ou mais doenças estão relacionadas). O município do sudoeste tem 30 casos confirmados de Covid-19.