Tempo de leitura: 2 minutos

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia (DEM), analisou os resultados da última pesquisa Datafolha, divulgada no final da tarde de sábado, 15. Abaixo, as impressões dele, divulgadas em newsletter distribuída diariamente a cerca de 15 mil inscritos.

1. A soma das intenções de voto na lista que não inclui Marina Silva foi de 80%. Na lista que incluiu Marina Silva foi de 82%. Serra perdeu um ponto (37 x 36), Dilma ganhou um ponto (16 x 17), Ciro perdeu um ponto (15 x 14) e Heloísa Helena ficou nos mesmos 12%. Marina Silva teve 3% na segunda lista. Ou seja, Marina teve as intenções de voto dos que rejeitam o quadro político atual e preferem não votar.

2. O mais favorecido nessa pesquisa foi o PSOL, pois sua candidata, Heloísa Helena, não sofreu qualquer abalo. Na medida em que a opção dela seja pelo senado em Alagoas, como muitos garantem, o apoio a Marina Silva, e a retirada de Heloísa Helena, passa a ter um valor alto em relação às exigências que o PSOL faça, para apoiá-la, em nível regional para ampliar suas bancadas – federal e estaduais. A pesquisa sugere que o espaço ocupado por Heloísa Helena não se altera com a simples menção ao nome de Marina.

3. A interrupção do crescimento de Dilma é natural, com sua muito menor exposição em função da quimioterapia e, agora, da radioterapia. Isso mostra também que o PT não se mexeu nesse período e que Dilma é candidata de Lula, compulsória e passivamente, apoiada pelo PT.

4. Serra venceria no primeiro turno no Sudeste, em especial em função do Interior do Estado de SP. No Nordeste é onde ele tem o menor nível (29%) e onde seus adversários somam a maior porcentagem: 55%. Só no Nordeste Ciro ocupa o segundo lugar (20%).

Tempo de leitura: < 1 minuto

A segunda rodada do Campeonato Interbairros, ontem, foi movimentada, atingindo uma média de 3,07 gols por partida. As redes balançaram 40 vezes. A competição envolve equipes de Itabuna e é organizada pela Secretaria Municipal de Esporte. Abaixo, confira os resultados da rodada.

Jardim Primavera 2 X 1 Ribeirão Seco
Banco Raso 2 X 0 Jaçanã
Fonseca 2 X 2 Zizo
São Pedro 4 X 1 Vila Zara
Fátima 2 X 1 Parque Boa Vista
Mutuns 0 X 1 Califórnia
Santa Catarina 2 X 0 Bananeira
Novo Horizonte 2 X 2 Santo Antônio
Daniel Gomes 2 X 0 Novo Fonseca
Sinval Palmeiras 3 X 0 Morumbi
Roça do Povo 1 X 3 Nova Ferradas
Sarinha 1 X 1 Vila Anália
Nova Califórnia 4 X 1 Alto da Boa Vista

Com colaboração do Informe Geral.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ele está de cara nova
Ele está de cara nova

Lembram-se de Chico do São Pedro, aquele filiado que andava na mira do PT de Itabuna por conta de sua aproximação com o governo local do DEM e por ter publicado uma carta feroz contra as principais lideranças petistas? Pois é, o rapaz deu uma guinada de “360” graus e diz estar pronto para iniciar outro capítulo em sua história.

O discurso está mais ameno e conciliador. Chico, que pertence à corrente Dois de Julho, iniciou campanha pela presidência do diretório municipal do PT e já iniciou conversas para obter apoio de outras tendências, como a Reencantar.

Além de ter amenizado o discurso, o ex-rebelde também repaginou o visual, dando adeus às dreadlocks que cultivava há bastante tempo. Agora, está com o cabelo bem baixinho e cara de menino bem comportado.

Segundo Chico, o novo layout é “para agradar a ala conservadora do PT de Itabuna”.

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Idealizado pelo Centro Acadêmico Barão do Rio Branco, que representa os alunos de Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais (LEA) da Uesc, com apoio do colegiado do curso, o projeto Cinemamundo tem o ambicioso objetivo de abordar temas de abrangência nacional e internacional, incentivando o debate que enfoque o Brasil como ator  efetivo desse cenário.

