"Mineiro do Churrasco" era muito querido em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

Faleceu, nesta quinta-feira (29), Vicente da Cruz, mais conhecido como “Mineiro do Churrasco”, de 71 anos, que estava internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há 10 dias. No grupo de risco, por ser obeso,  portador de diabetes e hipertenso, ele teria recebido as duas doses da vacina, mas foi infectado e o estado de saúde agravou-se rapidamente. Ele morreu no dia do aniversário.

“Mineiro do Churrasco” foi proprietário do extinto “Bar do Mineiro”, que funcionou durante anos na Avenida  Firmino Alves. Antes do início da pandemia do novo coronavírus, trabalhava como apontador do jogo do bicho,  numa banca em frente à Padaria Princesa, na Avenida Juracy Magalhães. Durante anos morou no bairro Monte Cristo.

Era mineiro  do município de Formiga, mas há mais de 50 anos morava em Itabuna. Nos últimos anos esteve entre Minas Gerais e o sul da Bahia. “Mineiro do Churrasco” estava internado em Betim (MG). Ele deixa viúva e um casal de filhos. O rapaz, Wanderson, também apontador do jogo do bicho, foi o primeiro infectado pela Covid-19 e ficou mais de 30 dias internado no Hospital de Campanha, em Itabuna.

Neste mês, a esposa e a filha de “Mineiro do Churrasco” também foram infectadas pelo vírus e estão se recuperando em Minas Gerais, onde a jovem mora.  Seguindo os protocolos sanitários, o corpo do idoso será sepultado sem cerimônia, no estado do Sudeste do País.

Bahia lidera em geração de empregos no Nordeste
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia criou 7.604 postos de trabalho com carteira assinada em junho. Com o resultado, consolidou-se a liderança na região Nordeste no acumulado do primeiro semestre deste ano com saldo positivo de 70,1 mil postos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (29) pelo Ministério do Trabalho.

Classificando os setores de atividade econômica em cinco grandes grupos, quatro apresentaram saldos positivos em junho de 2021: Serviços (+4.094 postos), Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (+2.652 postos), Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (+582 postos) e Indústria geral (+394 postos).

CONSTRUÇÃO CIVIL EM QUEDA

Em contrapartida, a Construção (-118 postos) registrou saldo negativo. No grupamento que mais gerou vagas, o de Serviços, destacaram-se as áreas de Atividades Administrativas e Serviços Complementares com a criação de 1.039 postos e Saúde Humana e Serviços Sociais com a geração de 828 posições celetistas.

No acumulado dos seis primeiros meses do ano, a Bahia (+70.150 postos) seguiu a tendência apresentada pela região nordestina (+172.616 postos) e pelo país (+1.536.717 postos). O estado, que tem a maior força de trabalho da região (6,5 milhões de pessoas – IBGE, PNADC – 2021.1), também ocupou a primeira posição no Nordeste, seguido pelo Ceará (+33.256 postos).

No Brasil, o estado baiano está no sétimo lugar, levando em conta a série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo. A capital do estado apresentou saldo positivo em junho (+2.158 postos) e no acumulado do ano (+16.763 postos).

Comércio perde 11% das empresas em quatro anos
Tempo de leitura: 2 minutos

Entre 2014 e 2019, o comércio brasileiro perdeu 177,3 mil empresas (-11%), 466,1 mil postos de trabalho (-4,4%) e 140,6 mil lojas (-8,1%). O varejo, segmento responsável por empregar 74,2% dos trabalhadores da área comercial, teve redução de 4,1% em sua ocupação.

O comércio empregava, em 2019, 10,2 milhões de trabalhadores, sendo 908,0 mil nos setores de venda de veículos, peças e motocicletas, 1,7 milhão no atacado, e 7,5 milhões no varejo. Os dados são da Pesquisa Anual de Comércio (PAC) 2019, divulgada nesta quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Quando comparada a 2010, a população ocupada do comércio cresceu 12,5%. O segmento que mais empregou nesse período foi o varejo, com acréscimo de 931,2 mil trabalhadores (ou mais 14,1%). Dentre as atividades, o maior destaque, em números absolutos, é o setor de hipermercados e supermercados, com 420 mil empregados a mais, representando 45% desse crescimento no varejo.

