Tempo de leitura: 2 minutos

Famílias inteiras e uma tarde de arte, cultura e lazer na Praça Rio Cachoeira, em Itabuna, no último domingo (24), marcou a celebração de chegada da Primavera no município sul-baiano. Promovida pela Associação de Artesãos do Sul da Bahia (Aasba), a Exposição Flores & Cores contou com exposição de artesanato, contação de histórias, música ao vivo, feira PET com participação da ONG Bicharada, espaço do microempreendedor e lazer para a criançada.

“Contamos com um ótimo público que conheceu e adquiriu nossos produtos e pôde usar os serviços oferecidos, além de desfrutar de lazer com suas famílias”, afirmou Flavia Layane Oliveira, artesã e presidente da Aasba.

A servidora pública Gildete Vitória Vaz gostou da tarde na Beira-Rio. “A feira está muito bonita, bem organizada, com oferecimento de produtos variados e de qualidade, com opções de vestuário, bijus, decoração, alimentos, com preços coerentes com nossa realidade e o atendimento excelente!”, disse ela, que parabenizou os organizadores e artesãos.

A advogada Danielle Dias Novais considerou a feira muito bem organizada. “Temos aqui vastas opções de artesanatos de qualidade a preços acessíveis. Achei muito interessante a feira de adoção de animais e o cuidado dispensado a eles. Gostei também da barraca de retratos pintados a mão, uma obra de arte, lindíssimos! Apreciei as opções de lanches deliciosos e lazer para crianças. Gostei muito. Parabéns a todos artesãos envolvidos e aos organizadores”, declarou.

ARTE NA PRAÇA

A Aasba planeja promover a feira mensalmente e já denominou a marca “Arte na Praça”. “Queremos ampliar a participação das pessoas que fazem artes e cultura na nossa cidade e região. Ilhéus vem realizando feiras de sucesso. Queremos fortalecer Itabuna e atrair cada vez mais visitantes”, disse Flávia Oliveira.

A dirigente agradeceu aos colaboradores: “Queremos especialmente agradecer a participação de todos os expositores, aos artistas que se apresentaram, a prefeitura através das suas secretarias pelo apoio oferecido, aos órgãos de imprensa pela divulgação. Sem eles não seria possível o sucesso do nosso evento”, disse a presidente da Aasba, Flávia Oliveira.

Inscrições em cursos profissionalizantes começam na segunda-feira || Foto Pedro Augusto
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS) de Itabuna abre, na segunda-feira (10), as inscrições para nove cursos ofertados na Escola Profissionalizante Maria de Lourdes Monteiro, na rua São Vicente de Paulo, no centro da cidade. Serão ofertadas 750 vagas. O candidato pode se inscrever das 8h30min às 19h até o dia 18.

As vagas são destinadas para jovens que tenham o ensino fundamental completo e desejam se capacitar nos cursos de Corte e Costura, Artesanato, Bordado, Pintura, Arte Culinária, Cabeleireiro, Crochê, Informática e Manicure. A SEMPS adiantou que neste semestre não será ofertado o Curso de Estética.

As senhas serão distribuídas a partir das 8h. Mas atenção: no primeiro dia, segunda-feira, serão feitas somente as inscrições para os cursos de Corte, Costura e Artesanato. Na terça-feira, será a vez de quem busca uma vaga nos cursos de Bordado e Pintura.

Na quarta-feira (12), quem deve se dirigir à unidade são os candidatos a uma vaga no Curso de Cabeleireiro. Na quinta, será feita a inscrição dos candidatos às vagas de Manicure e Crochê. Na sexta-feira (14), deve dirigir à Escola Profissionalizante os candidatos ao Curso de Arte e Culinária. No dia 18, as inscrições serão para o Curso de Informática.

