Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Vinícius Alcântara deixou o Partido Verde (PV) para se filiar ao Cidadania. Nesta quarta-feira (30), ele participará da sessão da Câmara de Vereadores de Ilhéus  já filiado ao novo partido, informou o presidente do Cidadania-Ilhéus, Marcelo Bandeira, em contato com o PIMENTA.

Previsto para amanhã, o ato de filiação de Vinícius contará com a presença da vice-presidente estadual do Cidadania e secretária de Segurança e Ordem Pública de Itabuna, Mariana Alcântara, de Marcelo Bandeira e de outros membros da legenda.

Vinícius tem 36 anos, é policial rodoviário federal e voluntário do Grupo Amigos da Praia (GAP), organização não governamental. Nascido em Baenpendi (MG), foi eleito vereador de Ilhéus em 2020, com 1.129 votos, na primeira eleição que disputou, empunhando bandeiras do desenvolvimento sustentável. Conforme Marcelo, o vereador é pré-candidato a deputado federal.

Roberto Freitas, Bruno Duarte, Vinícius Alcântara, Marcelo Bandeira e Tandick Resende

Recentemente, o Cidadania também atraiu outro vereador de Ilhéus, o defensor público Tandick Resende (veja aqui).

Tempo de leitura: < 1 minuto

No mês passado, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registrou 72.749 admissões e 60.201 desligamentos de trabalhadores na Bahia. De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), o saldo positivo de 12.548 postos de trabalho é 0,69% maior que o de janeiro de 2022.

“Apesar da não realização do carnaval, tivemos um desempenho extraordinário no mercado de trabalho formal baiano, especialmente nos setores de serviços e construção civil. Este resultado prova o acerto das decisões de preservação da saúde coletiva associado a investimentos públicos e política de fomento”, destaca Armando Castro, diretor-geral da SEI, autarquia ligada à Secretaria de Planejamento da Bahia (Seplan).

O crescimento do mercado de trabalho baiano segue tendência dos mercados nacional e do Nordeste, que tiveram saldos de 328.507 (0,80% acima de janeiro) e de 28.085 (+0,42%) vagas, respectivamente.

No agregado dos dois primeiros meses de 2022, levando em conta a série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, a Bahia preencheu 23.934 novas vagas – aumento de 1,33% em relação ao total de vínculos celetistas do início do ano. O crescimento do emprego celetista também foi observado no Brasil e no Nordeste no acumulado de janeiro e fevereiro, com 478.862 e 31.819 novas vagas, respectivamente.

Tempo de leitura: < 1 minuto
O movimento Mulher Empreendedora chega a 11 municípios do centro-sul da Bahia em programação aberta nesta terça-feira (29), com a coordenação da vereadora Roberta Caires (Patriota), de Salvador.  O objetivo é escutar empreendedoras locais para mapear suas necessidades e o potencial do empreendedorismo feminino no estado e construir o Plano Estratégico de Desenvolvimento Feminino, Inovação e Negócios para a Bahia, segundo ela.
Após palestras em Ibicaraí e Camacan hoje (29), o evento chega a  Mascote às 10h, Santa Luzia às 16h, e Itapetinga às 19h nesta quarta (30). Na quinta-feira (31), Roberta Caires e equipe estarão, às 10h, em Itambé, 16h30min em Itororó e 19h30min em Buerarema. Haverá, ainda, oficinas em Una, às 10h, Ilhéus (17h), e Itabuna (19h).
Para a coordenadora, ao traçar um diagnóstico do empreendedorismo feminino, em exercício de escuta ativa, de maneira participativa, o Move Mulher contribui para que mulheres passem a empreender mais por vocação e menos por necessidade. “Identificamos que nossas mulheres não têm acesso a capacitação, tecnologia e crédito, questões fundamentais para alavancarem seus negócios”, avaliou Roberta Caires.
De acordo com o Sebrae, a Bahia representa 6% do total de empreendedoras do país, quase 500 mil empreendedoras, 57% delas são chefes de domicílio e 82% ganham até um salário mínimo.
– Vamos mudar essa realidade na Bahia com políticas públicas. Nosso desafio é formar redes entre elas, gerar negócios, troca de informações e oportunidades – disse ela.