A partir desta terça-feira (18), serão exibidos filmes que fornecerão o argumento para as discussões. Será uma sessão por mês e, na estreia, alunos, professores e convidados vão assistir, a partir das 18 horas,  “Quanto vale ou é por quilo?”, produção de Sérgio Bianchi que faz um paralelo entre a escravidão no passado e a miséria dos dias atuais, tendo como pano de fundo o papel desempenhado pelas ONGs.

As próximas sessões vão acontecer nos dias 18 de setembro, 8 de outubro e 11 de novembro, e os filmes (podem ser nacionais ou estrangeiros) ainda serão escolhidos, inclusive por meio de sugestões que devem ser encaminhadas para o endereço caleauesc@bol.com.br.

As exibições acontecem no auditório Jorge Amado. Segundo Lucas Galindo, diretor do Centro Acadêmico Barão do Rio Branco e também coordenador-geral do DCE, o Cinemamundo contribui para que o projeto do curso de LEA seja melhor difundido na sociedade.

Tempo de leitura: < 1 minuto
A polícia isolou a área e caçou os assassinos, mas não obteve sucesso - Foto: Oziel Aragão
A polícia isolou a área e caçou os assassinos, mas não obteve sucesso – Foto: Oziel Aragão

Dois adolescentes de 15 anos, irmãos gêmeos, foram assassinados a tiros na tarde de hoje no bairro São Pedro, periferia de Itabuna. Os dois saíam de um campo de futebol quando foram alvejados com vários tiros disparados por dois homens em uma moto Honda Twister.

Os jovens são Walace Rocha dos Santos e Weslei Rocha dos Santos, de 15 anos. Um dos assassinos foi identificado como “Barriga Azul”, que é acusado de barbarizar na cidade e suspeito de vários homicídios. As vítimas morreram no local, e os corpos foram encaminhados para o DPT.

Tudo indica que Walace e Wesley foram vítimas de uma execução. Familiares e amigos afirmam que os irmãos não tinham envolvimento com drogas. Walace era estudante em Itabuna e Wesley tentava a vida como jogador no time juvenil da Portuguesa, em São Paulo, de onde chegou no sábado (15).

(Com informações de xilindroweb.blogspot.com)

Tempo de leitura: < 1 minuto

O novo avião presidencial Foto: Lucas Lacaz Ruiz/Futura Press
O novo avião presidencial Foto: Lucas Lacaz Ruiz/Futura Press

A frota presidencial deve ganhar reforço nessa segunda-feira. Chega a Brasília a aeronave Embraer-190, que fez os últimos testes hoje, no céu de São José dos Campos (SP). Foram encomendados dois desses aviões à Embraer, com o objetivo de renovar a frota presidencial, que conta com peças com mais de 30 anos de uso.

A aeronave, que transportará autoridades e outros passageiros em viagens presidenciais, terá uma área de reunião, um espaço reservado para a autoridade (poltrona e banheiro comum), espaço para equipes de apoio e área com poltronas. O EMB-190 tem capacidade para 40 passageiros, mais tripulação, e autonomia para voar por toda a América do Sul, sem escalas, a partir de Brasília.

Por sua vez, o presidente Lula utiliza, em suas viagens nacionais e internacionais, o Airbus ACJ-319, batizado de Santos Dumont – e apelidado de Aerolula. O avião foi adquirido em janeiro de 2005 em substituição ao velho Sucatão, de 1979.

Tempo de leitura: 2 minutos

Daniel Bramatti | Estadão

O valor do PMDB como aliado nas eleições de 2010 costuma ser medido por seu enraizamento pelo País: 1.201 prefeitos, 97 deputados federais, 9 governadores. Mas os resultados da última disputa presidencial não comprovam a tese de que a máquina peemedebista influencia os eleitores de forma significativa. De concreto mesmo, o que o PMDB tem a oferecer aos pré-candidatos à Presidência Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) é seu tempo no rádio e na televisão: 5 minutos e 46 segundos divididos em dois blocos, três dias por semana.

Em 2006, o PMDB não lançou candidato a presidente nem apoiou formalmente os dois principais concorrentes: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB). Mas vários líderes regionais peemedebistas colocaram a máquina do partido a serviço de um ou outro candidato – com resultados discutíveis.

Em Santa Catarina, por exemplo, o governador Luiz Henrique, candidato à reeleição, pôs o PMDB a trabalhar pela candidatura Alckmin. O tucano venceu no Estado, com 54,5% dos votos no segundo turno – mas também venceu no vizinho Paraná, onde o peemedebista Roberto Requião, outro que disputava a a reeleição, aderiu a Lula.

