Sede do Banco Central do Brasil || Foto Marcello Casall Jr/Agência Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do país, subiu, novamente, de 7,58% para 8%, neste ano. É a 23ª elevação consecutiva na projeção. A estimativa está no boletim Focus de hoje (13), pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicadores econômicos.

Para 2022, a estimativa de inflação é de 4,03%. Para 2023 e 2024, as previsões são de 3,25% e 3,03%, respectivamente.

A projeção para 2021 está acima da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 3,75% para este ano, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é de 2,25% e o superior de 5,25%.

Em agosto, puxada pelos combustíveis, a inflação subiu 0,87%, a maior inflação para o mês desde o ano 2000, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso, o indicador acumula altas de 5,67% no ano e de 9,68% nos últimos 12 meses, o maior acumulado desde fevereiro de 2016, quando o índice alcançou 10,36%.

TAXA DE JUROS

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, estabelecida atualmente em 5,25% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom). Para o mercado financeiro, a expectativa é de que a Selic encerre 2021 em 8% ao ano. Para o fim de 2022, a estimativa é de que a taxa básica fique nesse mesmo patamar. Tanto para 2023 como para 2024, a previsão é 6,5% ao ano.Leia Mais

Comércio varejista baiano registra crescimento pelo quarto mês consecutivo|| Foto Mateus Pereira
Tempo de leitura: < 1 minuto

As vendas no comércio varejista baiano registraram crescimento pelo quarto mês consecutivo. Julho de 2021 teve um aumento de 6,6% em relação a igual mês do ano passado. No cenário nacional, a expansão nos negócios foi de 5,7%, na mesma base de comparação. As informações são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Seis dos oito segmentos que compõem o indicador do volume de vendas registraram comportamento positivo em julho, quando comparados aos de julho de 2020. O crescimento nas vendas foi verificado nos segmentos de tecidos, vestuário e calçados (114,8%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (50,6%).

Outros setores da economia baianos que tiveram resultados positivos foram do segmentos de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação(33,1%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (11,6%), livros, jornais, revistas e papelaria(9,7%), e combustíveis e lubrificantes(9,3%).

Semana Brasil no Shopping Jequitibá vai até segunda (13)
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Shopping Jequitibá está promovendo até a próxima segunda-feira, dia 13, da Semana Brasil 2021, com participação de 47 lojas do Jequitibá. A campanha tem promoções especiais e descontos que chegam a 70%, conforme lojistas.

A Semana Brasil é uma iniciativa do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo e lojistas de diferentes setores em todo o país e tem o objetivo de alavancar as vendas, reaquecer a economia e renovar estoques para o Black Friday e Natal. A relação de lojas participantes pode ser conferida no site em www.shoppingjequitiba.com.br.

Loja será aberta na Avenida Porto Seguro, no próximo dia 28
Tempo de leitura: < 1 minuto

A rede varejista Pernambucanas anunciou a inauguração de loja em Eunápolis, no próximo dia 28, com 18 empregos diretos. Será a 3ª unidade da marca na Bahia – as outras duas ficam em Salvador e Teixeira de Freitas – e a 24ª no Nordeste.

Antes da inauguração, os consumidores da cidade vão poder visitar o Caminhão Pernambucanas, que chegará a Eunápolis no próximo dia 18 e ficará na Avenida Porto Seguro, no Centro, mesmo endereço da loja.

Brasil deve registra queda na safra 2021
Tempo de leitura: 2 minutos

A estimativa para a safra brasileira de grãos, cereais e leguminosas em 2021 foi reduzida pelo quinto mês consecutivo e, com a informação de agosto, a produção deve ficar 1,0% abaixo da de 2020. A safra de 2021 deverá alcançar 251,7 milhões de toneladas, sendo 2,4 milhões de toneladas inferior ao recorde do ano passado, de 254,1 milhões de toneladas.

Entre as causas do declínio estão a falta de chuvas e também as geadas que ocorreram em algumas das principais unidades produtoras no final de julho. E o milho foi a commodity mais prejudicada. Os dados foram divulgados, nesta quinta-feira (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos do grupo, representando 92,4% da estimativa da produção e 87,6% da área a ser colhida.

