Polícia Civil indicia golpista do Tinder
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil indiciou, nesta quinta-feira (9), um homem acusado de criar perfis falsos em redes sociais utilizando imagens de outras pessoas e oferecendo fotos íntimas em troca de dinheiro. O indiciamento ocorreu após a conclusão do Inquérito Policial conduzido pela 20ª Delegacia Territorial de Brumado, no sudoeste da Bahia.

De acordo com a polícia, o golpista pegava fotos sem autorização e criava perfis no WhatsApp e Tinder. “Nestes aplicativos, ele oferecia fotos íntimas em troca de valores a serem transferidos via Pix. Como não recebiam as fotos após o pagamento, estas pessoas iam procurar as vítimas na sua conta verdadeira do Instagram, oportunidade em que elas descobriram o que estava ocorrendo”, explicou o titular de Brumado, delegado Paulo Henrique de Oliveira.

Após o trabalho investigativo, os policiais chegaram até o autor, que prestou esclarecimentos na delegacia. Ele foi indiciado por falsa identidade e difamação majorada, respondendo pelo caso em liberdade. “Aqueles que acham que praticar crimes em redes sociais ficarão impunes, vale ressaltar que estamos atentos e vamos identificar e localizar para que paguem pelos crimes cometidos”, finalizou o delegado.

Chás suspeitos são apreendidos no centro de Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Divisão de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Itabuna apreendeu cerca 500 frascos de chás terapêuticos. Os produtos sem registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) foram encontrados em três estabelecimentos comerciais na Rua Ruy Barbosa, no centro da cidade.

O farmacêutico da Vigilância Sanitária, Bruno Coelho, responsável pela operação, explica que havia uma divergência na classificação dos produtos. “Estavam sendo classificados como alimento por serem apresentados no formato de chá, mas o fabricante atribuía a indicação terapêutica. Todo produto terapêutico deve ter o registro da ANVISA”, alerta.

Além da apreensão dos chás, o estabelecimento comercial notificado, o alvará sanitário suspenso e o produto incinerado. “O alvará só será liberado depois de comprovada a regularização dessa situação. Aliado a isso, também fizemos um trabalho educativo com orientações importantes sobre esse tipo de conduta”, afirma Bruno.

AÇÕES DE ROTINAS

Bruno Coelho diz que as apreensões resultaram de ações paralelas uma de rotina e outra em atendimento à denúncia sobre o funcionamento irregular de um fabricante de fitoterápicos e terapêuticos. “Na ação de rotina localizamos os produtos, no centro da cidade.

“O consumidor de produtos dessa natureza devem ficar alertas para identificar produtos terapêuticos que podem estar sendo comercializados irregularmente”, diz o farmacêutico da Vigilância Sanitária. O farmacêutico da Divisão de Vigilância Sanitária do Departamento de Vigilância em Saúde orienta o consumidor a observar detalhes importantes nas embalagens: se consta a indicação terapêutica e o registro da ANVISA e se o CNPJ corresponde à atividade descrita.

Produção industrial da Bahia registra em abril o melhor resultado do Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

A produção industrial da Bahia registrou, em abril, aumento de 22,0% em relação ao mês anterior. Foi o maior resultado do País. A indústria baiana (na série ajustada sazonalmente) teve alta com taxa de 3,0% frente ao mês imediatamente anterior, terceira taxa positiva consecutiva, após ter avançado 2,0% e 0,2% em fevereiro e março.

No período acumulado de janeiro a abril de 2022, o setor industrial acumulou taxa positiva de 5,2% e no indicador acumulado dos últimos 12 meses, houve declínio de 6,9%, em relação ao mesmo período do ano anterior. As informações divulgadas nesta quinta-feira (9) fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para Armando Castro, diretor de Estatísticas da SEI, o resultado da indústria baiana em abril consolida o momento econômico do estado descolado do Brasil. “O PIB do primeiro trimestre cresceu acima do nacional, e nossa indústria cresce 22% enquanto a indústria do país declina 0,5% em abril”. Castro destaca que o otimismo em nossa economia fica ainda maior com a perspectiva de chegada de montadora de carros elétricos.

