Tempo de leitura: < 1 minuto

A morte violenta de jovens, na maioria das vezes em virtude do envolvimento com drogas (principalmente o famigerado crack), tornou-se rotina em Itabuna.
No noticiário policial, a tragédia de familias está banalizada, é coisa comum. Isto porque quase nunca se nota o aspecto humano, o sofrimento de quem perde, a desesperança que atinge a todos que têm consciência e percebem que, do jeito que está, não são apenas as vítimas imediatas que vão para o buraco, mas toda a sociedade.
Por não se ater ao óbvio e fazer noticiário policial sem desconsiderar o aspecto humano, está de parabéns o excelente repórter policial Oziel Aragão.
Oziel cobriu ontem mais uma morte violenta em Itabuna. Foi no loteamento Jardim Grapiúna, na área que todos conhecem como “Favela do Bode”. Ítalo Gomes Santos, 20 anos, foi alvejado com um tiro no rosto e morreu instantaneamente.
O pai do jovem, um senhor de cabelos grisalhos, chegou ao local enquanto a polícia realizava o chamado levantamento cadavérico. Lançou-se sobre o corpo, envolveu o rosto ensaguentado do filho com as mãos e clamou inutilmente, do fundo de uma alma desesperada: “meu filho, você está vivo, fala com o papai”.  
Finalmente, o noticiário policial enxerga uma vítima verdadeira: aquela que sobrevive.

Homem se desespera diante do corpo do filho (foto Oziel Aragão/ Diário Bahia)
Homem se desespera diante do corpo do filho (foto Oziel Aragão/ Diário Bahia)

Tempo de leitura: < 1 minuto

Até agora, ninguém entende porque Ilhéus fez São João. O secretário estadual de turismo, Domingos Leonelli, forçou a realização da festa com o argumento de que o município é uma das portas do turismo da Bahia. O festejo traria divisas para a Terra de Gabriela.
Se o secretário considera Ilhéus a porta de entrada, o mesmo não se pode dizer do prefeito Newton Lima, que preferiu passar o São João em Ibicuí. E apareceu como um relâmpago na avenida Soares Lopes, na noite do dia 24. De representantes da prefeitura na avenida, só o secretário de turismo, Hermano Fahning, e o assessor de comunicação, Marcos Corrêa ficaram por lá.
No mais, todos seguiram o prefeito num ônibus fretado para Ibicuí, a R$ 350,00 por cabeça. A piada é que, ao conferir as atrações da festa da sua cidade, Newton reagiu, repetindo a antiga propaganda: “a peste é que fica aqui; eu vou é pra Ibicuí”. E foi.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Capitão Azevedo, desde ontem, estava propenso a não ir à missa pelos 70 anos do ex-prefeito e parceiro Fernando Gomes, às 18h, na Catedral de São José. E não vai.
Hoje, sumiu da cidade. Teria seguido as orientações do seu conselheiro-mor, Gilson Nascimento, secretário de administração, para não aparecer na homenagem. Isso, se FG não o convocar via telefone mesmo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Diário Bahia

Estudantes de cursos de licenciatura da Uesc se dizem revoltados com a ProEx (Pró-reitoria de Extensão), porque o setor estaria contratando estagiários para atuar no programa TOPA (Todos Pela Alfabetização) sem abrir edital.

Após o último processo seletivo, quando foram escolhidos alguns estagiários, teriam sobrado vagas e estas foram ocupadas sem que houvesse um novo edital.

Segundo relatos, há até alunos de Fisioterapia trabalhando no projeto (a vaga, vale lembrar, é para quem cursa licenciatura).

Aos estagiários, que recebem uma Bolsa-auxílio, cabe organizar material de trabalho e fazer viagens aos núcleos do programa sob responsabilidade da Uesc.

A abertura de editais e a seleção de estagiários, além de uma oportunidade de aprendizado, é uma forma de ajudar os estudantes a se manterem na instituição, já que ganham a tal bolsa.

Entretanto, como se queixam alguns alunos, não estão claros os critérios para escolha de estagiários do Topa.

Seria apenas uma mera pergunta do tipo: “Tem um estágio pra você, topa?”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma carreta proveniente de Minas Gerais capotou no ínicio da manhã de hoje em uma curva na BR-415, nas imediações da empresa Butano, em Itabuna. Não houve vítimas, mas a carga de 40 toneladas de feijão se esparramou no asfalto e fez a festa de muita gente, que levou grande quantidade do alimento para casa.
A Polícia Rodoviária Estadual teve que montar barreiras para evitar novo acidente, devido à invasão da pista por populares. Funcionários da Padim, empresa para onde iria o feijão, foram mobilizados para tentar recuperar parte da carga.