Com uma área a ser colhida de 19,6 milhões de hectares e um rendimento médio de 4.499 quilos por hectare, a produção do milho teve sua estimativa reduzida em 4,7% frente à estimativa de julho, totalizando 87,3 milhões de toneladas.

Em relação a 2020, a safra deve ser 15,5% menor, embora haja aumentos de 6,8% na área plantada e de 6,2% na área a ser colhida. Cabe ressaltar ainda que algumas unidades da federação, como é o caso do Paraná e do Mato Grosso do Sul, sofreram também com a ocorrência de geadas no final de julho, havendo redução da produtividade.

Leia Mais

Marco Lessa comanda expedição por seis estados brasileiros || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Começou hoje (8) uma expedição dos organizadores do Chocolat Festival por municípios de seis estados brasileiros. Buscam promover o cacau e o chocolate produzidos no país, e planejar novas edições do evento. Entre os municípios interessados em realizar o festival estão Urubici, em Santa Catarina, famoso por abrigar o local mais frio do Brasil; Altamira, no Pará, atualmente o maior produtor de cacau do país, além de Linhares, principal cidade cacaueira do Espírito Santo.

“Além desses três estados, iremos nos reunir com autoridades locais na Bahia, São Paulo e em Brasília para firmarmos protocolos de intenções e iniciarmos o planejamento das próximas edições, previstas para o início de 2022”, afirma Marco Lessa, idealizador do evento e quem está à frente da expedição.

Lessa foi eleito em 2015 e em 2018 uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio no Brasil pela Revista Dinheiro Rural por conseguir agregar, valorizar e divulgar a cultura do cacau e a produção artesanal de chocolate de origem brasileira.

CHOCOLAT FESTIVAL

O Chocolat Festival – Festival Internacional do Chocolate e Cacau é considerado o maior evento do setor na América Latina e acumula 19 edições presenciais já realizadas entre Bahia, Pará e São Paulo. Os interessados no segmento podem acompanhar a missão pelas redes sociais, nos perfis @chocolat.festival, @marcolessa360 e @grupom21 do Instagram.

Soja e derivados lideram arrancada das exportações da Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

As exportações baianas bateram a marca de US$ 870,7 milhões em agosto de 2021, melhor resultado para o mês desde 2017, informa a Secretaria de Planejamento da Bahia (Seplan), com dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

O valor das exportações supera em 69,5% o resultado de agosto de 2020. Conforme a SEI, os produtos exportados pelo estado tiveram aumento de preço de 47%, em média, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

SOJA E DERIVADOS LIDERAM EXPORTAÇÕES DA BAHIA

O setor líder da pauta de exportações da Bahia foi a soja e seus derivados, com US$ 321,4 milhões em vendas e crescimento de 76,5%. Os embarques do setor chegam a 3,5 milhões de toneladas no ano, 13,8% acima do mesmo período do ano passado, enquanto as receitas de US$ 1,58 bilhão registram incremento de 55,2% ou o equivalente a ¼ do total das exportações baianas.

No mesmo mês, a indústria extrativa e de transformação cresceu 68,1%. Destacaram-se as exportações de produtos metalúrgicos (110,8%), químicos (69,7%), derivados de petróleo (46,1%) e papel e celulose (39,2%).

Com o resultado de agosto, a balança comercial da Bahia acumula um superávit de US$ 1,4 bilhão em 2021. As exportações somam US$ 6,24 bilhões, com alta de 25,8%. Já as importações chegam a US$ 4,84 bilhões, com incremento de 56,7%.

Retomada da Rota do Cacau e Chocolate foi anunciada em reunião em Itabuna || Foto Viviane Cabral/Amurc
Tempo de leitura: 2 minutos

A produção de cacau e de chocolate no sul da Bahia ganha mais um incentivo anunciado pelo assessor do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Aldo Dantas, em Itabuna, a retomada da Rota do Cacau e Chocolate. O assunto foi amplamente debatido no Encontro Rotas do Desenvolvimento, na última sexta-feira (3), promovido pela Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano (Amurc), pelos Consórcios Litoral Sul e da Mata Atlântica e Sebrae, que ganhou repercussão entre os prefeitos, secretários de agricultura, empresários, produtores e acadêmicos.