MAIS DADOS

Em 2019, havia no país 1,6 milhão de lojas e 1,4 milhão de empresas, que registraram uma receita bruta de R$ 4,4 trilhões. Destes, R$ 423,1 bilhões foram obtidos no comércio de veículos, peças e motocicletas, R$ 2,0 trilhões, no atacado, e outros R$ 2,0 trilhões, no varejo.

Quando são retiradas as deduções, como impostos e cancelamentos, há a receita operacional líquida, que foi de aproximadamente R$ 4,0 trilhões. A maior parcela deste valor veio do atacado (45,2%), seguido pelo varejo (44,9%) e comércio de veículos, peças e motocicletas (9,9%). É a primeira vez em cinco anos que o atacado supera o varejo em termos de participação na receita.

O Sudeste pagou o maior salário médio entre as regiões (2,0 salários mínimos), seguido pelo Sul (1,9 s.m.), pelo Centro-Oeste e Norte (ambos pagando 1,8 s.m.). O Nordeste pagou o menor: 1,4 salário mínimo. Essa região também perdeu participação (-0,4 p.p.) em relação à distribuição salarial das grandes regiões em nove anos. Em média, as empresas comerciais do país pagaram 1,9 salário mínimo aos seus empregados em 2019.

Preso no sul da Bahia acusado de participar de grupo criminoso
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (29), em Ubaitaba, no sul da Bahia, mais um acusado de envolvimento em um esquema de roubo e receptação de caminhões usados para transportar gado para frigoríficos. A prisão ocorreu durante diligências da 2ª Fase da Operação Terra Firme, deflagrada pela 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itapetinga), com apoio da 7ª Coordenadoria em Ilhéus.

O coordenador da Coorpin em Itapetinga, delegado Roberto Gomes Júnior, explicou que as equipes cumpriram mandados de busca e apreensão em um estabelecimento comercial e no imóvel do suspeito, de 31 anos, em Ubaitaba. “Apreendemos 28 munições, além do carro, que foi reconhecido pelas vítimas como o veículo usado nos assaltos”, destacou o delegado. O homem foi autuado em flagrante por posse ilegal de munições.

A ação policial está desarticulando uma quadrilha envolvida com roubos de cargas de gado nas regiões do sul e sudoeste da Bahia. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), na primeira fase, ocorrida em junho deste ano, foram presos o líder da organização criminosa e a companheira dele, que era responsável pela contabilidade do grupo.

Tony Café relata os 20 dias de batalha contra a Covid-19
Tempo de leitura: 2 minutos

O radialista e jornalista Tony Café fez um relato emocionante, nesta quinta-feira (29), sobre os dias de batalha para vencer o novo coronavírus. O locutor da Gabriela FM, de Ilhéus, contou que viveu momentos críticos, mas que hoje está melhor. Toda a família do jornalista foi infectada pela Covid-19.

Tony Café, que já está 20 dias fora do ar por causa das complicações da Covid-19, afirmou que até a criança de dois anos foi infectada pelo vírus. “Todo mundo aqui, em casa, contraiu a doença e foi tudo muito complicado. Houve a necessidade de ficar internado, sob observação médica. Fiquei uns quatro dias hospitalizado”, detalhou.

O jornalista relatou que, apesar dos poucos dias internado, é muito desesperador. “Porque você fica sem saber o que vai acontecer. Cansa muito, sente falta de ar. O organismo fica todo atrapalhado. Você fica desorientado. O psicológico fica lá em baixo, mas graças a Deus eu fui bem tratado no Hospital Calixto Midlej. Quero agradecer a todos os profissionais de saúde, do médico ao pessoal de serviços gerais. Toda essa rapaziada destemida”.