Luiz Henrique exercia influência direta sobre 114 prefeitos eleitos pelo PMDB dois anos antes. Se a máquina peemedebista fizesse diferença na eleição, a lógica indicaria uma vitória mais folgada de Alckmin nessas cidades. Mas os números mostram o contrário: o tucano teve, em média, 51,8% dos votos nos municípios com prefeitos do PMDB, 2,7 pontos porcentuais a menos do que obteve no Estado como um todo. Das 114 cidades, Alckmin perdeu para Lula em 51.

O fenômeno também ocorreu no lado oposto. Lula contou com o apoio do governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), desde a largada da campanha. Nos municípios governados por peemedebistas, porém, sua média de votação foi inferior à do Estado (82,3% contra 86,8%).

Leia reportagem na íntegra

Tempo de leitura: 2 minutos

Britto fala de reeleição de Wagner e ciumeira de adversários.

Este blog conversou com o ex-prefeito de Jequié, o deputado federal Roberto Britto, do PP, sobre as negociações do partido com o governo estadual e o apoio ao projeto de reeleição de Jaques Wagner. Britto confirmou o que noticiamos aqui há pouco menos de um mês, a ida do ex-governador Otto Alencar para o Partido Progressista. Pela legenda, o conselheiro do TCM concorrerá ao Senado Federal.

Na versão do deputado, faltariam apenas “ajustes finos”, mas reforça que um grande avanço nessa direção foi a posse de José Rebouças no comando da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), que administra os portos públicos do estado. Abaixo, a entrevista.

Pimenta – O PP está fechado com Wagner para 2010 ou ainda é só apoio à governabilidade?

Roberto Britto – Somos parceiros nessa caminhada pela reeleição. Tivemos uma reunião e Wagner deixou clara a disposição do governo para trabalhar essa parceria.

O nome do PP na Infraestrutura será João Leão?

Ainda não está batido o martelo. O nome foi cogitado. Vamos fechar a indicação numa reunião nesta segunda-feira. Estamos indo para Salvador daqui a pouco [a entrevista foi concedida ao final da tarde de domingo].

A pendência quanto a Leão seria o fato de Jairo Carneiro, o suplente, ainda pertencer ao DEM?

Olha, não tem uma relação direta. O partido vai escolher um nome. Claro que isso vai ser analisado, mas Jairo Carneiro é um homem respeitado.

O ex-governador Otto Alencar fará parte dos projetos do PP?

A conversa está bem adiantada entre Otto, PP e governador. Depende apenas de alguns ajustes finos.  A nomeação de José Rebouças [para a Companhia das Docas do Estado da Bahia] foi um passo bem adiantado.

“Paulo Souto está é preocupado

com o resultado da aliança”

__________

Como o sr. vê a acusação do ex-governador Paulo Souto de que Wagner adotou o fisiologismo na sua recomposição política para 2010?

Acho que Paulo Souto está preocupado é com os resultados destas alianças. É até natural. Se o PT estivesse isolado, seria bom para o ex-governador. É natural fazer alianças.

Mas ele critica a linha do toma-lá-dá-cá, apoio em troca de cargos…

… O apoio do PP ao governo não foi baseado nessa troca. O PMDB saiu do governo e deixou espaços. Wagner iria deixá-los vagos? Natural que eles sejam direcionados a quem participa do projeto de governo e da reeleição.

O senhor acredita que teremos três candidaturas a governador: Souto, Wagner e Geddel?

O ministro [Geddel Vieira Lima] lançou-se na disputa, foi à praça. Soube até que o encontro [do PMDB] em Jequié, neste domingo, foi fraco. A ideia que tenho é que Geddel vai fazer uma avaliação, lá para junho. Se estacionar, se não crescer nas pesquisas, ele não sai [candidato a governador], e vai apoiar um dos dois melhores na corrida. Isso, lá em junho.

Leia a íntegra na seção ENTREVISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Não se sabe se a intenção é criar embaraço, mas o PDT tem insistido no nome do deputado federal Sérgio Brito, um geddelista convicto, para ocupar a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia.

E o problema de Brito não é só a paixão por Geddel. Além dessa questão, a maior dificuldade é que lhe falta um diploma de nível superior, reconhecido como requisito mínimo para quem pretenda comandar uma secretaria que se relaciona especialmente com as universidades.