A Rota do Cacau é uma das 10 que integram o programa do Governo Federal como um sistema produtivo e inovador, associada a cadeias produtivas estratégicas para a inclusão produtiva e o desenvolvimento sustentável das regiões brasileiras. A ideia é que o MDR, junto aos órgãos de apoio, faça o processo de indução do desenvolvimento, potencializando negócios, o conhecimento da região nos nível nacional e internacional e fomentando o desenvolvimento territorial.

Durante o encontro, Aldo Dantas ouviu demandas dos setores representativos, reafirmou o apoio ao atendimento e sugeriu que a coordenação dos trabalhos para a retomada da Rota do Cacau seja feita com a participação do Sebrae e demais instituições regionais. Ele ainda elegeu representantes das entidades para fazer parte de um grupo, que ficará responsável por elaborar um documento oficial de retomada da Rota do Cacau.

CAPACITAÇÃO

De acordo com a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, a entidade aplicará a expertise de capacitar os atores e os empresários que estarão envolvido no processo. “Estaremos juntos com outros atores, ter uma atuação complementar, que é a de fazer a parte de qualificação e de articulação entre os atores para a formação dessa governança, que vai tocar o projeto e vai fazer investimentos, cada um dentro da sua expertise no projeto como um todo”, declarou.

Outras atividades econômicas, a exemplo da fruticultura, do mel e do setor têxtil, foram abordadas como segmentos que poderão ser explorados na região. O secretário de Desenvolvimento Econômico de Uruçuca, Águido Muniz, destacou que o município possui potencial para trabalhar a rota do cacau e do chocolate, “mas tem como trabalharmos na Rota do Palmito, de Pupunha, do cajá, do Mel, da Abelha Uruçu. Enfim, é um pontapé inicial para que a gente tenha o desdobramento para novas reuniões e encaminharmos essas iniciativas de rota para a economia local”.

Pequenos negócios são destaque na geração de empregos
Tempo de leitura: 2 minutos

Do saldo total de 316.580 novas contratações feitas em julho, pouco mais de 72%, o que dá 229.368 empregos formais, foram gerados por micro e pequenas empresas. As informações são do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

Entre as médias e grandes empresas, o saldo de empregos gerados em julho foi de 73.694 vagas, o que representa 23,3% do total. No mesmo período, a administração pública realizou 712 contratações (0,22%).

No acumulado de 2021, os dados do novo Caged mostram que já foram criados no Brasil mais de 1,8 milhão de postos de trabalhos formais. As micro e pequenas empresas foram responsáveis por 1,3 milhão (70%) dessas vagas, enquanto as médias e grandes empresas geraram por pouco mais de 413 mil (22%). Para se ter uma ideia, em 2020, o saldo formal na geração de empregos foi negativo para os pequenos negócios, com o fechamento de 679 mil vagas.

SERVIÇOS SÃO DESTAQUE

O setor de serviços, que foi um dos mais atingidos pela pandemia de covid-19, tem mostrado sinais de recuperação e foi o segmento que mais realizou novas contratações em julho.

De acordo com levantamento feito pelo Sebrae, das mais de 229 mil novas vagas criadas pelas micro e pequenas empresas nesse período, 94,2 mil foram do setor de serviços, o que corresponde a 42% dos novos postos de trabalho criados pelos pequenos negócios.

Para o Sebrae, o resultado confirma uma tendência que já havia sido verificada na última Sondagem das Micro e Pequenas Empresas, realizada mensalmente pela entidade em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre os fatores que impulsionam o setor, estão o aumento da vacinação e a redução dos casos de covid-19.

Além do segmento de serviços, todos os outros setores da economia entre micro e pequenas empresas apresentaram resultados positivos na criação de emprego. O comércio foi responsável por 65,8 mil novos postos de trabalho, seguido pela indústria da transformação (36,5 mil), construção civil (26,2 mil) e agropecuária (4 mil). Da Agência Brasil.