O profissional de comunicação conta que ficou admirado com o atendimento que recebeu no hospital. “O amparo foi uma das coisas que ajudaram a levantar o meu psicológico. Além do tratamento, esse carinho especial para com todos que estão ali, precisando de ajuda. Isso deu muita força e graças a Deus estou me recuperando bem. Ainda estou sob observação médica, tomando medicamentos, mas na segunda-feira, com fé em Deus, estarei fazendo o que mais gosto, que é trabalhar no rádio. Quero agradecer aos meus colegas de trabalho pela preocupação”, disse.

Tony Café tomou, no dia 7 de junho, a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Por isso, é provável que o estado de saúde do jornalista não tenha se agravado ainda mais. Pelo cronograma, em setembro ele deve receber a segunda dose do imunizante fabricado pela Oxford/Astrazeneca.

Serviço tem novas instalações, em imóvel na Avenida Juca Leão; Augusto Castro e Lívia Mendes inauguram nova unidade nesta sexta-feira (30)
Tempo de leitura: < 1 minuto

A partir desta sexta-feira (30), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Itabuna vai funcionar em imóvel localizado na Avenida Juca Leão, nº 412, em frente ao Escritório Local da Ceplac. A nova base será inaugurada pelo prefeito Augusto Castro (PSD) e a secretária da Saúde Lívia Mendes Aguiar, às 15 horas, com a presença de outras autoridades.

“A mudança do Samu-192 para as novas instalações garantirá melhores condições de trabalho. Vem reforçar a preocupação do prefeito Augusto Castro na valorização dos servidores públicos e, em especial, a humanização na saúde pública do município”, destaca Lívia Mendes.

A coordenadora municipal de Emergência, enfermeira Rafaela Caldas Souza dos Santos, explicou que o espaço antigo era inadequado para acomodar as equipes no seu dia a dia.

Além disso, conforme a gestora, no imóvel anterior, a chegada e a saída das ambulâncias eram dificultadas pela intensidade do tráfego de veículos na Rua das Nações.

O Samu de Itabuna tem duas ambulâncias de suporte básico, uma avançada e uma ambulância social, que atende cadeirantes e outras pessoas com dificuldade de locomoção.

O deputado federal Paulo Azi e o prefeito Moacyr Leite na inauguração da Escola Nucleada Domingos Correia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Moacyr Leite Júnior (DEM) inaugurou, nesta quarta-feira (28), a Escola Nucleada Domingos Correia, construída pela Prefeitura na zona rural de Uruçuca. A nova unidade pode acolher até 360 estudantes. O prédio tem seis salas de aula, biblioteca, sala de informática e blocos administrativo e de serviços.

Segundo Moacyr, a obra é um marco na história da educação rural do município. “A escola traz inúmeros benefícios para o aprendizado e para a qualidade de vida de alunos, professores e responsáveis. Nosso compromisso com a educação é, e sempre será, prioridade”, garantiu.

O ato contou com a presença do deputado federal Paulo Azi (DEM-BA), que, segundo a Prefeitura, articulou a destinação de recursos para a obra. O vice-prefeito Dinho Argolo (PRTB) e a secretária da Educação Célia Calmon também participaram da cerimônia, além de outras autoridades e agentes políticos.

Negros são mais de 70% das vítimas de tráfico de pessoas no país || Imagem Acrítica
Tempo de leitura: 2 minutos

Dados do Relatório Nacional sobre Tráfico de Pessoas mostram que 72% das vítimas desse tipo de crime no Brasil é negra. A taxa leva em consideração as pessoas atendidas nos Núcleos de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e em postos do Ministério da Saúde.

O relatório, que abrange o período entre 2017 e 2020, foi apresentado nesta quinta-feira (29), véspera do Dia Mundial e Nacional de Combate ao Tráfico de Pessoas, pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. O material foi elaborado em parceria com o Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime (Unodc).

Em sua terceira edição, esta é a primeira vez que o relatório traz o recorte por raça. De acordo com o levantamento, entre as possíveis vítimas de tráfico de pessoas que foram atendidas exclusivamente no sistema de saúde, 37,2% são crianças.

