Máquinas começam a abrir nova ligação Ilhéus-Itabuna || Foto Fernando Vivas/GovBA
Tempo de leitura: 2 minutos

O governador Rui Costa e o prefeito Augusto Castro visitaram o canteiro de obras dos 18 quilômetros da nova ligação Ilhéus-Itabuna, a BA-649, na margem direita do Rio Cachoeira. A montagem do canteiro, no Bairro São Judas, em Itabuna, começou há cerca de 10 dias e as obras de abertura de estrada foi iniciada ontem (6), ainda acompanhada pelo senador Jaques Wagner (PT-BA) e o secretário de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti, além de deputados.

A nova rodovia e a BR-415, que passa por obras de alargamento nos trechos mais sinuosos, serão interligadas por quatro pontes e um viaduto nos 18 quilômetros de extensão. O custo com a estrada e a construção das pontes, segundo o governador Rui Costa, alcança R$ 200 milhões, dos quais R$ 142,6 milhões para a abertura e pavimentação da estrada. A previsão de entrega da obra pelo Consórcio Paviservice é de 26 meses.

Secretário Marcus Cavalcanti, à esquerda, mostra cronograma e mapa da obra || Foto Roberto Santos

– Nós estamos fazendo esta duplicação com recursos próprios do Estado da Bahia. Além de requalificar o acesso a Ilhéus, abrirá um novo vetor de desenvolvimento para Itabuna e região. Isto significa mais emprego e renda para a população e é isso que nós queremos, trabalhar e entregar serviços e obras – afirmou o governador Rui Costa.

Previsão é de que obras sejam concluídas em 26 meses e custem cerca de R$ 200 milhões

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), ressaltou que a obra é um sonho de décadas. “O governador chega para a ordem de serviço, com as máquinas já no local. Isso é muito bom”, frisou, lembrando que a Prefeitura de Itabuna em parceria com o Governo do Estado tem um projeto que prevê a duplicação do eixo urbano da Ilhéus-Itabuna do trecho que posto de combustíveis no final da Avenida Juracy Magalhães até o Cidadelle, imediações do Mineirão e do Atacadão.

Cosme Resolve envolve-se em confusão
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o vereador Cosme Resolve supostamente embriagado, na rua Saturnino José Soares, no bairro de Fátima, em Itabuna, no sul da Bahia, no início da noite desta segunda-feira (6). De acordo com relatos ao PIMENTA,  um veículo onde estava o parlamentar atingiu três carros e uma motocicleta.

Os relatos são de que, depois do incidente, o vareador Cosme Resolve tentou deixar o local sem comprometer-se com o pagamento do prejuízo. Os donos dos veículos teriam impedido que o parlamentar saísse antes da chegada da Polícia Militar, que teria o conduzido para fazer o bafômetro.

Moradores afirmam que Cosme Resolve estava, desde fim de semana, comemorando a vitória dos candidatos apoiados por ele nas eleições para a presidência da Associação de Moradores do Bairro de Fátima. O  PIMENTA não conseguiu ouvir a versão do vereador.  A versão dele será publicada assim que enviada.

Wenceslau Júnior, Joaquim Bastos e Davi Pedreira relembram história da estadualização da Uesc || Fotos PIMENTA
Tempo de leitura: 3 minutos

Thiago Dias

O consenso deu o tom da sessão especial que marcou os 30 anos da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), realizada na quinta-feira (2) pela Câmara de Ilhéus, a pedido do vereador Cláudio Magalhães (PCdoB). Uma das poucas divergências foi sobre o papel do ex-ministro e ex-governador Antônio Carlos Magalhães (1927-2007) na estadualização da Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna (Fespi).