Setores do Shopping têm horários alternativos de funcionamento no feriado
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Shopping Jequitibá terá horários especiais de funcionamento neste terça-feira (7), Feriado da Independência. Lojas e quiosques vão ficar abertos das 13 às 21 horas. Já a Praça de Alimentação funcionará das 12h às 21 h.

O hipermercado funcionará das 8h às 21h, a drogaria das 9h30min às 21h, a barbearia das 10h às 21, a lotérica das 12h às 18h, e a clínica de vacinação, das 14h às 20h.

SEMANA BRASIL

Até é o dia 13 de setembro, 47 lojas do Jequitibá participam da Semana Brasil 2021, iniciativa do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo. O objetivo da campanha é alavancar as vendas e renovar estoques para o Black Friday e Natal.

A promoção promete descontos especiais aos consumidores. A relação de lojas participantes pode ser conferida no site www.shoppingjequitiba.com.br

Rapha Falcão está no time de especialistas da Semana Sebrae no sul da Bahia || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A 6ª Semana Sebrae de Capacitação Empresarial, de 4 a 8 de outubro, no sul da Bahia, terá conteúdos exclusivos voltadas ao crescimento em vendas dos pequenos negócios utilizando as mídias digitais. Neste ano, segundo a entidade, o evento terá como tema “Nunca foi sorte, sempre foi determinação” e terá eventos nas cidades de Itabuna, Ilhéus, Ubaitaba, Camacan, Canavieiras e Una.

A Semana Sebrae, gratuita e exclusiva para micro e pequenas empresas da região, promete mostrar as melhores estratégias de marketing digital, com estudos de caso, e como utilizar as campanhas de anúncio para quem busca inovação nos negócios.

Durante a Semana, haverá o circuito de workshop Retomada Digital – Turbine suas Vendas na Internet, com a presença do expert no assunto, Rapha Falcão, que trabalha com marketing desde 2008, atuando em diversas estratégias na área. Ele é o criador do perfil Dicas Digitais (@dicasdigitais), um dos maiores perfis de Marketing do Brasil.

AGRONEGÓCIO E TURISMO

Outros temas abordados serão Agronegócio X Turismo: Um campo de oportunidades, com apresentação do diagnóstico sobre a demanda do trade turístico regional por produtos da Agricultura Familiar; Produção associada ao turismo; uma grande oportunidade para o futuro da cidade, com palestras de Luciana Balbino, Aldir Parisi e Miriam Rocha.

No dia 4 de outubro, haverá workshop acontece em Ubaitaba, às 9h, e em Itabuna, às 19h. Já no dia 5, quem recebe o workshop são as cidades de Camacan, às 9h, e Ilhéus, às 19h. Nos dias 6 e 7, os empresários de Canavieiras e Una podem participar do treinamento a partir das 9h.

Fechando a Semana Sebrae, no dia 8 de outubro ocorre a Sexta da Oportunidade em Ilhéus e Itabuna, a partir das 13h. Os micros e pequenos empresários já podem garantir vaga por meio de inscrição online.

carteira de trabalho
Tempo de leitura: < 1 minuto

Cerca de 100 mil empregadores que aderiram à suspensão do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), entre maio e agosto, terão de quitar a primeira parcela dos pagamentos adiados até hoje (6). Os recolhimentos suspensos serão parcelados até dezembro de 2021.

Implementada pela Medida Provisória 1.046/21, a suspensão por quatro meses do pagamento das contribuições ao FGTS foi tomada para ajudar empresas afetadas pela segunda onda da pandemia de covid-19. Segundo a Caixa Econômica Federal, a medida contribuiu para a preservação de 7 milhões de empregos.

A consulta aos valores devidos e a emissão das guias de pagamento podem ser feitas na plataforma www.conectividadesocial.caixa.gov.br. De acordo com o banco, R$ 5,9 bilhões deixaram de ser recolhidos ao FGTS nos últimos quatro meses.

O empregador que não estiver em dia com o FGTS não poderá emitir o Certificado de Regularidade do FGTS – CRF. Nos casos em que o recolhimento ocorrer após a data de vencimento, haverá a incidência de encargos. A Caixa recomenda aos empregadores que acessem o endereço eletrônico do banco, de forma antecipada, para obterem todas as informações necessárias.

