"Culpados vão para o xilindró", diz governador
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa (PT) reafirmou que partiu do governo estadual a iniciativa de determinar investigação rigorosa de possíveis irregularidades na compra de respiradores da empresa HempCare, feita pelo Consórcio Nordeste, no início da pandemia. Ele se manifestou sobre o assunto hoje (27), após a Operação Cianose, que cumpriu 15 mandados de busca e apreensão em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Araraquara.

Rui lembrou que o trabalho da Polícia Civil da Bahia levou à prisão dos sócios da empresa e apontou a fraude praticada, mas os proprietários acabaram soltos depois de ordem judicial.

“Não tem ninguém mais ansioso para que essa apuração seja finalizada. Queremos a solução disso. Os culpados vão para o xilindró. Desejo e comento que estou ansioso para que isso seja concluído”, declarou o governador.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.