Tempo de leitura: < 1 minuto

Está previsto para esta terça-feira, 9, o resultado do exame feito em um bebê de 11 meses que está internado no Hospital Manoel Novaes com a suspeita de ter contraído a chamada gripe suína (vírus A H1N1). O material foi coletado nesta segunda e enviado ao Laboratório Central (Lacen), da Secretaria Estadual de Saúde.
Caso o resultado seja negativo, o bebê sairá da área de isolamento. Ele chegou há mais de uma semana dos Estados Unidos e apresentava sintomas da gripe. Do sexo feminino, a criança é filha de mãe americana e pai brasileiro.
Os três visitavam parentes no sul da Bahia e a criança teve quadro agravado. Foi internada na noite de sábado, com infecção respiratória. As últimas informações são de que apresentou melhora nas últimas horas.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Kléber estava no táxi usado para transportar malote do Bradesco.
Kléber estava no táxi usado para transportar malote do Bradesco.

A polícia divulgou ontem (9) os nomes dos quatro suspeitos de matar o estudante universitário Kléber Trancoso Matos, durante assalto a um táxi Corsa, prata, na rodovia Coaraci-Almadina, sexta passada (5). O veículo era utilizado rotineiramente para o transporte de malote entre a agência do Bradesco de Coaraci e o posto bancário em Almadina.
Os quatro presos são de Itabuna. José Cláudio dos Santos, de 19 anos, do bairro Emanoel Leão, e Ademilson Alves Nascimento, de 33 anos, do São Caetano, Acácio Souza Santos, de 21 anos e um menor, moradores da Nova Itabuna. Todos negam envolvimento no crime.
Eles foram presos em Floresta Azul. No crime, os bandidos usaram duas motos e quatro revólveres calibre 38. A vítima fatal era carona do táxi. O motorista e a funcionária do Bradesco nada sofreram. Com informações de A Região.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A tensão tende a aumentar ainda mais no PPS de Itabuna nesta semana. A notícia é de que não vai ficar barato a ‘arapuca’ armada pelo vereador e presidente da Câmara Municipal, Clóvis Loiola, para a atual dirigente do partido, Mariana Alcântara.
Loiola foi a Salvador e tentou com o presidente estadual, George Gurgel, assumir o comando do partido em Itabuna. Não obteve êxito e ainda uniu os filiados locais, que se posicionaram contra ele e a favor de Mariana, filha do histórico Anísio Alcântara, a quem é atribuído o crescimento da legenda no sul da Bahia.
Como resposta, a legenda realizou congresso há mais de uma semana em Salvador e decidiu que o candidato a deputado estadual do PPS na região será César Brandão, ex-vice-presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna.
Loiola acabou preterido também nessa disputa, pois pleiteava um lugar ao sol na Assembleia Legislativa baiana, ideia que morreu no nascedouro.
Derrotado em sua pretensão, o atual presidente da Câmara decidiu marchar com Augusto Castro, que anda namorando com diversos partidos e pode se filiar ao PTN, numa articulação com o deputado federal ACM Neto.
O namoro pegou de surpresa grande parte do PPS itabunense. E aí se criou mais um motivo para aumentar a discórdia entre os históricos do partido e o novato Loiola.
Em tempo: o diretório local do PPS se reúne nesta terça-feira, às 19h. Não se sabe se para dar uma esfriada ou para jogar mais lenha na fogueira. Mas aí vai uma dica. O principal assunto da reunião será ética. (DS)