Assessor do Ministério do Desenvolvimento Regional anuncia retomada da Rota do Cacau
Tempo de leitura: 2 minutos

A retomada da Rota do Cacau e do Chocolate foi confirmada, nesta sexta-feira (3), pelo
assessor do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Aldo Dantas. o anúncio ocorreu durante encontro promovido pela Amurc e CDS – Litoral Sul, no centro de convenções de um hotel em Itabuna.

O evento contou com a participação do prefeito de Jussari e presidente do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica, Antônio Valete, os prefeitos Paulo Cesar, o Paulo do Gás (Camacan) e Bárbara Prado (Pau Brasil), além de Thiago Guedes (assessor da Secretaria de Agricultura da Bahia), Claudiana Figueiredo (gerente regional do Sebrae) e  Waldo Luiz Coutinho Britto (superintendente regional da Ceplac Bahia/ Espírito Santo).

Marcone Amaral propõe mobilização para visitar a ministro em Brasília

O presidente da Amurc, Marcone Amaral, propôs aos prefeitos uma mobilização da Amurc, juntamente com os consórcios públicos da região, para uma visita ao ministro Rogério Marinho. “Iremos levar os nossos anseios e mostrar as pautas do segmento econômico ao ministro, para que sejam analisadas e atendidas”, declarou Amaral.

O assessor do ministro, Aldo Dantas, destacou que está levando ao ministério as demandas da região. Ele informou que já foi dado o start para a retomada da Rota do Cacau e do Chocolate a partir de uma comissão formada por representantes de entidades regionais.

“Até o final de setembro, o grupo deverá elaborar um documento oficial de retomada da rota”, relatou Aldo.

Leia Mais

Sebrae oferece consultoria gratuita para micro e pequenos negócios no sul da Bahia | Imagem iStock
Tempo de leitura: < 1 minuto

Até dezembro deste ano, micro e pequenas empresas das cidades de Camacan, Canavieiras, Ilhéus, Itabuna, Itacaré e Ubaitaba poderão receber consultorias presenciais gratuitas através do programa Sebrae Presente na Sua Empresa. O programa oferece consultorias de uma hora para cada empresa, sobre o tema escolhido pelo empreendedor. São 25 opções em cinco eixos temáticos: finanças, gestão, tecnologia, marketing e atendimento.

Ao solicitar uma consultoria, o empresário receberá gratuitamente a visita presencial, de um profissional especializado, na empresa. O profissional analisará as principais dificuldades, preocupações e desafios acerca da área solicitada como prioridade e recomendará ações práticas para serem implantadas no dia a dia do negócio.

Se desejar aprofundar a temática e ampliar as ações, o empresário receberá o aporte em uma das unidades do Sebrae com a possibilidade de um atendimento estendido, envolvendo outras orientações dentro da área escolhida ou outra apontada como necessária.

Para participar do programa Sebrae Presente na sua Empresa, basta preencher o formulário de inscrição com todas as informações corretas e completas da empresa para que o Sebrae possa agendar a ida do consultor até o estabelecimento pelo link https://www.sebraeatende.com.br/naempresa.

Secretária Soane Galvão recebe representante da Dengo Chocolates
Tempo de leitura: < 1 minuto

A direção da Dengo Chocolates manifestou interesse em instalar unidade de processamento de cacau em Ilhéus, nesta sexta-feira (3), em audiência com a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Soane Galvão, e o superintendente de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Deraldo Alves. A reunião ocorreu na sede da Prefeitura, na Conquista. O correspondente Ricardo Gomes representou a empresa no encontro.

Segundo Ricardo, a Dengo Chocolates prioriza sua expansão produtiva nas capitais. No entanto, o fato de o sul da Bahia ser um polo produtor de cacau foi levado em conta na escolha de Ilhéus para a instalação da nova unidade.

A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Soane Galvão, destacou o interesse do município em atrair novos investimentos. “Dialogando com o governo do Estado da Bahia, buscamos viabilizar áreas para atrair negócios para a cidade”, explicou. As tratativas da empresa do Grupo Natura com a Prefeitura e o Estado serão retomadas em breve.