Diego Messias Secretário de Meio Ambiente; agentes da Cippa e Jurema Cintra, advogada do Preserva Ilhéus e voluntária do GAP|| Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

Voluntários do Grupo de Amigos da Praia (GAP) impediram mais uma poda de árvores considerada indevida na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, no sul da Bahia. Na manhã desta quarta-feira (22), funcionários da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos do município tentaram fazer uma supressão de galhos considerada crime pelos ativistas ambientais.

A poda de árvores na localidade está está suspensa desde 2020, quando foi movida uma ação civil pública de improbidade administrativa contra a prefeitura, após mobilização do coletivo Preserva Ilhéus que coletou 20 mil assinaturas para a petição.

Conforme a advogada do Preserva Ilhéus e voluntária do GAP, Jurema Cintra, a ação da prefeitura contém várias ilegalidades. “Os servidores não tinham ordem de serviço, não usavam equipamentos de proteção e não seguiam as normas técnicas previstas para poda em áreas urbanas. O que a prefeitura está fazendo não é poda, é mutilação”, explica a ambientalista.

Ambientalistas denunciam poda indevida de árvores em Ilhéus

 

Jurema Cintra chama atenção para o fato de que as árvores da Avenida Soares Lopes, assim como em outros locais, servem de morada para milhares de aves, embelezam e humanizam a paisagem e proporcionam sombra e ar puro.

Leia Mais

Drogas são apreendidas no interior da Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

Equipes do Esquadrão de Motociclistas Falcão da Polícia Militar da Bahia apreenderam mais de 40 quilos maconha e cocaína que abasteceriam o São João da cidade de Ibicuí, na região Sudoeste da Bahia, segundo investigações. As drogas foram encontradas, no bairro da Patagônia, em Vitória da Conquista, também no sudoeste, na noite de terça-feira (21).

As drogas estavam escondida em um terreno baldio. Os policiais faziam rondas preventivas no bairro Patagônia, quando perceberam um Volkswagen Gol branco, de placa JLS-2127, parado. O motorista foi abordado com porções de drogas e revelou que havia escondido a droga em um terreno baldio, na rua M, no Loteamento Bateias. Foram apreendidos também dinheiro e uma balança.

Na área apontada foram apreendidos 55 tabletes de maconha e meio de cocaína. Segundo o tenente-coronel Carlos Elder Coelho Abreu, comandante da unidade, a droga seria distribuídas durante as festas juninas de Ibicuí. “Semana passada fizemos quatro apreensões no final de semana. É um movimento que se intensifica, principalmente no período de festa, pois a probabilidade de consumo é maior”, explicou o oficial.

O policial destacou que as ações continuarão na região para combater o tráfico de drogas. O homem e as drogas foram encaminhados para a 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Vitória da Conquista).

Montanha de entulho na Avenida Soares Lopes
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma montanha de entulho ornamenta a Avenida Soares Lopes, próximo ao Engenho Café e Bistrô, no Centro de Ilhéus. A poucos metros dali, a Prefeitura montou uma vila junina para receber moradores da cidade e turistas. O entulho virou espécie de cartão de visita às avessas do evento e da Soares Lopes, cartão postal ilheense.

Lacen registra mais de 5 mil casos ativos de covid-19 || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia registrou quase 2 mil novos casos de coivd-19 em apenas 24 horas, segundo divulgou a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) no final da tarde desta quarta-feira (22). Foram exatos 1.991 casos positivados entre as 17h de ontem e as 17h de hoje (22), período em que 1.051 pessoas passaram à estatística como recuperadas da doença.

Ainda nesta quarta, a Bahia registrou mais 9 óbitos em 24h e superou a triste marca de 30 mil óbitos causados pela covid-19 (30.009) desde o início da pandemia. O estado possui total de 5.248 casos ativos da covid-19, dos quais 5.153 estão em isolamento.

Apesar do alto número, estado não cogita suspensão dos festejos de São João. A justificativa é o percentual de vacinados contra o coronavírus no Estado. Neste momento, há 73 pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), conforme a Sesab.

VACINAÇÃO

Até o momento temos 11.612.846 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.676.806 com a segunda dose ou dose única, 6.209.831 com a dose de reforço e 561.256 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 965.202 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 543.249 já tomaram também a segunda dose.

Bolsonaro na tradicional live de quinta || Imagem Youtube
Tempo de leitura: 3 minutos

Bolsonaro não é idiota, repito, mas a população brasileira também não é e tem dado demonstrações inequívocas de sua sapiência: a próxima delas – e decisiva – será oferecida ao futuro da nação no dia 2 de outubro.

