Desembargador Raimundo Cafezeiro acata pedido do Governo Marão contra ato de servidores || Foto Alba
Tempo de leitura: < 1 minuto

O desembargador Raimundo Sérgio Sales Cafezeiro, do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), determinou que o Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Ilhéus (Sinsepi) suspenda a paralisação marcada para esta segunda-feira (28). Proferida ontem (27), a decisão do magistrado atende a pedido do Governo Marão.

Prevaleceu a alegação de que o ato dos servidores abusaria do direito de greve, segundo o desembargador. “Considerando a situação fática apresentada nestes autos, inclino-me ao convencimento de que a greve pode ser abusiva, notadamente porque ocasiona aos administrados um prejuízo de grande monta, especialmente considerando que se aproxima época festiva e turística na cidade”, escreveu Raimundo Cafezeiro.

Após ser notificado, o Sinsepi suspendeu a paralisação e o convocou a categoria para nova assembleia geral extraordinária, a ser realizada nesta quarta-feira (30), a partir das 16h30, na sede da entidade, localizada na Rua Carneiro da Rocha, no Centro de Ilhéus. Na assembleia, os servidores vão discutir os próximos passos da luta pela implementação de seu plano de cargos e salários.

Desde setembro passado, os trabalhadores aguardam a apresentação de estudo de impacto financeiro da criação do plano, conforme compromisso assumido pelo prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), naquele mês (relembre). Atualizado às 9h30min.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.