Quando o ex-secretário Ildes Ferreira foi indicado para o cargo, houve pesquisadores que se queixaram… E só porque o homem é sociólogo!

Sérgio Brito, além do mais, pertence a uma corrente evangélica que é contra as pesquisas com células-tronco, que a Secti apoia junto ao Instituto de Terapia Celular do Hospital São Rafael, em Salvador.

Tempo de leitura: 2 minutos

O prédio onde funcionou a justiça do trabalho em Itabuna, na Rua do Rio Branco, encontra-se abandonado e se transformou em local de comércio e uso de drogas, além de ponto de prostituição.

O descaso do poder público com este patrimônio (o prédio pertence à União) chega a ser criminoso e os moradores da área têm sido vítimas diretas do abandono do imóvel. São corriqueiras as abordagens e também comuns os assaltos cometidos por marginais que se acoitam ali.

No interior do imóvel, como revelam as fotos abaixo, tudo foi destruído ou roubado: de fiação elétrica, tomadas, interruptores, até pias e vasos sanitários. Não ficou nada e a impressão é de que o prédio foi atingido por uma bomba.

É dessa forma vergonhosa que os nossos gestores cuidam do patrimônio que pertence ao povo, enquanto o deles, claro, fica cada vez mais vistoso. E não é só o velho prédio do TRT que se encontra abandonado em Itabuna. O imóvel onde funcionou a CNPC (Central Nacional dos Produtores de Cacau), também da União, é outro que está entregue às baratas.

Perdoe a expressão, caro leitor… Mas é de lascar!

União deixou o imóvel abandonado
União deixou o imóvel abandonado
.
Prédio foi totalmente depredado
Prédio foi totalmente depredado

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os movimentos sociais de Ilhéus prometem fazer uma grande manifestação como pouco já se viu na próxima quarta, 19. Tudo por conta da atitude do prefeito Newton Lima.

Ele resolveu atender interesses das empresas ao baixar decreto que limita a meia-passagem para estudantes só aos dias de aula e retirou de quem cursa pós-graduação o sagrado direito à meia tarifa.

A manifestação está programada para as 9h da próxima quarta, na praça J.J. Seabra, em frente ao Palácio Paranaguá, sede da prefeitura, e na Câmara de Vereadores.

A promessa de uma grande manifestação preocupou o governo municipal. Na sexta, o secretário de Governo, José Nazal, recebeu líderes dos movimentos sociais para discutir as medidas. Uma audiência foi marcada para esta segunda-feira, às 9h. Mas as lideranças do movimento, Luiz Fernandes, Lucas Galindo e Marcos Lessa, deixam claro que só a exclusão destas medidas do decreto cancelariam a manifestação.

Outro ponto: a prefeitura deverá assinar com o Ministério Público Estadual (MPE) um termo de ajustamento de conduta que reconhece que o reajuste da passagem de ônibus em Ilhéus foi ilegal e a tarifa deve ser congelada em R$ 1,70 por, pelo menos, seis meses. Com o aumento, a tarifa saltou para R$ 1,90, ilegalmente, em 2 de janeiro.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner afaga Geraldo em evento em Camamu
Wagner afaga Geraldo em evento em Camamu

Após a saída de Adeum Sauer da secretaria da Educação, especulou-se que a relação entre os petistas Geraldo Simões e o governador Jaques Wagner azedaria de vez. Não aconteceu, pelo menos publicamente. Sauer estava mantido na SEC pela cota do deputado e da sua corrente, a CNB.

O encontro entre os dois ocorreu ontem, durante a festa em homenagem a Nossa Senhora da Assunção, padroeira de Camamu. O evento marcou a entrega de 417 títulos de regularização fundiária no município, o que motivou Wagner a fazer um afago no deputado. “Geraldo é o maior responsável pela regularização fundiária no estado”.

Além do deputado e do governador, participaram da cerimônia a prefeita local, Ioná Queiroz, e os colegas de Ibirapitanga, Antônio Conceição, o Gude; de Ibicaraí, Lenildo Santana; de Aurelino Leal, Domingos Marques, o Domingão; a prefeita de Gandu, Irismá Souza; e a de Nilo Peçanha, Maria das Graças, que é do PMDB e marcou presença no evento do governo.