Thiago Dias

A forma de governo presidencialista concentra grande poder na Presidência da República. Isso é óbvio, mas a nossa época chegou ao rebaixamento de exigir, a todo instante, a reafirmação de obviedades, como sintoma da impossibilidade do consenso mínimo que a retórica bolsonarista impõe ao debate público. Quando a interlocução racional se torna impossível, impera a batalha pelo sentido da história. Nessa guerra, importam os eventos desde o passado remoto aos da última manhã.

As ideias introduzidas acima podem ser demonstradas pelos padrões da estratégia discursiva de Bolsonaro, que é sofisticada. Quanto a isso, vale ressaltar que o presidente não é idiota nem louco e, no campo ideológico, mantém coerência radical, pois sabe exatamente quais são os interesses que defende. Também é capaz de cultivar relação favorável ao seu governo no Congresso, com o preço que conhecemos.

O que Bolsonaro não consegue, apesar das tentativas diárias, é se livrar das responsabilidades do presidente da República e dos efeitos políticos do seu fracasso na gestão econômica, que agrada muito ao mercado financeiro, mas castiga os trabalhadores e as pequenas empresas.

Quando o trabalhador sente o peso enorme da inflação toda vez que põe a mão no bolso, aflora o doloroso sentimento de que a vida está mais difícil agora, após três anos e meio de governo Bolsonaro, do que na época dos tão criticados governos Lula e Dilma.

Por ironia da história, a Petrobras, mesmo assaltada por execráveis esquemas de corrupção, mantinha política de preços muito mais favorável ao desenvolvimento das forças produtivas do país. Não se trata de passar pano nos malfeitos, que devem ser combatidos com o rigor imparcial da Justiça, a questão é observar as diferenças das políticas implementadas na estatal por cada governo e as consequências delas para a nação. E não precisa ser petista para reconhecer isso.

Está aí Ciro Gomes que, diariamente, entre uma crítica e outra ao PT, lembra que a política de preços da Petrobras foi praticamente a mesma de 1954 a 2016, ano do golpe parlamentar na ex-presidente Dilma Rousseff.

O caso dos combustíveis não impõe a primeira derrota a Bolsonaro na sua guerra contra os consensos da República. Ele já perdeu a batalha das vacinas, por exemplo. Importante notar que, nos dois casos, a materialidade dos temas em questão dificulta a tentativa retórica de ruptura com a realidade. A eficácia e a segurança das vacinas contra a Covid-19 se transformaram em realidades sólidas demais para contestações simplistas.

O mesmo vale para o preço do tanque de combustível na bomba: é real demais para sofismas delirantes sobre o ICMS e “a culpa dos governadores”. As pessoas também são capazes de perceber os impactos dos preços dos combustíveis na inflação dos alimentos, que é menor para quem ganha a partir de cinco salários mínimos – único estrato econômico que dá liderança a Bolsonaro nas pesquisas eleitorais.

Como não é idiota, Bolsonaro faz barulho. Culpa a Petrobras. Troca presidente. Ameaça privatizar a estatal. No desespero, já faz o cálculo para saber se, agora, vale a pena uma briguinha com os acionistas minoritários da estatal para segurar os preços, pelo menos, até outubro.

Sabemos que nada disso próspera, porque o clima é de butim. A Petrobras é gerida como se não houvesse amanhã. Dos R$ 106 bilhões que lucrou em 2021, reservou menos de R$ 5 bilhões para investimentos e distribuiu o restante para os acionistas.

Também foi escolha de governo acelerar a venda de refinarias e não ampliar a capacidade de refinamento do petróleo. Agora, segundo a Federação Única dos Petroleiros, o Brasil corre risco de desabastecimento de diesel, pois há escassez de oferta no mercado internacional e o país importa 25% do necessário para suprir a demanda interna, mesmo estando entre os 12 maiores produtores mundiais da matéria-prima do combustível.

Bolsonaro não é idiota, repito, mas a população brasileira também não é e tem dado demonstrações inequívocas de sua sapiência: a próxima delas – e decisiva – será oferecida ao futuro da nação no dia 2 de outubro.

Thiago Dias é repórter e comentarista do PIMENTA.

Félix Júnior anuncia intervenção no diretório de Uauá, no interior da Bahia || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu pela anulação de todos os votos obtidos pelos candidatos do PDT na eleição municipal em Uauá, em 2020. O Tribunal acolheu denúncia de coligação adversária, que apontou fraude à cota de gênero. O TSE decidiu, ainda, pela perda de mandato dos quatro vereadores eleitos pelo PDT – Mário Oliveira, Bruno Lima, Rodrigo de Zé Mário e Leila de Jorge Lobo. Já o diretório baiano do partido, decidiu pela intervenção no diretório.