Tempo de leitura: 2 minutos

Arthur Antônio Barreto Rodrigues entrou para o mundo da Medicina aos 17 anos, seguindo os passos do irmão mais velho. O sonho de se tornar médico nasceu na infância. Hoje, ele conquistou três vezes as primeiras colocações no Programa Médicos pelo Brasil, nas cidades de Santa Bárbara (1º lugar), Antônio Cardoso (1º lugar) e Santo Estevão (2º lugar), todas na Bahia.

Embora ainda tenha o sonho de ser ortopedista, o médico, atualmente com 23 anos, trilhou um dos caminhos que também o conquistou, a Medicina da Família e Comunidade. “Eu escolhi o Programa Médicos pelo Brasil porque eu gosto bastante da atenção primária. Eu acredito que a atenção primária é a base para resolver vários problemas que a gente tem na nossa saúde pública. E é uma coisa que vai me permitir ter um plano de carreira”, explica.

Alcançar os primeiros lugares em um concurso público concorrido não é fácil. Mas, quando se trata de uma base sólida, as coisas ficam menos difíceis. E foi com a calma de quem sabe sobre o que está tratando, que Arthur conquistou as primeiras colocações.

“Eu sinceramente, fui com o conhecimento que vinha estudando para minhas práticas diárias do internato, quando lançou o edital, tentei acompanhar alguns temas por vídeo aulas, porém, não era possível contemplar tudo, então foquei no que menos sabia e revisei para garantir os pontos fortes”, conta.

ATENÇÃO BÁSICA

Assim como o médico entende que a base de uma boa educação médica é que faz um bom profissional, ele também entende que a atenção básica de saúde é a base para resolver diversos problemas na saúde pública.

“Eu escolhi o Programa Médicos pelo Brasil porque eu gosto bastante da atenção primária. Eu acredito que a atenção primária é a base para resolver vários problemas que a gente tem na nossa saúde pública. Além disso, é uma coisa que vai me permitir ter um plano de carreira, sendo também bom para mim enquanto ser humano”.

Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após o desabamento de parte de prédio localizado no bairro Lomanto (veja aqui), a Prefeitura de Itabuna decidiu demolir a estrutura que restou do sobrado de três pavimentos. O imóvel estava interditado desde 2020.

Conforme a Prefeitura, a demolição já deveria ter sido realizada. No entanto, o processo licitatório para a contratação de empresa especializada não foi concluído por falta de inscritos. A licitação está em andamento.

Construção estava interditada desde 2020 || Fotos PMI

Segundo a Defesa Civil, a construção do sobrado nunca foi concluída e o imóvel foi abandonado. A parte que restou da estrutura do prédio apresenta risco de novo desmoronamento.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estão abertas até a próxima sexta-feira (1º) as inscrições no edital de seleção de turma do curso de pós-graduação em Planejamento de Cidades, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

De acordo com o edital, são 30 vagas, das quais 3 institucionais e 10 para discentes de turmas anteriores para finalização do curso. A especialização tem 360 horas e 21 créditos, com aulas às sextas e aos sábados. Clique aqui e confira o edital.

Mais informações podem ser obtidas pelo email pgpcidades@uesc.br ou via telefone (73) 3680-5215.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Leandro Junquilha Cunha, Léo da Capoeira (PSD), assume a Prefeitura de Itajuípe, no sul da Bahia, nesta terça-feira (29), em ato na Câmara de Vereadores. A solenidade foi marcada pela presidência da Casa para as 18h, na sala de sessões Wanderlito Barbosa.

