Clima tenso no início da sessão extraordinária desta quarta-feira (25)
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Câmara de Vereadores de Ilhéus iniciou, às 16h28min desta quarta-feira (25), a sessão extraordinária de julgamento do processo de cassação contra o vereador Luca Lima (PSDB), acusado de quebra de decoro parlamentar.(leia mais aqui).

Quando o vereador Luciano Luna (PV) pediu vistas do processo – o que suspenderia o julgamento -, o presidente da Câmara, Jerbson Morares (PSD), manifestou posição contrária ao pedido e não gostou de ter a fala interrompida por Luna.

Na sequência, o vereador Nerival Reis (PSL) pediu ao presidente que a votação fosse secreta, alegando que essa regra está prevista no Regimento Interno da Câmara. Ao respondê-lo, Jerbson esclareceu que o voto é aberto, posição defendida também pelos vereadores Tandick Resende (PTB) e Augustão (PT).

Luca Lima chegou à Câmara por volta das 17h. Atualizado.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.