– Nós damos total independência aos diretórios municipais para que eles atuem nas eleições. Mas não podemos compactuar com fraudes. Por isso, já estamos fazendo a intervenção no partido em Uauá e vamos trabalhar para isso não se repetir. O PDT preza pelo respeito às candidaturas femininas e à legislação eleitoral. Apoiamos a decisão do TSE – disse o presidente do partido na Bahia, deputado federal Félix Mendonça Júnior.

De acordo com nota do TSE, houve fraude à cota de gênero no registro da candidatura de Carla Daiane da Silva Capistrano, caracterizado pela inexpressiva votação, ausência de movimentação financeira e a quase inexistente campanha eleitoral própria, uma vez que a candidata fez campanha explícita para outro candidato.

INCENTIVO

Félix ressaltou que o PDT é um dos partidos que mais incentiva as candidaturas femininas. “Defendemos a ampliação do espaço das mulheres nas políticas não só no discurso, mas na prática também. Em 2020, por exemplo, indicamos o nome de Ana Paula Matos para vice-prefeita de Salvador, ela que é pedetista. Nas eleições deste ano, temos candidatas fortes que irão competir. De modo que não aceitamos o que aconteceu em Uauá”.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O governo baiano anunciou a antecipação do pagamento de salário do funcionalismo para esta quinta-feira (23). São mais de 270 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas beneficiados com a medida, segundo a Secretaria da Administração do Estado (Saeb).

A gestão espera colaborar com a realização dos tradicionais festejos juninos na Bahia, ao injetar na economia um montante estimado em R$ 1,6 bilhão. A medida representa uma antecipação de até uma semana na liberação dos recursos.

De acordo com a tabela divulgada em janeiro deste ano por meio de uma portaria conjunta entre a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e a Secretaria da Fazenda (Sefaz-Ba), o pagamento do servidores ativos estava inicialmente previsto para 30 de junho. o de aposentados e pensionistas foi agendado para o dia 29 de junho.

Equipe do Costa do Cacau é treinada para prevenção da varíola do macaco
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, instaurou comitê multiprofissional para definir ações na prevenção da doença causada pelo Monkeypox vírus, conhecida como varíola do macaco ou varíola símia. A equipe da unidade recebe capacitação para lidar com o eventual aparecimento de casos suspeitos da infecção.

O treinamento foi feito no dia 7 de junho, dois dias antes de o município de São Paulo confirmar o primeiro caso da doença no Brasil. Na segunda-feira (20), o Ministério da Saúde notificou o oitavo caso da varíola do macaco no país, dessa vez, na cidade de Maricá, no Rio de Janeiro. O infectado não viajou para o exterior, mas teve contato com estrangeiros.

Para a enfermeira Ana Paula Lavigne, da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Costa do Cacau, é necessário adotar medidas para evitar a propagação do Monkeypox vírus na comunidade e principalmente no ambiente hospitalar.

“Antevendo um aumento de casos da doença, nós criamos o comitê de prevenção da varíola do macaco, treinamos coordenadores no início deste mês e estamos alinhando outras ações para assegurar a segurança de pacientes e colegas profissionais da saúde”, acrescentou.

Segundo a enfermeira, as orientações repassadas aos funcionários do hospital estão embasadas na nota técnica 03/2022, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Nosso comitê, formado pela CCIH, Núcleo Hospitalar Epidemiologia, Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho e diretorias Técnica e Operacional, está empenhado no objetivo de instituir, orientar, monitorar e garantir o funcionamento das ações de prevenção a propagação do Monkeypox”, concluiu.

"Pedido especial" de Bolsonaro foi citado por Milton Ribeiro em gravação || Foto Agência Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) preparava-se para conceder entrevista à Rádio Itatiaia, no Palácio do Planalto, na manhã desta quarta-feira (22), a Polícia Federal prendia o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, suspeito de corrupção passiva, advocacia administrativa, prevaricação e tráfico de influência no caso conhecido como Bolsolão do MEC.

O presidente comentou a prisão. “Eu peço a Deus que ele não tenha problema nenhum, mas se tem algum problema, a PF tá agindo, tá investigando e é um sinal que eu não interfiro na PF, porque isso aí vai respingar em mim, obviamente, né? O que eu disse pra você? Eu tenho 23 ministros, mais uma centena de secretários, mais de 20.000 cargos em comissão. Se alguém faz algo de errado, pô, vai botar a culpa em mim? Pô, 20.000 pessoas. Logicamente, a minha responsabilidade é afastar e colaborar com a investigação”, declarou.

