Jailson anuncia saída das fileiras socialistas
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus Jailson Nascimento anunciou hoje (31), em nota à imprensa, sua desfiliação do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Segundo o texto, ele estava insatisfeito com o descumprimento de acordos eleitorais firmados em 2020, quando os socialistas apoiaram a reeleição do prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), indicando o ex-deputado federal Bebeto Galvão para o cargo de vice-prefeito.

Os sinais de que a relação do grupo de Jailson com o governo não estava bem apareceram no início de fevereiro, quando a base governista atropelou o regimento interno da Câmara e extinguiu a Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investigava as circunstâncias nas quais a Prefeitura de Ilhéus fechou acordo milionário com as empresas Viametro e São Miguel. Presidente da CEI, o vereador Fabrício Nascimento (PSB), filho de Jailson, votou pela continuidade das investigações e desagradou o prefeito.

Após a votação, Marão exonerou pessoas indicadas por Fabrício para cargos comissionados do governo (veja aqui). Ouvido pelo PIMENTA sobre as exonerações, o prefeito argumentou que um vereador da base não pode votar contra os interesses da gestão. “Ou é governo ou não é governo”, disse (relembre aqui).

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.