O SETOR DE DERIVADOS DE PETRÓLEO

Na comparação de abril de 2022 com igual mês do ano anterior, a indústria baiana apresentou aumento de 22,0%, com seis das 12 atividades pesquisadas assinalando avanço da produção. O setor de derivados de petróleo (161,1%) exerceu a principal influência positiva no período, explicada especialmente pela maior fabricação de óleo combustível, óleo diesel e naftas para petroquímica.

Outros resultados positivos no indicador foram observados nos segmentos de couro, artigos para viagem e calçados (14,0%), bebidas (16,0%), celulose, papel e produtos de papel (1,7%), minerais não metálicos (3,9%) e produtos químicos (0,6%). A indústria extrativa (-0,1%) registrou estabilidade no período.

Já o segmento de metalurgia (-41,2%) registrou a maior contribuição negativa, devido à queda na produção de barras, perfis e vergalhões de cobre, de ligas de cobre e ferrocromo. Outros segmentos que registraram decréscimo foram: Produtos alimentícios (-10,2%), produtos de borracha e de material plástico (-5,8%), equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-4,5%) e veículos (-1,2%).

“Esse crescimento também é reflexo da política de atração de investimentos do Governo do Estado, que capta indústrias de setores chaves da economia. No primeiro quadrimestre, tivemos investimento privado no valor de R$ 1,6 bilhão somente das empresas incentivadas, que se implantaram no estado”, declara o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Nunes.

NO ACUMULADO
No acumulado de janeiro a abril de 2022, comparado com o mesmo período do ano anterior, a produção industrial baiana registrou aumento de 5,2%. Cinco dos 12 segmentos da Indústria geral contribuíram para o resultado, com destaque para Derivados de petróleo (38,3%), influenciado, em grande medida, pela maior fabricação de óleo diesel, óleo combustível e gasolina.

Houve ainda os crescimentos em equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (73,3%), minerais não metálicos (2,6%), produtos químicos (0,3%)e Couro, artigos para viagem e calçados (0,8%). Por outro lado, o segmento de metalurgia (-43,5%) contribuiu negativamente para o desempenho da indústria no período, impulsionado pela menor fabricação de barras, perfis e vergalhões de cobre, de ligas de cobre e ferrocromo.

A queda no ritmo da produção industrial nacional, com taxa de -0,5%, na comparação entre abril de 2022 com o mesmo mês do ano anterior, foi acompanhada por sete dos 14 estados pesquisados, com destaque para as reduções mais acentuadas, assinaladas por Espírito Santo (-7,3%), Paraná (-6,6%) e Santa Catarina (-5,6%). Por outro lado, Bahia (22,0%), Mato Grosso (15,7%) e Rio de Janeiro (14,4%) registraram as maiores taxas positivas nesse mês.

Jerônimo e Fabiano em reunião em Salvador
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Firmino Alves, Fabiano Sampaio, anunciou apoio ao pré-candidato do PT ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, nesta quarta (8), durante reunião em Salvador. O posicionamento de Fabiano contraria o do seu partido, o PDT, que apoia o pré-candidato pelo União Brasil, ACM Neto. O encontro também contou com a presença do ex-prefeito de Firmino Alves Padre Aguinaldo e do pré-candidato a deputado federal Gabriel Nunes.

Para Jerônimo Rodrigues, a adesão de prefeitos e vice-prefeitos de partidos que compõem a base do ex-prefeito de Salvador e do ex-ministro da Cidadania João Roma (PL), a exemplo de PP, PDT e Republicanos, mostra confiança no grupo liderado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tentará o terceiro mandato presidencial. “Juntos, seguiremos fortes para reconstruir o Brasil junto com Lula e gerar mais desenvolvimento, emprego e renda na Bahia”, concluiu.

Senadora tem 1% das intenções de voto, segundo pesquisas
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Executiva Nacional do PSDB aprovou, por 33 votos a 6, aliança com o MDB para apoiar a pré-candidatura da senadora Simone Tebet, do Mato Grosso do Sul, à Presidência da República. Feita em Brasília, a reunião terminou há pouco.

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, disse que o partido vai oferecer o que tiver de melhor ao Brasil com o nome que possa caminhar com a emedebista. “O projeto não é mais um projeto de partido, mas um projeto de país”, disse ao sair da reunião desta quinta (9).