Reitor da Uesc de 2004 a 2011, o professor Antônio Joaquim Bastos teve papel ativo em defesa da estadualização. Em 1979, assumiu a coordenação do Escritório de Projetos de Pesquisa e Extensão da Fespi. Antes de deixar o cargo, num contexto de dificuldades financeiras da instituição, enviou ao governador ACM o primeiro requerimento indicando a possibilidade de transferência da entidade para a Administração Pública. “Anotei aqui: em 30 de agosto de 82, eu fiz encaminhamento daquele ofício ao governador Antônio Carlos Magalhães”, informou Joaquim. A informação foi corroborada pela ex-reitora Renée Albagli, que também participou da solenidade.

Muitos dos presentes no ato de quinta-feira são ou foram filiados ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Boa parte foi bolsista da Fespi. Conforme Joaquim, antes do corte definitivo das bolsas mantidas pela Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, setores da Ceplac já eram contra o patrocínio dos bolsistas, a quem chamou de “Pupilos de Haroldo Lima”, referência ao ex-deputado federal do PCdoB. Para o ex-reitor, os estudantes ligados ao partido tiveram papel fundamental na estadualização.

Os ex-governadores e ex-ministros Waldir Pires e Antônio Carlos Magalhães

A constatação de Joaquim sobre os comunistas arrancou aplausos da audiência, mas a declaração seguinte não seria acolhida com o mesmo entusiasmo. Ele atribuiu a ACM posicionamento receptivo à estatização da Fespi. “O que aconteceu em 87? Aconteceu um movimento pesado, um movimento grevista. Nós ficamos seis meses sem aula e sem salário. E Antônio Carlos Magalhães se mostrou altamente receptivo para pensar em estadualizar, porque o primeiro pedido foi a federalização”, declarou.

– Waldir Pires, Waldir Pires – gritou um homem sentado a poucos metros do púlpito da Câmara de Ilhéus, interrompendo o orador, como se tentasse lembrar que Waldir Pires (1926-2018) governava a Bahia em 1987. Em resposta, o ex-reitor disse que se referia mesmo a ACM, então ministro das Comunicações do governo Sarney, já que a federalização surgira como alternativa para a Fespi antes da ideia de passá-la à responsabilidade do governo estadual.

“Pupilos de Haroldo Lima”, o professor de Direito da Uesc e ex-vice-prefeito de Itabuna Wenceslau Júnior (PCdoB) e o advogado Davi Pedreira abriram divergência sobre a postura de ACM naquele processo político.

O ex-deputado federal Haroldo Lima (1939-2021)

“Antônio Carlos Magalhães, após ser eleito governador, em janeiro de 1991, declarou, em entrevista nas páginas amarelas da Veja, que não iria criar mais uma universidade, pois ‘a responsabilidade do estado da Bahia era com o ensino de primeiro e segundo graus’ – palavras dele – e que o terceiro grau era responsabilidade da União. Porém, o movimento ganhou grande proporção e amplitude, o que o pressionou a institucionalizar o que já era uma realidade, o financiamento estadual da Fespi”, disse Wenceslau.

Já Davi Pedreira lembrou que mesmo a transferência da manutenção da Fespi para o estado, na gestão de Waldir Pires, dependeu de grande pressão popular, com viagens frequentes de comitivas do sul da Bahia a Salvador. Segundo o advogado, ex-presidente do Diretório Central dos Estudantes da Uesc (DEC), a proposta de estatização era contra a hegemonia das ideias neoliberais da época. “A gente vai de encontro ao processo histórico do capitalismo, Waldir Pires assume a conta, ACM ganha a eleição, ACM não quer assumir e a luta continua”.

Apesar de o estado ter assumido o custeio e a folha salarial da Fespi em 1988, no governo de Waldir, a estadualização da Uesc foi formalizada em 6 de dezembro de 1991, data da Lei Estadual 6.344/91, sancionada pelo então governador Antônio Carlos Magalhães.

Esta é a segunda da série de três reportagens do PIMENTA sobre os 30 anos da Uesc. Clique aqui para ler a primeira.