Léo da Capoeira assume a gestão municipal na sequência de ato em que Marcone Amaral (PSD) formaliza a renúncia ao cargo de prefeito.

Marcone deixará o cargo para disputar vaga de deputado estadual em outubro. Ele também deixa a presidência da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc).

Tempo de leitura: < 1 minuto

Acusado de matar um casal de colombianos em maio de 2018 em Ilhéus, no sul da Bahia, Magno Rodrigues Silva foi condenado a 22 anos e 5 meses de prisão em regime fechado. O julgamento foi concluído no final da noite desta segunda-feira (28), no Fórum Epaminondas Berbert de Castro, em Ilhéus.

Conforme a acusação e a polícia, Magno matou os colombianos Andres Aluan Rey e Diana Paola Zuluaga para não pagar uma dívida de R$ 7 mil ao casal. O agora condenado matou a tiros e enterrou o casal em cova rasa. A ação teve a ajuda de um de seus funcionários, identificado como Cosme Santana. Confira mais clicando aqui.

Tempo de leitura: 2 minutos

Um grupo formado por 35 especialistas, consultores, técnicos e representantes da cadeia cacaueira do Brasil vai se reunir em Ilhéus, de 5 a 7 de abril, para uma missão técnica coordenada pelo CocoaAction Brasil. Iniciativa da Fundação Mundial do Cacau (WCF), a ação busca fomentar a sustentabilidade da cadeia, em parceria com o Projeto Renova Cacau. Na agenda, estão previstas palestras, reuniões e visitas a fazendas de cacau para acompanhar os resultados da renovação de lavouras.

Iniciado em 2014, o Projeto Renova Cacau é realizado pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) em conjunto com a empresa Mondelēz International, o Centro de Inovação do Cacau (CIC) e produtores. A iniciativa instalou, no sul da Bahia, 32 áreas experimentais em lavouras com cacaueiros antigos e pouco produtivos para buscar provar que é possível renovar lavouras e torná-las economicamente rentáveis.

Nos últimos dois anos, o projeto vem apresentando excelentes rendimentos. Algumas áreas chegaram a alcançar produtividade acima de 3.000kg/ha para alguns clones no ano de 2020, enquanto a média da produtividade na Bahia é de 217 kg/ha. Segundo os coordenadores do projeto, muitos agricultores já estão replicando os métodos adotados no experimento para renovar suas lavouras.

“Nesses dias de imersão no Renova Cacau, esperamos que o grupo técnico consiga perceber e sentir os resultados do projeto, que são bastante favoráveis. A opinião desses especialistas é muito importante para nós, pois tratam-se de técnicos que conhecem a fundo o cacau e podem nos ajudar nas discussões científicas. Por último, a missão também abre a possibilidade de ampliar o projeto aqui mesmo e para outras partes do Brasil”, destaca o agrônomo e professor Dário Ahnert, coordenador geral do Projeto Renova Cacau.

Além das visitas às fazendas do projeto, a missão também reunirá especialistas e consultores em cacau para fortalecer o recém-criado GTEC do Cacau. “Assim como o Grupo Técnico do Café, estamos consolidando o GTEC do cacau para promover estudos, trocas de experiências, discussões técnicas e o consequente desenvolvimento da cacauicultura no país”, explica Eduardo Sampaio, consultor do CocoaAction. Atualizado às 14h.

Vitória avança na Copa do Brasil|| Reprodução Sport TV
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Juazeirense, que eliminou o Vasco da Gama na segunda fase da Copa do Brasil, enfrentará o Palmeiras, na terceira fase da competição nacional.  O adversário da equipe baiana foi conhecido nesta segunda-feira (28), durante sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Os confrontos de ida da terceira fase serão realizados nos dias 19, 20 e 21.  As partidas de volta estão previstas para os dias 10, 11 e 12.