Segundo o estudo, de 2017 a 2020 foram catalogadas 1.811 vítimas com idade entre 18 e 59 anos pelos centros de referência especializados de assistência social (Creas). No sistema de saúde, foram contabilizadas 615 vítimas potenciais.

Já pelo Disque 180 foram recebidas 388 denúncias no período, 61% das quais relacionadas à exploração sexual. No Disque 100, entre 2017 e 2019 foram contabilizadas denúncias referentes a 79 vítimas, entre as quais, 45 para fins de exploração sexual, 21 relacionadas ao trabalho em condições análogas à escravidão, 11 por adoção ilegal e duas para remoção de órgãos.

O Ministério Público do Trabalho (MPT), por sua vez, contabilizou 15.857 aliciamentos entre 2017 e 2020, a maioria (14,80%) no estado de São Paulo, seguido por Minas Gerais (14,52%).

Em nota, o Ministério da Justiça e Segurança Pública disse, contudo, que ainda é necessário combater a subnotificação de casos, “consequência do receio ou vergonha das possíveis vítimas em denunciar os casos de tráfico de pessoas”.

“Estamos trabalhando em parceria com os estados, instituições públicas e a sociedade civil para esclarecer aos cidadãos os possíveis riscos que possam torná-los vítimas do tráfico humano, sejam promessas de trabalho fáceis e lucrativas ou a entrega de passaportes e demais documentos a terceiros que possam retê-los em outros países”, disse o secretário nacional de Justiça, Cláudio de Castro Panoeiro, segundo o texto divulgado pela pasta.

ACORDOS

Nesta quinta, o Ministério da Justiça firmou dois acordos de cooperação técnica para combater o tráfico de pessoas. Um deles, em parceira o Ministério da Cidadania, prevê a capacitação sobre o atendimento a potenciais vítimas desse tipo de crime.

Os cursos serão destinados a profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), que engloba os Creas e os centros de referência de assistência social (CRAS).

Uma segunda iniciativa, junto ao Ministério da Saúde, prevê a capacitação de gestores e servidores, bem como a elaboração de pesquisas sobre a situação de saúde das vítimas, e campanhas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), voltadas para a sensibilização sobre o tráfico de pessoas.

Segundo delegado, suspeito seria uma espécie de "pistoleiro"
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu ontem (28), em Ilhéus, um suspeito de assassinar um homem a pauladas, na mesma cidade, no último mês de maio. O mandado de prisão foi cumprido pelo Núcleo de Homicídios da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

Segundo o delegado Helder Carvalhal, o homem assassinado era usuário de drogas e foi agredido após o suspeito atribuir a ele o furto da sua arma de fogo. “Ele atingiu o homem com pauladas e o abandonou na porta da casa da mãe. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu”, detalhou.

Além desse caso, o suspeito também seria autor de uma tentativa de homicídio ocorrida em 2018. Na ocasião, ele teria efetuado disparos de arma de fogo contra a vítima, no bairro Nossa Senhora da Vitória, depois de um desentendimento.

“PISTOLEIRO”

O homem preso, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, seria uma espécie de “pistoleiro”, conforme relato de Helder Carvalhal, que investiga se o acusado tem envolvimento em outros crimes. Ele será encaminhado ao Presídio Regional Ariston Cardoso.

Empresa iniciou reparo da rede e prevê normalização do serviço em até 24h; confira locais afetados
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Emasa informa que o rompimento de uma rede de 300 milímetros, no bairro Novo Horizonte, ocorrido na manhã desta quinta-feira (29), prejudica o fornecimento de água para locais de Itabuna. Além do Novo Horizonte, os bairros afetados são Pontalzinho, São Roque e parte do Santo Antônio, assim como os loteamentos Parque São João e Monte Líbano.

Segundo a empresa municipal, o reparo da rede já foi iniciado. “Geralmente, nesses casos, há um atraso de 24 horas para a normalização do abastecimento. Mas, estamos trabalhando para sanar o rompimento o quanto antes”, disse o gerente de Produção e Distribuição de Água da Emasa, Moisés Ferreira Rosas.