Deputado Rosemberg Pinto, Marcone Amaral e outros prefeitos de municípios do sul da Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

O presidente da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral (PSD), comemorou a inauguração do Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, ao lado do governador Rui Costa (PT), na manhã desta segunda-feira (6), em Ilhéus. Segundo Marcone, o hospital é um equipamento de referência para todo o sul do estado.

Para Marcone, o novo hospital é fruto do empenho do governador e do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, Marão (PSD).

Segundo a secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, o hospital começa a funcionar já nesta segunda-feira (6). “A unidade tem porta aberta de maternidade, leitos de UTI neonatal e semi-intensivo, leitos de canguru e centro de parto normal. Para além disso, a unidade pediátrica consta de 23 leitos e mais 10 leitos de UTI pediátrica, que serão 100% regulados”, acrescentou.

“DIVISOR DE ÁGUAS”

A Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS) assumiu a direção do Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio. Segundo o diretor-geral da entidade, Ricardo Mendonça, a fundação cumpre um dos seus maiores desafios ao longo dos seus 12 anos de história.

Para dirigir o hospital, a fundação designou a psicóloga Aline Costa. Mestre em Saúde Coletiva com ênfase na saúde da mulher e da criança, ela trabalha há 15 anos no Sistema Único de Saúde, tendo participado da Política Nacional de Humanização e da construção da Rede Cegonha no Ministério da Saúde. Na Bahia, atuou como coordenadora estadual da atenção hospitalar na Secretaria da Saúde da Bahia e dirigiu a Maternidade Albert Sabin, em Salvador.

A direção médica ficará a cargo do obstetra Antônio Monteiro. O médico considera o Hospital Materno-Infantil de Ilhéus uma unidade-referência, com equipamentos de alta complexidade. “Será um divisor de águas no cuidado materno-infantil para a região de Ilhéus e para toda a Bahia”, assegura.

Rui também cumprirá agenda em Itabuna nesta segunda-feira (6)
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa inaugurou o Hospital Materno-infantil Joaquim Sampaio, em Ilhéus, nesta segunda-feira (6), e afirmou que a unidade começará a funcionar ainda hoje, após serviço de desinfecção.

O hospital conta com UTI neonatal e pediátrica, além de ser referência para toda a região sul em cirurgia pediátrica e parto de alto risco. São 105 leitos de internação, dos quais 10 de UTI Neonatal e 25 de semi-intensivo.

“Com muito orgulho, hoje entregamos mais uma unidade de saúde. Já havíamos entregue, alguns anos atrás, o Hospital Regional Costa do Cacau e hoje esta unidade se soma ao Costa do Cacau para complementar o atendimento. Aqui, estamos construindo também a UPA, estamos licitando uma nova UBS e já foi publicada a licitação de uma nova policlínica regional. Temos uma policlínica em funcionamento em Itabuna, mas como a região é muito adensada, com quase 800 mil habitantes, nós estamos licitando a policlínica em Ilhéus, que fica pronta no ano que vem. Estamos realizando, portanto, o maior investimento da história da Bahia em saúde pública e também o maior da história na região sul”, destacou Rui.

Ainda no sul da Bahia, na tarde desta segunda, Rui seguirá para Itabuna, onde dará início à construção da BA-649, à margem direita do curso do Rio Cachoeira. A nova pista terá 18 quilômetros de extensão e quatro pontes de conexão com a BR-415. O ato será na Rua Inglaterra, perto da casa de eventos “Formigueiros”, no Bairro São Judas. Atualizado.

Adolfo diz que é Arthur Lira quem manda na presidência da República || Foto Reprodução
Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o deputado Adolfo Menezes, fez elogios ao governador Rui Costa e ao ex-presidente Lula e criticou Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira (6), durante a inauguração do Hospital Materno-Infantil Joaquim Sampaio, em Ilhéus.

– Não preciso falar [de Bolsonaro], até porque ele não manda em nada. Quem está mandando é o presidente da Câmara [dos Deputados, Arthur Lira (PP)]. Há muito tempo – disse Adolfo.