A Juazeirense fará o primeiro jogo contra o Palmeiras em São Paulo e decidirá a vaga em casa, diante da torcida. Na Bahia, também vão disputar a terceira fase da Copa do Brasil as equipes do Bahia e Vitória. O Tricolor de Aço jogará contra a equipe paranaense Azuriz e decidirá a vaga fora de casa; enquanto o Rubro-Negro enfrentará o Fortaleza e fará a segunda partida em Salvador.

A terceira fase da Copa do Brasil terá os seguintes confrontos:

Tombense-MG x Ceará; Fortaleza x Vitória; Bahia x Azuriz-PR; Goiás x Bragantino; Fluminense x Vila Nova-GO; Altos-PI x Flamengo; Ceilândia-DF x Botafogo; Atlético-MG x Brasiliense; Remo x Cruzeiro; Coritiba x Santos; Tocantinópolis x Athletico-PR; Palmeiras x Juazeirense-BA; Portuguesa-RJ x Corinthians; CSA-AL x América-MG; Atlético-GO x Cuiabá
Juventude x São Paulo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Hoje (28), a Secretaria de Cultura (SecultBA) e a Secretaria de Turismo (Setur) lançaram o Projeto Bahia Estado Locação que, integra o conjunto de ações fomentadas pela Bahia Film Comission.

O projeto prevê iniciativas para incentivar a cadeia econômica e turística, divulgando o potencial da Bahia como polo para a produção audiovisual. “Esse projeto visa colocar a economia da cultura no eixo do desenvolvimento do nosso estado, pois vai fortalecer a cadeia produtiva do audiovisual, inserir a Bahia como um dos principais destinos para produções cinematográficas e, assim, gerar emprego e renda, além de divulgar e valorizar os destinos turísticos”, destacou a secretária estadual de Cultura Arany Santana.

TURISMO E CULTURA CAMINHAM JUNTOS, RESSALTA SECRETÁRIO

“Turismo e Cultura são irmãos siameses, caminham juntos. Estamos unidos no projeto Bahia Estado Locação que dá estrutura para aqueles que nos procuram para fazer locação, consolidando a Bahia como destino turístico muito importante no Brasil”, ressaltou o secretário de Turismo Maurício Bacellar.

O projeto também fará um mapa com os serviços disponíveis nas cidades, seu patrimônio histórico e cultural, bem como diversidade de paisagens e biomas presentes nos territórios baianos passíveis de interesse visual e imagético para os mais variados formatos de projeto audiovisual.

Isso ocorrerá através de um formulário online que os gestores municipais preencherão com as informações e imagens para composição de um Catálogo. A Bahia Film Commission cuidará do recebimento das informações, gerenciamento e organização para construção de um catálogo para publicação em seu site. O formulário está disponível neste link.

Planos municipais vão ser reunidos em portal para facilitar acesso da população e dos órgãos de controle externo
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prazo para que prefeitos e presidentes das câmaras municipais apresentem as contas do exercício financeiro de 2021 ao Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) vai até esta quinta-feira (31). A contagem regressiva também vale para os dirigentes de cerca de 175 entidades descentralizadas.

Após a remessa das contas ao TCM, os gestores devem disponibilizar os documentos na internet e em suas sedes, pelo prazo legal de 60 dias. Neste período de exposição das contas, os cidadãos podem examinar os dados, exercendo o devido controle social. Se entenderem necessário, também podem questionar a legitimidade dos atos.

O não encaminhamento das contas ao TCM no prazo estabelecido ou a não disponibilização pública pode caracterizar crime de responsabilidade, bem como resultar em multa pelo descumprimento da obrigação, alerta o Tribunal. A falta de remessa das contas também pode acarretar na determinação, pela Presidência do TCM, de tomada de contas pelos auditores da Corte.

A partir de 15 de junho, os relatórios das contas serão encaminhados aos órgãos técnicos do TCM para o início da análise interna, até que sejam levados a julgamento.