Já a senadora usou as redes sociais para se manifestar. “Este é um reencontro do centro democrático não agendado pela história, mas exigido por ela. No passado, democracia, cidadania, justiça social. Hoje, pelos mesmos valores e com a mesma urgência, unimos forças por um Brasil sem fome e sem miséria. Sabemos da responsabilidade. Estamos prontos. Com coragem e amor, vamos reconstruir o Brasil. Recebo com alegria e imensa honra o apoio do PSDB”.

RACHADURAS

A decisão da Executiva Nacional não encerra as disputas internas no tucanato. O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) lidera o coro dos que defendem candidatura própria, após ter se movimentado contra a escolha do ex-governador de São Paulo João Doria Junior para a missão, que venceu as prévias partidárias, mas, se apoio da cúpula tucana, saiu do páreo.

A pré-candidata do MDB também enfrenta resistência interna. Lideranças do partido no Nordeste, a exemplo do senador Renan Calheiros, de Alagoas, preferem caminhar ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lidera todas as pesquisas eleitorais, enquanto Simone Tebet aparece com 1% das intenções de voto nas sondagens.

Economia baiana cresce 2,8%, segundo a SEI || Foto Mateus Pereira/GovBA
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia cresceu 2,8% no primeiro trimestre de 2022 quando comparado a igual período do ano passado, segundo a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Na comparação com o 4º trimestre de 2021 – com ajuste sazonal –, registrou-se crescimento de 1,3%.

De acordo com o relatório do órgão estadual, os dados do primeiro trimestre evidenciam a recuperação da economia baiana e a manutenção de trajetória de crescimento haja visto o PIB baiano ter crescido 4,1% em 2021.

“Este resultado aponta uma taxa significativamente acima do crescimento do Brasil no primeiro trimestre. Isso tem influência de importantes decisões de política pública tomadas pelo Governo Estadual desde o início da pandemia”, afirma Armando Castro, diretor de Estatísticas da SEI.

Mulher recolhe caixas de cerveja atingidas em acidente
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um motociclista sofreu acidente ao ser perseguido por policiais militares, nesta quinta (9), na Avenida Nossa Senhora Aparecida, na Barreira, em Ilhéus.

Segundo as primeiras informações, ele estava em uma Honda Twister e passou em alta velocidade sobre um quebra-molas, antes de perder o controle do veículo e cair sobre caixas de cerveja expostas na calçada de um estabelecimento.

Não há informações sobre o motivo da perseguição e o estado de saúde do homem, que foi detido por equipe da 69ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

Secretário Humberto Mattos (ao centro) em reunião com ambulantes
Tempo de leitura: < 1 minuto

Ambulantes entraram em acordo com a Prefeitura de Itabuna para que sejam autorizados a voltar a vender comida no Centro, por 30 dias, durante o período junino, época de aquecimento do comércio. Depois, o grupo voltará à Praça Otávio Mangabeira (Praça Camacan), para onde foi realocado depois que o governo municipal firmou termo de ajuste de conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

O acordo foi selado na manhã de hoje (9), quando o secretário de Segurança e Ordem Pública do município, Humberto Mattos, recebeu representantes dos trabalhadores. “Todos aqueles que tiveram a autorização provisória assinaram termo de compromisso com a administração municipal, que havia iniciado a realocação a partir de uma TAC com o Ministério Público estadual”, explica o secretário.

Genilton dos Santos, um dos ambulantes que participaram da reunião, disse que o grupo cumprirá o acordo, apesar da constatação de que, após a mudança para a praça, as vendas caíram mais de 30%.

Jerbson Moraes: "não vou me expor sozinho"
Tempo de leitura: 2 minutos

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Moraes, fez discurso inflamado na sessão ordinária desta quarta (8). Ao mesmo tempo em que defendeu o prefeito Mário Alexandre, Marão, emitiu sinal de alerta ao chefe do Executivo. De quebra, deu puxão de orelha na base do governo, que, segundo ele, faz ouvidos de mercador diante de críticas ao prefeito.

O contexto da manifestação acalorada do presidente foi a discussão de problemas da comunidade do Sol e Mar. Após requerimento do vereador Aldemir Almeida (PP), o síndico Anderson Magalhães apresentou as demandas elementares dos moradores do condomínio, como escola infantil, praça de alimentação e unidade básica de saúde. Também fez sugestões sobre a regulamentação do uso dos espaços comuns.

