Ricardo Mandarino, titular da Segurança Pública, não acredita que Polícias Militares embarcarão numa eventual tentativa de golpe de Bolsonaro
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Dia da Independência terá manifestações a favor e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em diversas cidades do país. O secretário de Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, disse que a pasta monitora a movimentação de policiais no estado para os atos do dia 7 de setembro. Ele falou sobre o assunto nesta quarta-feira (25), em entrevista ao programa Isso é Bahia, da rádio A Tarde FM 103,9.

Apesar das ameaças do presidente da República, Ricardo Mandarino não acredita que as condições para um golpe de estado estejam postas, tampouco com a participação de policiais.

Por outro lado, na avaliação do secretário, não é possível descartar a possibilidade de que as manifestações do próximo dia 7 descambem para o quebra-quebra. Para ele, o comportamento de Bolsonaro estimula a baderna. “Infelizmente, nós temos um presidente arruaceiro e, quando você tem uma pessoa totalmente irresponsável e que promove arruaça, fica fácil de conseguir adeptos”, declarou.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.