Tempo de leitura: < 1 minuto

A direção do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) terceirizou o serviço de lavanderia e demitirá, pelo menos, 7 dos 14 funcionários que trabalham no setor. Três receberam a ‘boa’ notícia hoje.
O serviço será executado por uma empresa de Ilhéus. A direção do Hblem alega que as máquinas da lavanderia são velhas, o que torna ainda mais onerosa a lavagem – e esterilização – das roupas usadas por médicos e pacientes. Esse custo seria de R$ 18 mil por mês.
A terceirizada executará o serviço em Ilhéus, mas a direção do Hblem alega que, mesmo assim, sairá mais barato.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Três homens foram parar na delegacia de polícia neste domingo (07), em Ilhéus, depois de uma farra homérica na cabana Porto Bahia, na Praia dos Milionários.
Luciano Lima de Sena, de 45 anos; José Raimundo Dantas Teixeira, 49; e um terceiro homem identificado apenas como Crispiniano chegaram por volta das 11h da manhã na cabana. Logo começaram a pedir bebidas: de cerveja a Red Label, sem se preocupar minimamente com a tal moderação.
Pouco depois de meio-dia, a fome bateu e o trio escolheu o prato mais caro do cardápio, um peixe ao molho de camarão, que sai por R$ 68,00.
Muitas garrafas de cerva e doses de uísque depois, chegou a hora de pagar a conta. Foi quando José Raimundo, que trabalha como servente de pedreiro, dirigiu-se à garçonete e informou de maneira muito singela que ele e seus amigos estavam durinhos da silva e não tinham como pagar a dolorosa, que a essa altura estava em R$ 275,00.
Como informado no início, a confusão foi parar na delegacia e só se resolveu quando o irmão de um dos envolvidos apareceu com o numerário. Com  a ajuda providencial, os três “artistas” foram liberados.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os agricultores que exploram áreas de Una, Ilhéus e Buerarema, nas terras indicadas pela Funai como de titularidade originária da tribo tupinambá, devem defender suas propriedades contra qualquer tentativa de ocupação violenta. Esse posicionamento é encorajado por uma decisão que acaba de ser publicada pela 6º turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, assinada pela desembargadora Maria Isabel Gallotti Rodrigues.
Em resposta ao recurso de um fazendeiro, a magistrada afirma que o “desapossamento repentino” de quem exerce naquelas terras “sua atividade agropecuária há vários anos, provocaria, neste momento, uma situação de desequilíbrio”. Diz ainda que “a ameaça de esbulho possessório pela violência e a sua consequente intranquilidade social devem ser reprimidas”.
A decisão põe em dúvida o fato de que as terras designadas pela Funai sejam indígenas e, portanto, pertencentes à União. “Se a fazenda objeto da ação encontra-se incrustada em terra indígena e, portanto, de domínio da União, é no mínimo estranho que a mesma entidade (União) esteja cobrando do Autor / Contribuinte o imposto incidente sobre a referida propriedade”.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar de ser um período onde o histórico de incidência de dengue é menor, no mês de maio foram notificados quase 20 mil  novos casos da doença na Bahia, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (8) pela Secretaria Estadual da Saúde. O relatório aponta que até 30 de maio, após atualização dos dados com as notificações tardias, foram notificados 85.737 casos de dengue.
Na última semana foram 3335 novas notificações. 91% dos municípios do estado notificaram a doença. Apesar disso, a Vigilância Epidemiológica sugere uma tendência de decréscimo dos casos desde o início do mês de abril. Os municípios de Itabuna, Jequié, Feira de Santana, Salvador, Ilhéus e Porto Seguro concentram 46% das notificações do Estado.
Quanto às formas graves da doença (dengue com complicações, Febre Hemorrágica da Dengue e Síndrome do Choque da Dengue) foram 331 novos registros em maio chegando a um total de 1.564 casos suspeitos em 157 municípios.
Destes, se confirmaram 697 casos graves em 102 municípios. Entre os casos graves, 55 óbitos foram confirmados, dos quais 28 (52%) atingiram menores de 15 anos. A liderança na quantidade de casos de morte continua com Itabuna e Jequié com oito vítimas. Informações do Correio da Bahia.

Tempo de leitura: < 1 minuto

.
Ferrovia que interligará Figueirópolis (TO) a Ilhéus (BA).

