Judoca de Itabuna ficou em quinto no Mundial de Portugal
Tempo de leitura: < 1 minuto

O atleta itabunense Paulo Ricardo Alves, de 31 anos, ficou na quinta colocação no Campeonato Mundial de Judô, realizado em Lisboa, em Portugal. Soldado do Esquadrão de Polícia Montada (Cavalaria) da PM de Itabuna, Ricardo lutou na categoria 73 quilos. A competição contou com a participação dos principais judocas do mundo.

Logo na primeira disputa, na sexta-feira (22), o brasileiro enfrentou o russo Vladimir Kobzar – atleta de carreira olímpica, com títulos mundiais e europeus. O PM acabou perdendo, foi para a respecagem e chegou até a disputa da medalha de bronze. Ele enfrentou o mongol Thumunk Bradakh mas, após um erro de estratégia, acabou perdendo.

“Ser o quinto melhor do mundo é uma vitória. Não fiquei ansioso nem com medo em momento algum. Pelo contrário. As minhas derrotas foram por punições simples, mas, consegui manter a calma e dei o meu melhor”, contou.

Paulo Ricardo já pensa no Mundial de 2022

O atleta embarcou para Portugal na última segunda-feira (18), onde fez uma quarentena e testes, por conta da covid-19. O PM baiano treinou com a equipe de judô do Sport Lisboa e Benfica, além de colegas da Seleção Brasileira.

“Eles foram tão atenciosos e me fizeram propostas tentadoras [risos]. Agora vou me preparar para o próximo mundial, que acontecerá na Polônia, na cidade de Cracóvia, em 2022”, comentou o PM. O atleta viajou para Portugal com apoio de empresas, amigos e familiares.

7 respostas

  1. Itabuna, não tem time, é mesmo quando tinha nuca soube de ter , ido tão longem: esse rapaz tá levando o nome dessa cidade Pará o mundo. é um exemplo ” poderia ser não ajudando e sim reconhecido seria o mínimo”

  2. Aqui em Itabuna têm muitos, talentos nó esporte, más eu não entendo, porquê não já tem um centro de treinamento, têm muita gente boa no esporte , já pensou, ter uma competição e , Itabuna ser referência!?

  3. Ele é uma pessoa muito especial, trabalha, como PM , é dentista judoca dê nível internacional, isso é o exemplo que não importa, aonde você mora e sim onde que chegar

  4. Não, dá nem pra acreditar quê é dê Itabuna” parece dê cidade que tem recurso” onde é que ele treina? Será que ele dá aula de judô?

  5. Parabéns! Irmão Deus te abençoe. Tomara, que agora, vejam em vc uma maneira, de ajudar essa juventude, montar uma academia e vc dá aula, isso se vc quiser, e ter tempo, porque você já faz muita coisa, más vc é uma luz, não custa, nada eles te dar uma cantada, eu sei que vc não se importou , pôr não ter tido a Judá, de quem deveria, não é a primeira vez, que vai com ajuda de amigos, ainda bem que dessa vez, teve patrocínio. E é eles é que ficarão chique tiveram, produtos e empresa divugadas direto de Portugal.👏👏👏

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.