No ato da matrícula é necessário apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, Título de Eleitor, comprovante de residência e número do NIS. Além disso, é necessário ter idade mínima de 16 anos e ser morador de Itabuna. As aulas começam no dia 24 deste mês.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, a Associação dos Artesãos do Sul da Bahia (AASBA), promove exposição de cultura e artesanato na Praça José Bastos, centro de Itabuna, das 14h às 21h.

A Exposição contará com apresentações culturais, música ao vivo, com voz e violão, recital de poesias, roda de capoeira, oficinas de artesanato, feira de adoção de pets em uma parceria com a ONG Bicharada e roda de conversa com professores da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Também serão ofertados serviços gratuitos de saúde, esclarecimentos jurídicos, serviço de orientação do MEI (Microempreendedor Individual) e linhas de crédito para o Microempreendedor Individual. “É uma oportunidade de mostrarmos os trabalhos desenvolvidos pelos artesãos filiados a nossa associação, como também levar alegria e prestação de serviços a nossa comunidade”, disse Flávia Oliveira, presidente da AASBA.

A exposição conta com a parceria do Conselho da Mulher, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Caixa Econômica Federal, UNEX/UniFTC, Cesol, Ong Bicharada, Yogando, grupo de capoeira Cordão de Ouro, Corpo de Bombeiros, INSS e Prefeitura de Itabuna (Secretaria da Indústria e Comércio) e Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).

Artesanato produzido pela Associação é exposto durante feira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta quinta-feira (1º), Associação de Artesãos do Sul da Bahia (AASBA) promove feira de artesanato pelos 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas, em Itabuna. O evento é promovido em parceria com o Conselho dos Direitos da Mulher (Consemdami). Será das 13h às 16h, no espaço externo da Câmara de Vereadores, na Beira-Rio.

De acordo com Flávia Layane Oliveira, presidenta da AASBA, além de expor o que é produzido pelos membros da associação, a Feira tem a finalidade de conscientizar a população sobre os diferentes tipos de agressão contra meninas e mulheres em todo o mundo.

SESSÃO ESPECIAL

Os 21 de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres é uma mobilização anual, empreendida por diversos atores da sociedade civil e do poder público em todo o mundo. O evento é celebrado mundialmente no dia 25 de novembro. Já no Brasil, acontece de 20 de novembro a 10 de dezembro.

A programação dos 21 Dias de Ativismo tem início em 20 de novembro, que é o Dia da Consciência Negra, considerando a dupla vulnerabilidade da mulher negra. “Convidamos a população a participar de nossa feira”, disse Flávia Layane, lembrando que ainda hoje há uma sessão especial, na Câmara, às 14h. A sessão foi proposta pela vereadorada Wilmaci Oliveira (PCdoB).

Público pôde conhecer as produções do artesanato de Uruçuca
Tempo de leitura: < 1 minuto

O primeiro Calçadão Cultural movimentou a Praça Miguel Baracho, no centro da Uruçuca, no último final de semana. O público pôde curtir apresentações musicais de Jorge e Dudu, Alcione – A índia do Arrocha, Roberto KiPancada e convidados, além de conferir as produções do artesanato local no Calçadão.

Lívia Barbosa, diretora de Cultura do município, considera o evento importante e necessário, que alimenta a cultura no município e proporciona momentos de lazer e integração para diversos grupos, desde agentes culturais a comerciantes locais e público em geral. “O Calçadão Cultural valoriza nossos artistas, movimenta a economia e leva alegria à comunidade”, frisou.

O evento contou com apoios como os da Câmara de Vereadores, comerciantes e associações locais. “O evento foi um sucesso! Sem falar no apoio da Polícia Militar, que esteve presente para que as pessoas pudessem aproveitar o momento em segurança”, disse Lívia Barbosa.

A primeira edição do projeto estava marcada para o fim de semana do Carnaval, porém, em decorrência do decreto municipal que proibia festas de rua, foi adiado para esta semana, casando bem com período de baixa no número de casos de Covid-19 no município.