Talvez por perceber que, mesmo de forma indireta, chamava o governo municipal a assumir responsabilidades, Anderson fez questão de dizer que apoia o prefeito. “Eu sou Marão”.

A explanação do síndico foi sucedida por comentários dos vereadores Tandick Resende e Vinícius Alcântara, ambos do Cidadania e pré-candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente.

Vinícius foi o mais incisivo e questionou Anderson por reafirmar apoio ao prefeito. “Me preocupa muito essa vinculação política permanecer com o prefeito Mário Alexandre. Vocês estão vivendo de promessas e a qualidade de vida de vocês está sendo roubada. O futuro de vocês está sendo roubado”.

“JOGO MISTURADO”

Após as falas dos colegas, Jerbson saiu em defesa de Marão, seu correligionário no PSD. Primeiro, disse que não se pode culpar o prefeito pela abertura de bares informais, já que todos os síndicos que administraram o condomínio tinham legitimidade jurídica para adotar providências contra o problema e, por razões diversas, como a pressão de grupos criminosos, não o fizeram. “Culpar o prefeito por isso também já é demais. Já é exagero”.

Aí veio a emenda. “Eu não ia nem falar nada. A gente fala aqui e, depois, tem vereador da própria base que acha que a gente está se aparecendo por defender o governo. A realidade é essa. Tem hora que a gente fica até calado, porque faz o jogo, e o prefeito só tomando pau, tomando pau, tomando pau! A gente, às vezes, não quer nem defender, porque o jogo, lá em cima, é um jogo misturado assim, que eu não sei que jogo é esse”, disse o presidente, gesticulando.

Na sequência, fez menção ao comentário de Vinícius, sem citar o nome do colega, e alertou:

– Eu só vendo as articulações tomando espaço. E tá certo! As articulações políticas, inteligentes, estão certas. Política se faz assim. Chegar pra você e falar: não se vincule ao prefeito Mário Alexandre mais não. Não faça isso não, rapaz. É o jogo, pai! É política. Quem tá falando isso não tá errado não. [É] o prefeito que tem que articular sua base, seu grupo, pra saber se defender. Porque, agora, também vou esperar as ordens superiores.

Quando o líder do governo na Câmara, Alzimário Belmonte, Gurita (PSD), concluiu observação técnica sobre o ritmo da implantação de um espaço comercial no condomínio, o síndico Anderson Magalhães teve a oportunidade de voltar ao púlpito e fez um esclarecimento político. “Eu sou primeiro Sol e Mar, e quem abraçar a causa do Sol e Mar eu abraço”. Assista.

Félix é autor da proposta de criação dos selos Cacau Cabruca e Cacau Amazônia
Tempo de leitura: 2 minutos

O deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT-BA) vislumbra futuro promissor para a cacauicultura com a criação dos selos verdes Cacau Cabruca e Cacau Amazônia. Ele é o autor da proposta, que avançou no Congresso.

Aprovado em 2013, o projetou voltou à Câmara dos Deputados após alterações feitas no Senado. Neste mês, a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara aprovou as mudanças e encaminhou o texto para a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

“Os selos visam agregar valor ao cacau produzido na Bahia e no Brasil, representando um aspecto diferencial na venda e atributos para o mercado de produtos ecológicos. Para ter direito ao benefício, os produtores também precisarão comprovar que estão de acordo com a legislação ambiental e trabalhista”, explica o parlamentar baiano.

PARA RELATORA, MUDANÇAS APERFEIÇOARAM PROJETO

A relatora do projeto na comissão, deputada Silvia Cristina (PL-RO), avaliou que os senadores fizeram mudanças que aprimoraram a proposta original, ampliando o rol de beneficiados para incluir cooperativas de cacauicultores e retirando do texto detalhes sobre o prêmio (validade de dois anos e custo de concessão pago pelo cacauicultor).

Segundo o projeto, os cultivos no bioma Mata Atlântica receberão o selo desde que adotem o sistema cabruca, caracterizado pelo plantio dos cacaueiros na mata, sem a derrubada de árvores nativas, como é feito no sul da Bahia.

De forma semelhante, os plantios na Amazônia devem seguir sistemas agroflorestais definidos para a região, de modo a conservar a diversidade biológica e os recursos naturais, mantendo as funções ecológicas da floresta.