MILTON RIBEIRO CITOU “PEDIDO ESPECIAL” DE BOLSONARO EM GRAVAÇÃO

A permanência do pastor Milton Riberio no Ministério da Educação (MEC) tornou-se insustentável quando a Folha de S. Paulo divulgou trecho de uma conversa dele com prefeitos e religiosos, em março passado.

“Porque a minha prioridade é atender primeiro os municípios que mais precisam e, em segundo, atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar. Não tem nada com Arilton [Moura]. É tudo com o Gilmar. Está entendendo, Gilmar?”, disse Milton Ribeiro na gravação.

Após a resposta de Gilmar, que estava no recinto, o então ministro emendou. “Por que ele [Gilmar]? Porque foi um pedido especial que o presidente da República fez pra mim sobre a questão do Gilmar”. Clique aqui para ouvir a gravação obtida pela Folha.

Milton Ribeiro foi preso em Santos, no litoral paulista. O ex-ministro será levado para a Superintendência da Polícia Federal em Brasília, onde passará por audiência de custódia ainda hoje (22).

Milton Ribeiro em cerimônia de sua posse no MEC em julho de 2020 || Foto Isac Nóbrega/PR
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-ministro Milton Ribeiro e o pastor Gilmar Santos foram presos em operação da Polícia Federal que investiga esquema de corrupção na pasta da Educação no Governo Bolsonaro. As prisões ocorreram na manhã desta quarta-feira (22). Milton deixou o ministério em março deste ano, após o Estado de S. Paulo revelar esquema de corrupção na Pasta (confira aqui a matéria).

A operação da PF foi batizada de Acesso Pago, isso porque, segundo denúncias, agentes públicos tinham que pagar propina a pastores para conseguir ter audiência com o então ministro para discutir recursos para municípios. Parte do dinheiro era pago em barras de ouro, conforme um dos relatos.

De acordo com a PF, são investigadas as práticas de tráfico de influência e corrupção para liberação de recursos públicos no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Segundo revelou o Estadão, o balcão de negócios no MEC era liderado pelos pastores Gilmar Silva Santos e Arilton Moura. Gilmar presidia a Convenção Nacional de Igrejas e Ministros das Assembleias de Deus no Brasil, e Arilton era assessor de Assuntos Políticos da entidade.

São cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão em Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal.

Itabuna, Ilhéus, Itapetinga e Valença têm vagas de emprego pelo SineBahia nesta quarta (22)
Tempo de leitura: 4 minutos

O SineBahia tem oferta de mais de 150 vagas de emprego e de estágio em Itabuna, no sul do estado, nesta quarta-feira (22). Há oportunidades, também, em Ilhéus (15), Itapetinga (5) e Valença (1).

O interessado pode conferir as vagas e os pré-requisitos para cada uma delas clicando em Leia Mais, abaixo.

Para se cadastrar e disputar vaga, o candidato precisa comparecer a uma das unidades do SineBahia nestes municípios. Os documentos exigidos vão de carteiras de Trabalho e de Identidade e CPF a comprovantes de vacinação, endereço e escolaridade, além daqueles específicos para algumas profissões, a exemplo da CNH para motoristas.

Leia Mais

Prefeito Augusto Castro, de óculos, com o secretário Marcus Cavalcanti e Saulo Pontes, da SIT || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Detalhes finais da licitação da obra de duplicação do trecho de 2,6 quilômetros da saída de Itabuna para Ilhéus foram discutidos pelo prefeito Augusto Castro (PSD) com o secretário estadual de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti, e o superintendente de Infraestrutura e Transporte (SIT), Saulo Pontes, nesta terça-feira (21).

Conforme anúncio conjunto já feito por Augusto e pelo governador Rui Costa, o trecho duplicado vai da Avenida Juracy Magalhães, no Fátima, até o condomínio Cidadelle (região dos atacadões), em Ilhéus. “Teremos um novo vetor de mobilidade e crescimento e também a completa urbanização da saída de Itabuna para o litoral”, disse o prefeito, que fez o pedido a Rui ainda no ano passado.

Além da duplicação do trecho entre a Avenida Juracy Magalhães e a BR-415, o Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), já está executando a construção da BA-649, com 18 Km de extensão, que reduzirá o tempo de viagem entre Itabuna e Ilhéus.

Há cerca de vinte dias, o governador anunciou, também, a construção de vias de acesso à BA-649 pela margem direita do Cachoeira, na região da Rua do Prado, no Conceição e Vila Zara, até a BA-649.