Adolfo disse que o governo federal “não paga nem o que deve” e reforçou que as grandes obras na Bahia estão sendo tocadas pelo governador Rui Costa com recursos estaduais. Por fim, afirmou, ainda em discurso e numa referência ao ex-presidente Lula, que “o Brasil voltará a sorrir” em 2022.

Obras de duplicação vão aliviar trânsito na rodovia atual, a BR-415 || Foto Pimenta
Tempo de leitura: 2 minutos

Após adiar a visita do último dia 29 por causa das chuvas, Rui Costa retorna ao sul da Bahia nesta segunda-feira (6). Em Ilhéus, o governador vai inaugurar o Hospital Materno-Infantil Joaquim Sampaio, às 9h, acompanhando da secretária estadual da Saúde, Tereza Paim.

A unidade funcionará no antigo Hospital Regional Luiz Viana Filho, que recebeu investimentos de R$ 40 milhões em obras e equipamentos para prestar atendimentos de médio e alto risco na área pediátrica e gineco-obstétrica, com procedimentos como cirurgias pediátricas e parto de alto risco.

Hospital Materno-Infantil funcionará 24h e com atendimento de alto risco

O novo hospital, que tinha inauguração prevista para maio passado, dispõe de 105 leitos de internação, dos quais 10 de UTI Neonatal e 25 de semi-intensivo, integrados à Rede Cegonha e atenção às urgências e emergências da região de Ilhéus.

INÍCIO DAS OBRAS DA ILHÉUS-ITABUNA

O segundo compromisso de Rui Costa, nesta segunda, será dar início às obras de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna. Será, na verdade, construção de rodovia estadual na margem direita do curso do Rio Cachoeira no trecho Ilhéus-Itabuna, num total de 18 quilômetros de extensão, interligados por quatro pontes.

A duplicação está orçada em R$ 142,6 milhões e será tocada pelo consórcio Paviservice, devendo gerar cerca de 300 empregos quando atingir o pico da obra. A duplicação terá apenas recursos estaduais, segundo o governador Rui Costa. O consórcio vencedor da licitação começou a instalar o canteiro de obra há cerca de 10 dias. Confira vídeo com perspectiva do trecho onde nova rodovia, estadual, será construída.

Seminário reuniu gestores municipais do sul da Bahia || Foto Rodrigo Macedo
Tempo de leitura: 2 minutos

A apresentação de demandas dos municípios do sul da Bahia encerrou, nesta sexta-feira (3), a edição de 2021 do Seminário Gestão e Inovação – Melhorias da Gestão Pública Municipal, promovido pela Amurc, Uesc e Sebrae. A ideia, segundo o presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral, é que as pautas anunciadas pelos prefeitos associados possam ser encaminhadas às instâncias específicas de governo.

O evento reuniu prefeitos, secretários municipais, representantes de instituições regionais e estaduais e especialistas na área de Gestão Pública, que levaram temas atualizados. Dentre os assuntos pontuados e eleitos pelos gestores para a carta de encaminhamento do evento, estão Turismo, Resíduos Sólidos, Lutas Municipalista, Coelba, Região Metropolitana, Tabela do SUS, Receitas Municipais, Aposentadoria, TCM e Cacau.

O presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral, avaliou o evento como um momento extremamente importante de interação entre os gestores para debater as gestões municipais. “Trocamos ideias e pudemos acompanhar as palestras de profissionais que nos trouxeram mais conhecimento para uma melhor atuação na gestão pública”.

Marcone Amaral: troca de ideias e ferramentas para gestão pública

A gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, destacou que o Seminário trouxe novas perspectivas para o futuro desafiante nos próximos anos, com temas relevantes e a participação ampla dos prefeitos que compreendem a necessidade de fazer uma gestão com eficiência e inovar seus modelos de gestão.

