Deputado volta a defender candidatura própria do PT ao governo estadual
Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado federal Jorge Solla afirmou que, na reunião extraordinária desta segunda-feira (28), parlamentares e dirigentes do Partido dos Trabalhadores reforçaram a decisão de construir candidatura própria ao Governo da Bahia, mesmo após a desistência do senador Jaques Wagner (veja aqui).

A saída de Wagner da disputa aumenta as chances de uma eventual candidatura do governador Rui Costa (PT) ao Senado, mas essa possibilidade não é citada por Solla, que defende a reeleição do senador Otto Alencar (PSD).

“Vamos manter a unidade na base com apoio a Otto para sua reeleição ao Senado, e garantir uma candidatura competitiva que carregará o legado de quatro gestões que mudaram a cara da Bahia para melhor, qualificaram os serviços públicos, como o SUS, e incluíram milhares de jovens pela educação. Com o apoio de Wagner, de Rui e de Lula, teremos uma chapa para vencer as eleições e fazer ainda mais e melhor pela Bahia!”, escreveu o deputado, nesta segunda, ao compartilhar notícia nas redes sociais.

Na semana passada, quando a desistência de Wagner ainda estava no campo das especulações, Solla defendeu a candidatura do ex-governador – de quem foi secretário de Saúde – e disse que “o PT não tem dono” (relembre aqui).

Uma resposta

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.