Após rompimento com PT na Bahia, Leão declara apoio a Lula
Tempo de leitura: < 1 minuto

O vice-governador João Leão (PP) afirmou que apoiará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições deste ano, caso o petista confirme candidatura à presidência da República. Feita na manhã desta terça-feira (15), a declaração do progressista é uma resposta ao presidente do PT na Bahia, Éden Valadares. Hoje, o dirigente partidário disse que Leão abandonou a aliança com o PT para marchar com o presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Acho que o presidente do PT na Bahia tem bola de cristal. Minha intenção é apoiar Lula. Só se ele não quiser o meu apoio. Vou até marcar uma viagem para conversar pessoalmente com Lula, olho no olho, para dizer que ele tem meu apoio”, declarou Leão.

Cotado para ser o candidato a senador na chapa liderada por ACM Neto (UB), pré-candidato ao Governo da Bahia, Leão disse ao possível aliado que, se fecharem aliança, apoiará o petista. Ontem (14), matéria da Folha de S. Paulo informou que, apesar do rompimento com o PT baiano, o progressista pode aproximar Neto de Lula.

“Lula me conhece, conhece minha história, e ele quer voto. Meus votos são dele. E estou à disposição para ajudá-lo a ter uma votação estrondosa na Bahia. Meu amigo Éden Valadares está escorregando”, alfinetou João Leão.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.