O presidente da Valec Engenharia, Construções e Ferrovia S.A., José Roberto Neves, informou hoje que as obras da ferrovia Oeste-Leste começam por Ilhéus e a construção será iniciada em novembro. Dentro dos próximos 70 dias, acredita, deve sair a liberação da licença ambiental que permitirá a execução da obra.
Neves, junto com o governador Jaques Wagner, participou  da primeira consulta pública sobre a ferrovia, que ocorreu nesta segunda, 8, em Barreiras. A promessa é de que a segunda consulta ocorrerá em Ilhéus. O primeiro trecho da obra deverá ser entregue em julho de 2011, conforme cronograma, e interligará Ilhéus a Caetité.
A ferrovia terá outros dois trechos, sendo que o segundo – de Caetité a Barreiras –  tem previsão de ser concluído em julho de 2012. O terceiro, de Barreiras a Figueirópolis (TO), será entregue em dezembro de 2012. Isso, claro, se tudo ocorrer dentro do previsto. O governador Jaques Wagner disse que o estado terá vários benefícios com a ferrovia. “O aumento da segurança e a redução dos gastos em manutenção de rodovias, são exemplos”.

Tempo de leitura: < 1 minuto

iluminacaocenica-1024x6831Quem depende de licença ambiental para implantar qualquer projeto em Ilhéus está para perder os cabelos com o secretário Antônio Olímpio. Não que o homem seja assim, tão cuidadoso com o meio ambiente. Dizem que é falta de habilidade e sensibilidade mesmo.
Um exemplo. Uma comunidade rural próximo ao Cururupe vê, há algum tempo, os postes da Coelba em suas portas, mas não pode ligar a energia. Falta a licença ambiental, que não deve sair, já avisam fontes do palácio.
A Coelba, impedida de fazer as ligações, tentou retirar os postes, no que foi barrada pela comunidade. “E eles estão certos. Mas a prefeitura deveria ser mais sensível ao problema. Hoje aquelas famílias fazem gatos para ter energia, colocando em risco suas vidas”, afirma um funcionário da empresa.
Luz para todos? Em Ilhéus só para os peixes da baía do Pontal (foto).

Tempo de leitura: < 1 minuto

A prefeitura de Itabuna decidiu reativar o serviço de ouvidoria-geral, que foi extinto no governo passado. O advogado Paulo Pontes de Souza, irmão do vereador Roberto de Souza, foi escalado para o cargo de ouvidor.
Outro também nomeado para o governo de Capitão Azevedo (DEM), o ex-vereador Dell Gally, assumiu a assessoria de “acompanhamento de programas externos”…

Tempo de leitura: < 1 minuto

12 de junho não é apenas dia dos namorados. É também Dia Mundial de Erradicação do Trabalho Infantil. Em Ilhéus, a data será lembrada com uma caminhada pelo centro da cidade, saindo às 14 horas da Praça Dom Eduardo.
A mobilização é da Secretaria de Assistência Social e vai contar com a participação das crianças assitidas pelo Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estrada nova e placas "comidas" pela ferrugem
Estrada nova e placas "comidas" pela ferrugem (foto Domingos Andrade)

O governo baiano inaugurou recentemente o asfalto novinho em folha da rodovia BR-415, trecho entre Floresta Azul e Ibicaraí. Mas faltou prestar atenção nas placas ao longo da estrada, muitas das quais se encontram corroídas pela ferrugem e até ameaçando despencar.
Nas placas instaladas na entrada de Floresta Azul, não é possível ver absolutamente nada, pois a oxidação já cobriu toda a chapa metálica. Quem passa  pelo local nota na hora como o trato no pavimento destoa do abandono da sinalização vertical. 
Fazer o principal e ser criticado pelo acessório é dose.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil da Bahia faz, de hoje até quarta-feira, mais uma paralisação de advertência de 72 horas. O objetivo é alertar o governo do estado, que ainda não sinalizou atender aos pedidos da categoria, para uma possível greve geral, já programada para  próximo dia 20.
Assim como nas três paradas anteriores, as delegacias ficam com apenas 30% do efetivo, para cumprir a lei de greve do funcionalismo público e por se tratar de um serviço considerado essencial.
Nesta quarta advertência não funcionamos serviços de investigação, levantamento cadavérico e nem o registro de ocorrências – exceto flagrantes e prisões de presos procurados. Também ficam parados os serviços de cartórios, escolta ou transferências de presos.
A reivindicação é 100% de reajuste salarial a ser pago de forma gradual nos próximos três anos. O estado oferece 40%. Os serviços voltam à normalidade a partir das 8 horas da quinta-feira (11).