Lei 14.188/2021 entrou em vigor nesta quinta-feira (29); legislação inova ao punir violência psicológica contra a mulher || Foto Paulo H. Carvalho/Agência Brasília
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Diário Oficial da União traz hoje (29) a Lei 14.188/2021. A nova legislação determina que agressores sejam afastados imediatamente do lar ou do local de convivência com a mulher em casos de risco atual ou iminente à vida ou à integridade física da vítima ou de seus dependentes.

Considerar a dimensão psíquica das formas de violência contra a mulher é uma das inovações significativas da lei, que também modifica trechos do Código Penal, na Lei de Crimes Hediondos (Lei nº 8.072/90) e na Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006).

A norma prevê pena de reclusão de 1 a 4 anos para o crime de lesão corporal cometido contra a mulher “por razões da condição do sexo feminino”.

X VERMELHO = PEDIDO DE SOCORRO

A lei também cria o programa Sinal Vermelho, que formaliza o uso do X vermelho na palma das mãos como um pedido de socorro silencioso.

Desde o início da pandemia de Covid-19, os índices de feminicídio cresceram 22,2% em comparação com os meses de março e abril de 2019. Os dados foram publicados em maio de 2021 pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Lanna Rizzi faleceu aos 26 anos devido a complicações da covid-19
Tempo de leitura: 2 minutos

Morreu, na manhã desta quinta-feira (29), em um hospital de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, a compositora e cantora Lanna Rizzi, de 26 anos, que lutava contra as complicações do novo coronavírus. O falecimento de Lanna foi confirmado, pela família, no Instagram da artista, que tem quase 35 mil seguidores.

Ela nasceu em Ibirataia, no sul da Bahia, mas morou muito tempo no bairro Banco Raso em Itabuna, onde começou a carreira artística.  Ultimamente, como amigos confirmaram ao PIMENTA, Lanna estava morando em Vitória da Conquista.

No último dia 19, Lanna havia publicado que estava com 50% dos pulmões comprometidos

No último dia 19 de julho, Lanna Rizzi fez uma postagem no Facebook informando que estava com 50% dos pulmões comprometidos. Ela relatou que não podia falar muito porque estava cansando por causa dos sintomas da doença. “Estou fazendo exames de hospital em hospital. Estou com 50% dos pulmões comprometidos, mas nada de desespero”, disse.

“NÃO ESTÁ TUDO BEM, MAS VAI FICAR”

A cantora e compositora dizia acreditar que a fase crítica estava passando. “Estou sendo monitorada em casa, com auxílio de oxigênio, porque minha saturação diminuiu bastante, enfim, não está tudo bem, mas vai ficar. Conto com apoio e orações de todos vocês, Beijos no coração de vocês. Já, já estou 100%!”.

Lanna Rizzi era considerada uma artista promissora. O sucesso já tinha chegada as diversas regiões, principalmente Salvador, onde estava sendo preparada uma agenda de shows, mas pandemia do novo coronavírus interrompeu os planos. Hoje, dezenas de seguidores da artista lamentaram a morte.

O prefeito Mário Alexandre e o vice Bebeto em reunião com Gustavo Santana (ao centro), presidente do Sindrod || Foto Clodoaldo Ribeiro/Secom-Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), e o vice-prefeito Bebeto Galvão (PSB) se reuniram, na tarde desta quarta-feira (28), com o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Ilhéus (Sindrod), Gustavo Santana. O sindicalista pediu que a Prefeitura intervenha, como mediadora, nas negociações da categoria com as empresas São Miguel e Viametro, concessionárias do transporte público municipal.

Segundo a Prefeitura, o objetivo do sindicato é evitar novas demissões e negociar reajuste salarial para motoristas e cobradores. Nos últimos 18 meses, o salário dos rodoviários foi reajustado em 3,5%, 5% a menos do que o percentual almejado pela categoria.