“Uma das questões mais urgentes para gestão pública é trabalhar a questão da transformação digital. Colocar a gestão de uma forma cada vez mais digital e entender que os gestores públicos precisam estar preparados para lidar com esse novo momento, mudando os fluxos de processo para que diante da escassez de recursos federais possa ampliar a qualidade de gastos e reverberar em mais investimentos para a sociedade”, disse.

TECNOLOGIA E GESTÃO EFICAZ

Na área de Inovações na Gestão Pública Municipal, o secretário de Governança, Gestão e Transparência de Coronel Fabriciano (MG), José Márcio Gomes Pereira, apresentou alguns projetos desenvolvidos na gestão, a partir da implementação da tecnologia. “Tecnologia é uma ferramenta que vai corroborar na atuação eficaz diária do Gestor Público, com custo menor. Sem tecnologia a gente não consegue alcançar os resultados aos quais as gestões se propõem a está realizando para trazer bem estar ao cidadão”.

O secretário de Planejamento do município de Itacaré, Marcos Vinícius Souza, “Japu”, parabenizou a iniciativa do evento e os insights para o desenvolvimento da inovação na Gestão Pública. “Nesse momento de pandemia, nós precisamos de novas ferramentas e de novos olhares de como fazer uma gestão. O seminário trouxe algumas leituras extremamente importantes de como a gente pode funcionar ainda melhor”, disse.

Diretora do Depin, Rogéria Araújo, é homenageada pela Câmara de Santo Antônio de Jesus || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Campos de Brito, e a diretora do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Rogéria da Silva Araújo, foram homenageadas com a Medalha de Honra ao Mérito Maria Quitéria pela Câmara Municipal de Santo Antônio de Jesus durante uma sessão especial, nesta sexta-feira (3).

A honraria homenageia mulheres que desempenharam relevante papel na luta pelo progresso e desenvolvimento da Cidade de Santo Antônio de Jesus. A delegada-geral Heloísa Campos de Brito, por motivos de agenda, não compareceu, mas deixou uma mensagem para a Câmara de Vereadores e a população da cidade.

“É motivo de muita alegria receber uma homenagem como esta, concedida pela Câmara Municipal de Santo Antônio de Jesus. Uma cidade de gente muito batalhadora e acolhedora. Seguimos junto com a sociedade, cuidando e protegendo a todos, principalmente aqueles que mais precisam”, comentou.

A delegada Rogéria de Araújo detalhou a satisfação com a homenagem. “Não posso esquecer minha história com esta cidade, a qual tive a alegria de trabalhar por muitos anos, mas também não posso esquecer a referência de competência que é a nossa delegada-geral Heloísa Campos de Brito”, disse ela. “Hoje agradeço a todos os policiais civis desta região pelo empenho de sempre e esta medalha a todas as Marias Quitérias, aguerridas e corajosas, que vencem as dificuldades e seguem ocupando espaços antes restritos aos homens”, completou.

NOVA SEDE DO NEAM

O município foi contemplado com uma nova sede do Núcleo Especial de Atendimento à Mulher (Neam). O projeto Deam Itinerante também contemplou cidades da região da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio), com a Delegacia Móvel da Polícia Civil, atendendo mulheres em Laje, Mutuípe, Ubaíra e Jiquiriçá.

Rosemberg ironiza ACM Neto por adaptação de jingle de 30 anos atrás: "retrocesso"
Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) ironizou a reutilização de jingle produzido para a campanha de Antônio Carlos Magalhães, há 32 anos, durante lançamento da pré-candidatura do ex-prefeito de Salvador, nesta quinta-feira (2), na capital baiana. “Reedição de jingle de ACM casa bem com Neto: o retrocesso”, completou Rosemberg, que é líder do Governo Rui Costa na Assembleia Legislativa.

“Quem deve estar se sentido só é o povo de Salvador. A Bahia nunca teve tão bem acompanhada desde o 1º dia do governo Wagner e com Rui, aprovado por mais de 80% dos baianos e baianas, assim como Wagner, quando passou o bastão para Rui”, afirmou o líder governista, ao relembrar que a vitória de Jaques Wagner (PT), em 2006, pôs fim a quase 30 anos de um regime que transformou a Bahia em um estado do medo.