Tempo de leitura: 2 minutos
.

Ricardo Ribeiro | ricardoribeiro@pimentanamuqueca.com.br
É quase um consenso que a última passagem de Fernando Gomes pela Prefeitura de Itabuna foi desastrosa. Nos últimos quatro anos, a cidade não viu nenhuma obra importante e ainda assistiu ao abandono das ações sociais e ao total sucateamento da saúde.
A mortalidade no Hospital de Base quadruplicou, a negligência da Secretaria Municipal de Saúde garantiu à cidade o título de campeã nacional em dengue, a verba do setor foi desviada por larápios, a gestão plena da saúde foi perdida. Tudo isso, num fatídico período de quatro anos.
No entanto, o ex-prefeito, que hoje completa 70 anos, afirma que este seu último governo foi o melhor da história. E, para explicar porque toda a cidade pensa de maneira diferente, ele teoriza: “o problema foi que eu gastei pouco em divulgação”.
Aos que pensam que o septuagenário Fernando está variando ou apresentando sinais de senilidade, muito cuidado! Ele está extremamente lúcido e sabe o que diz. Fernando joga com a conhecida falta de memória do povo e a popularidade decrescente do atual prefeito, Capitão Azevedo.
Ele joga também quando diz que não é candidato. As chamadas de meia em meia hora na Rádio Difusora, com felicitações pelo aniversário e convite para a missa em homenagem ao patrão, são fortes indicativos de que tem coelho nesse mato.
Fernando amanheceu o dia dando entrevista na Maternidade Esther Gomes. Falou das dificuldades enfrentadas pelos municípios, da concentração de receitas nas mãos do governo federal, disse que a Bahia está abandonada… Sinais de uma candidatura que ele já tem dificuldades para negar. Quando perguntado se vai se lançar em mais uma disputa, o prefeito diz apenas que está de férias, ou de licença-prêmio.
No jogo em que aproveita a queda na avaliação de Azevedo, o ex-prefeito naturalmente não parte para a crítica direta. Diz, candidamente, que ainda é cedo para avaliar. E nem precisaria bater…
Raposa velha, FG contrapõe Azevedo apenas com a sua presença ostensiva na cidade, onde pretende demonstrar que tem mais prestígio que o capitão. Hoje é o dia D para Fernando, pois é o dia em que ele usará seu termômetro para aferir a temperatura eleitoral do município. Já Azevedo usou o desconfiômetro e escafedeu-se de Itabuna neste 30 de junho. Longe da cidade, ele está livre da obrigação de bater “parabéns pra você”.
Ricardo Ribeiro é um dos blogueiros do Pimenta.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ginásio será entregue na próxima sexta (Cristiano Cruz).
Ginásio será entregue na sexta (Cristiano Cruz).

O governador Jaques Wagner visitará Ubatã, na próxima sexta-feira, 3. Junto com o prefeito Agilson Muniz (PCdoB), o governador entrega o ginásio de esportes do município sul-baiano “novinho em folha”.
O equipamento esportivo foi recuperado pela prefeitura e a Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb). Ainda está previsto o anúncio de novas ações do estado em Ubatã.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O fotógrafo alemão Peter Lindbergh, um dos mais respeitados no ramo da moda no mundo, deu o alerta e está encontrando seguidores: está na hora de reduzir a quantidade de retoques em fotos de modelos e manequins. A ideia é relevar (e, veja só, revelar) a beleza “original” das pessoas, que devem assumir suas imperfeições físicas sem neuras.
O assunto ganhou as páginas da revista Época desta semana (clique aqui), que traz, além da ex-modelo Luiza Brunet, 47 anos, ícone da beleza brasileira nos anos 80, algumas das maiores tops brasileiras de cara limpa.
“A alteração das imagens teve um peso muito grande na forma como definimos visualmente as mulheres”, disse Peter Lindbergh, recentemente, ao The New York Times.
Traduzindo: quem vê a foto (abaixo, esq.) de autoria de Pedro Augusto, defensor maior do Photoshop em Itabuna, não consegue dimensionar a imagem real da professora Miralva Moitinho, diretora da Direc-7.
Quem também dá uma boa opinião sobre o assunto é a própria Luiza Brunet. “Envelhecer é irreversível, e toda idade tem sua beleza”.