Mário Alexandre garantiu que a Prefeitura vai mediar o diálogo dos rodoviários com as empresas. Também assumiu o compromisso de renovar o convênio do município com o sindicato para a prestação de serviços médicos e odontológicos aos trabalhadores. Além disso, solicitou agendamento de nova reunião, dessa vez, com a presença de representantes das concessionárias.

Bebeto Galvão destacou que o governo tem o dever de sensibilizar as concessionárias para que negociem com os rodoviários, com objetivo de evitar a paralisação do serviço. “O município se sensibiliza com a demanda apresentada para ajudar na negociação, isso pela responsabilidade que nós temos de não permitir que o sistema paralise as atividades em prejuízo da população”, declarou o vice-prefeito.

Ao som de "Baile de Favela", Rebeca empolgou o público e arrancou lágrimas da equipe de transmissão da Globo; atleta ainda vai disputar mais duas medalhas em Tóquio
Tempo de leitura: < 1 minuto

Rebeca Andrade, de 22 anos, conquistou hoje (29), nas Olimpíadas de Tóquio, o segundo lugar na disputa individual geral da ginástica artística, que reúne as provas de salto, paralelas assimétricas, trave e solo. A medalha de prata é a 1ª da ginástica artística feminina do Brasil na história dos Jogos Olímpicos.

No exercício do solo, o último da série, Rebeca se apresentou mais uma vez ao som da música Baile de Favela, do funkeiro MC João, mixada com um tema clássico de Johann Sebastian Bach.

A apresentação da brasileira empolgou o público na arena e emocionou a equipe de transmissão da Rede Globo, formada pelos ex-ginastas Diego Hypólito e Daiane dos Santos e o narrador Galvão Bueno.

Aos prantos, Daiane destacou a importância histórica da conquista, especialmente pelo fato de Rebeca ser uma mulher negra. Segundo a comentarista, que ganhou a 1º medalha de ouro do Brasil no circuito mundial da modalidade, houve um tempo em que se dizia que a ginástica artística não era um esporte para negras.

MAIS DUAS FINAIS

Nascida em Guarulhos, na Grande São Paulo, Rebeca Andrade é atleta do Flamengo. Ela ainda vai disputar mais duas finais em Tóquio, a do salto no domingo (1º) e a do solo na segunda-feira (2ª).

Brasil correr o risco de sofrer racionamento de energia elétrica || Foto Fernando Frazão/Agência Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, voltou a afirmar hoje (28) que o país não corre risco de racionamento de energia ou de um apagão elétrico devido à grave crise hídrica. Segundo o ministro, desde o ano passado, quando se verificou uma redução no volume de chuvas, o governo tem monitorado a situação e adotado as medidas necessárias para garantir o suprimento de energia.

“Não vai faltar energia. Estamos adotando medidas desde o ano passado, quando observamos que as afluências nas principais bacias hidrográficas estavam muito baixas e depois quando terminou o período úmido em abril, verificamos que foi a pior crise com escassez hídrica da história do país, dos últimos 90, 100 anos. Mas isso não é motivo de preocupação para a sociedade”, disse hoje o ministro.

Bento Albuquerque disse que a pasta tem atuado em conjunto com outros atores, como governos estaduais, operadores do setor de energia e também o parlamento, para buscar saídas para a crise no setor. Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o país passa pela “pior crise hidrológica desde 1930”. No final de junho, o governo editou a Medida Provisória (MP) 1.055/21 para criar a Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética, a Creg.

Entre as atribuições do grupo presidido por Albuquerque, está determinar alterações na vazão dos reservatórios das usinas hidrelétricas do país, envolvendo definições para limites de uso, armazenamento e vazão. Além do Ministério de Minas e Energia, participam da câmara os ministérios da Economia; da Infraestrutura; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; do Meio Ambiente; e do Desenvolvimento Regional.

Albuquerque disse ainda que entre as ações que estão sendo adotadas, está o uso de todas as fontes de energias disponíveis, como as termelétricas, que tem um custo de acionamento mais caro. Nesta quarta-feira, o ministro participou da reinauguração de uma dessas usinas, a Usina Termoelétrica (UTE) William Arjona, em Campo Grande (MS).Leia Mais