“Talvez o momento atual que o país vive, com as ameaças de Bolsonaro às instituições democráticas, sonhando com um novo golpe de Estado, tenha inspirado [ACM Neto], até porque, como é de conhecimento dos baianos, a relação entre avô e neto na política não era de muito amor assim”, relembrou o petista.

Para Rosemberg, nesse contexto, a canção até cairia bem em uma disputa nacional, caso ACM Neto tivesse “força e coragem” para peitar Jair Bolsonaro.

“Poderá até reeditar a subida no palanque do presidente da República, assim como em 2018. Infelizmente, as consequências dessa parceria são as que todos já previam: um governo desastroso que, há tempo, já abandonou o povo brasileiro. Esse, sim, se sente só”, lamentou.

ACM Neto não poupou críticas a Wagner no lançamento da sua pré-candidatura a governador
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, não poupou críticas às gestões do PT durante o lançamento da sua pré-candidatura ao Governo da Bahia, nesta quinta-feira (2), no centro de convenções da capital baiana. Os alvos preferenciais foram os problemas do estado nas áreas de educação e segurança pública.

Provável adversário do democrata na corrida ao Palácio de Ondina, o senador Jaques Wagner (PT) foi citado diretamente no discurso de ACM Neto.

– Somos campeões da violência e lanterninhas na Educação. Vejam que absurda inversão de valores. Não é mera coincidência que a Bahia seja campeã nacional dos homicídios e esteja na rabeira do ranking da Educação. Estas duas realidades estão obviamente conectadas. Também não é coincidência que as greves de policiais e de professores tenham ficado gravadas em nossa memória como marcas dos governos de Jaques Wagner – declarou o pré-candidato.

Além de representantes dos municípios baianos, o lançamento da pré-candidatura de ACM Neto reuniu lideranças estaduais e nacionais.

Félix Júnior propõe que eleitor só vá à urna se estiver vacinado || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Tramita na Câmara Federal um projeto de lei que exige do eleitor o comprovante de vacinação contra a Covid-19 para o acesso à seção de votação no pleito de 2022. A proposta é do deputado baiano Félix Mendonça Júnior (PDT). A medida do deputado altera a lei 9.504, de setembro de 1997, que trata das regras eleitorais, e valerá enquanto perdurar a declaração de epidemia ou pandemia.

De acordo com o texto, para os eleitores terem acesso à seção eleitoral vão ter que comprovar que “foram imunizados contra patologias declaradas e classificadas na condição epidêmica ou pandêmica”.

“Esse não é um projeto de lei ideológico. Não tem ideologia nisso. O que queremos é cuidar da vida das pessoas. Quem não quiser se vacinar, que justifique o voto. Precisamos lembrar que o direito de um termina quando começa o do outro. Assim é na democracia”, afirmou Félix.

O deputado lembrou que as eleições municipais de 2020 foram um foco de disseminação da Covid-19. “Eu, inclusive, fui um dos poucos parlamentares a defender o adiamento das eleições por uma questão de segurança sanitária. Esperamos que em 2022 o vírus já esteja controlado, mas, caso ainda tenhamos riscos de disseminação, com o surgimento de novas variantes, temos que exigir o comprovante da vacinação”, declarou.

Félix afirmou que a Justiça Eleitoral não terá complicações em adotar a medida. “Será apenas mais um documento exigido para o eleitor acessar a seção de votação. O comprovante da vacinação pode ser físico ou digital, por exemplo”, explicou.

O deputado lembrou que o mesmo expediente já é utilizado para acessar locais privados, a exemplo dos estádios de futebol, e públicos, como as unidades do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SACs) espalhadas pela Bahia.