Miralva após o Photoshop e a imagem sem retoques de Brunet.
Miralva após o Photoshop e a imagem sem retoques de Brunet.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Prefeitos de todo o País estarão em Brasília nos dias 14, 15 e 16 de julho, não para uma pós-graduação em mutretas no Senado, mas para participar da XII Marcha em Defesa dos Municípios. O evento é organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).
Segundo o prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite, que preside a Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), a atividade abre espaço para que seja discutido o acesso a políticas públicas e proporciona “contatos institucionais”.
A União dos Municípios da Bahia (UPB) oferecerá algumas comodidades aos prefeitos. Eles terão, por exemplo, vans à disposição para o traslado do aeroporto para o hotel e deste para o local onde haverá o encontro dos alcaides com as autoridades federais.
Estão previstas a participação do presidente Lula, ministros, senadores e deputados.

Tempo de leitura: < 1 minuto

JACKSON: secretários em pânico.
JACKSON: secretários em pânico.

O prefeito Jackson Rezende deixou o seu secretariado em pânico. Numa reunião de rotina, ele informou que fará mudanças radicais em sua equipe de trabalho. E avisou que três secretários, pelo menos, serão demitidos em julho.
De lá para cá, muitos deles e demais comissionados estão sem dormir e outros reclamam da ingerência cada vez maior de um estudante de direito, de prenome Gênesis. A queixa dos secretários é de que Jackson Rezende só tem ouvidos para o pupilo. Gênesis controla desde as ligações telefônicas a horário de chegada e saída dos secretários. Engessou a administração.
Jackson Rezende abriu a temporada de demissões em Itapé antes do São João. Dawisson Matos, o Calango da Ótica, foi demitido do cargo de secretário de esporte e lazer, no dia 16. O prefeito assumiu no dia 2 de maio, após vencer eleição complementar realizada em 29 de março (confira).
Muitos acreditavam que o ex-prefeito Pedro Jackson, o Pedrão, continuaria mandando. O seu ex-vice assumiu o governo, manteve alguns nomes de Pedrão, mas começou a fase do “eject”.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Congresso tem sido alvo de inúmeras denúncias, nos últimos meses. Deputados e senadores amanhecem o dia pensando o quanto a situação ainda pode piorar. A natureza deu hoje uma mostra de que o tempo vai pernanecer instável nas casas legislativas por um bom tempo...
Denúncias de atos secretos, favorecimento a parentes em contratos milionários... Dia após dia, deputados e senadores acordam pensando o quanto a situação ainda pode piorar. Se a neblina que encobria o Congresso hoje pela manhã pode servir de aviso, o tempo deve pernanecer instável em Brasília por um bom tempo ainda. Convém deixar barbas e bigodes de molho... Foto: Antonio Cruz/ABr

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

O reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Naomar Almeida, vai participar de uma sessão especial na Câmara de Vereadores de Itabuna, na próxima segunda-feira (06), a partir das 8h30min da manhã. No evento, o reitor falará sobre a possibilidade de ser instalada uma extensão da Ufba em Itabuna, para atender a todo o sul da Bahia.
A sessão foi convocada pelo legislativo municipal a pedido do vereador Wenceslau Júnior (PCdoB), que tem se empenhado politicamente para viabilizar o projeto da extensão.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Leandro Alves da Silva, 18 anos, conhecido como Leo Churrasco, foi um dos bandidos mortos pela polícia no último sábado (27), no bairro Corbiniano Freire, em Itabuna.
A alcunha de Leandro gerou confusão, pois há outro bandido conhecido como Churrasco, que mete medo em moradores dos bairros Santa Inês e Antique. Esse continua vivíssimo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Moradores dos bairros São Roque, Fátima, Monte Cristo e adjacências estão sofrendo um pouco mais do que o restante da população com a falta d’água. Durante a execução das obras da Ponte do Antique, a adutora que fornece água a essas localidades foi danificada, interrompendo o fornecimento.
A cidade já enfrenta 60 dias de racionamento, por conta das obras de ampliação da Estação de Tratamento de Água do São Lourenço. A Emasa promete o conserto da adutora e o restabelecimento do fornecimento para as próximas 48 horas.

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Parte de uma casa desabou hoje à tarde, na rua Santa Catarina, bairro da Conceição. No imóvel, está sendo realizada uma reforma e, segundo informações, o acidente teria sido causado por problemas estruturais.
Um Volkswagen Fox, que estava estacionado em frente à residência, foi atingido pelo desabamento.
(foto Duda Lessa)