Caso seja aprovado nas comissões de Meio Ambiente e de Constituição e Justiça, o PL 2.913/2021 (antigo PL 3665/12) seguirá à sanção do presidente Jair Bolsonaro (PL), sem ir ao plenário.

OUTRAS FORMAS DE INCENTIVO À CADEIA PRODUTIVA

Coordenador da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Lavoura Cacaueira, Félix Mendonça Júnior também é autor do projeto que propõe alterar a Política Nacional de Incentivo à Produção de Cacau de Qualidade, com objetivo de criar linhas de crédito para o financiamento da cacauicultura.

O parlamentar defende a ampliação do crédito para investimento específico na renovação dos cacauais, com a substituição das árvores por mudas resistentes às pragas que inviabilizam ou prejudicam a produção. Estratégica para o ganho de produtividade da lavoura, a substituição da sua matriz genética tem custos econômicos consideráveis, daí a necessidade de financiamento.

Outro projeto do deputado baiano vista estimular o crédito para as agroindústrias de produtos derivados do cacau de qualidade superior e fino, que verticalizam o beneficiamento das amêndoas e, dessa forma, geram mais valor para a cadeia produtiva.

Félix propôs ainda que sejam zeradas as alíquotas de tributos (PIS/PASEP e Cofins) que incidem sobre a receita bruta da venda de cacau de categoria superior e de suas preparações.

Mulher ajudou homem a se livrar de ação policial, segundo PM
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Militar prendeu uma mulher suspeita de facilitar a fuga de um homem acusado de aplicar golpes com dinheiro falso em Ilhéus. A suspeita foi detida no bairro Nelson Costa, na madrugada desta quarta-feira (8).

De acordo com a 69ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), duas vítimas afirmam que o homem usou cédulas falsas, que somam R$ 400,00, para comprar um aparelho de som e encomendar lanches em estabelecimentos da Avenida Lotus.

A PM não deu detalhes sobre como a mulher ajudou o homem a escapar da ação policial. Ela foi levada para a 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), no Centro.

Bahia bate o Sport por 1 a 0, na Fonte Nova || Foto Felipe Oliveira/ECBahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia retomou a vice-liderança da Série B do Brasileirão de Futebol, na noite desta quarta-feira (8), ao derrotar o Sport, por 1 a 0, em jogo disputado na Fonte Nova, Salvador. Vitor Jacaré deixou o banco para fazer o gol do jogo, no segundo tempo.

O Tricolor chegou aos 22 pontos e ultrapassou o Vasco, que derrotou o Náutico na rodada e tem 21. Já o Sport fica na quarta colocação, com 18. O líder da competição é o Cruzeiro, com 28.

O Bahia terá pouco tempo de preparação para o próximo jogo. No sábado (11), às 18h30min, o desafio será contra o Operário-PR, fora de casa. A partida será disputada no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa.

Clique no play e confira o golaço de Jacaré, marcado aos 32 minutos da etapa final.

Micro e pequenas empresas geram 76% dos empregos no país em 2022
Tempo de leitura: < 1 minuto

As micro e pequenas empresas (MPE) estão puxando a criação de empregos formais em 2022. Dos 700,59 mil postos de trabalho formais criados no Brasil de janeiro a abril, 585,56 mil, o equivalente a 76% do total, originaram-se de pequenos negócios.

A conclusão consta de levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. As MPE abriram 470,52 mil vagas a mais que as médias e grande empresas nos quatro primeiros meses de 2022.

Apenas em abril, os negócios de menor porte foram responsáveis pela abertura de 84% das vagas formais no mês, com 166,8 mil de um total de 196,9 mil postos de trabalho criados no mês passado. Na divisão por setores da economia, somente os pequenos negócios apresentaram saldo positivo na criação de empregos em todos os segmentos.

O setor com mais destaque é o de serviços, com a abertura de 93,4 vagas em micro e pequenas empresas, de um total de 117 mil postos apurados pelo Caged. De acordo com o Sebrae, a reabertura da economia, após a vacinação contra a covid-19, tem impulsionado a recuperação do segmento.

O segundo setor que liderou a criação de postos de trabalho em setembro foi o comércio, com 28,42 mil vagas em micro e pequenas empresas, de um total de 29,26 mil. Em terceiro lugar, vem a indústria, com 25,26 mil empregos gerados, contra um total de 26,37 mil.