Carta de recomendações foi produzida após consulta popular e audiências públicas
Tempo de leitura: < 1 minuto

Cidadãos de Ilhéus entregaram nesta quarta-feira (1º), durante sessão da Câmara de Vereadores, a Carta de Recomendações aos membros da Comissão Especial de Urbanização da Avenida Soares Lopes, com propostas de melhorias para a orla das Avenidas Soares Lopes e Dois de Julho.

O primeiro passo deste processo foi a abertura de uma consulta pública via formulário virtual e presencial, que recebeu propostas de 1.502 moradores do município. Também ocorreram audiências públicas na Câmara sobre vários temas relacionados à orla: arquitetura e urbanismo, meio ambiente, esporte e lazer, cultura, habitação, turismo, comércio, mobilidade e segurança, educação e institucional.

A iniciativa inovadora de deliberação cidadã foi capitaneada pela Comissão Especial da Avenida Soares Lopes, sendo o primeiro órgão do Poder Legislativo a aplicar esta metodologia no país. Para isso, a Comissão teve o apoio do Coletivo Delibera Brasil e dos Institutos Arapyaú e Nossa Ilhéus, instituições suprapartidárias e sem fins lucrativos.

Votação ocorreu nesta quarta-feira (1º)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta quarta-feira (1º), a Câmara de Vereadores de Itabuna aprovou a entrada do município no Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território Litoral Sul. O objetivo da medida é abrir caminho para a obtenção de recursos para investimento em diversas áreas, a exemplo da educação.

Relatora da matéria, a vereadora Wilmaci de Oliveira (PCdoB) ressaltou o empenho da Câmara para realizar audiências, ouvir técnicos da Prefeitura e do próprio Consórcio. Desse modo, segundo a parlamentar, foram esclarecidas dúvidas e apresentadas emendas à proposta.

O relatório final da Comissão de Legislação, aprovado no plenário, acatou dez emendas do vereador Ronaldão (PL). Conforme a assessoria do Legislativo, as modificações garantiram autonomia ao município na relação com o Consórcio, inclusive na definição da política tributária. O texto segue para a sanção do prefeito Augusto Castro (PSD).

Prefeito discursa na inauguração do projeto Luzes e Sonhos, na Praça Olynto Leone
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito Augusto Castro (PSD) participou da abertura do projeto Luzes e Sonhos na Praça Olynto Leone, na noite desta terça-feira (30), e fez rápido balanço do próprio governo. “Ao longo do ano organizamos a Prefeitura. Vamos começar com algumas obras, reforma de unidades de saúde, trabalhamos na área da promoção e assistência social, esportes e lazer e educação. Conseguimos fazer muito em 11 meses, para poder iniciar as grandes obras estruturantes que a cidade necessita”, disse o mandatário.

Para ele, o clima natalino e o projeto de decoração da cidade criam um ambiente de esperança após a fase mais difícil da pandemia de covid-19. “Itabuna abre as mãos e está de braços abertos para receber visitantes e amigos de toda a Bahia para fortalecer nosso comércio, gerar emprego e criar renda neste período natalino em que as famílias conseguem se reunir”, acrescentou.

Prefeito inaugura decoração natalina ao lado da família

O trabalho de decoração das principais vias da cidade está reta final. Faltam detalhes na ornamentação das avenidas Cinquentenário e Aziz Maron, onde o presépio foi montado, explicou o prefeito.

INAUGURAÇÃO

Na próxima segunda-feira (6), a Prefeitura vai inaugurar a rotatória do Banco Raso, onde fica a Praça Tancredo Neves, que receberá uma árvore de Natal de 12 metros de altura.

Decoração natalina impulsiona entrada de Itabuna no circuito de eventos de fim de ano, diz prefeito

Segundo Augusto Castro, por ser um polo regional de comércio e serviços, o investimento na decoração natalina impulsiona a entrada de Itabuna no circuito de eventos de fim de ano. “Quero agradecer a todos que se empenharam para que a gente vivesse este momento: aos decoradores, atores, operários e à Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania”.

CONFIRA IMAGENS (Clique para ampliar)