Jerônimo comanda Grupo de Transição Governamental
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Grupo de Transição Governamental teve sua primeira reunião coordenada pelo governador eleito Jerônimo Rodrigues (PT), nesta segunda-feira (7). O vice-governador eleito Geraldo Júnior, Geraldinho (MDB), também participou do encontro realizado na sede da Agência de Fomento do Estado, a Desenbahia, em Salvador.

“Nós fazemos parte do mesmo projeto político, mas estamos dando início a um novo Governo, que vai ser renovado com muito trabalho e determinação. Este grupo tem como tarefa prioritária detalhar as ações concretas que começaremos a realizar a partir de 1º de janeiro, com base no que estabelecemos em nosso Programa de Governo Participativo”, explicou Jerônimo.

Além da coordenação dos mandatários eleitos, o grupo de transição é formado por Luiz Caetano, secretário de Relações Institucionais (Serin); Carlos Mello, secretário da Casa Civil em exercício; Marcus Cavancanti, secretário da Infraestrutura (Seinfra); Fabya Reis, secretária de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi); Roberta Silva de Carvalho Santana, chefe de Gabinete da Secretaria da Saúde (Sesab); Adolpho Loyola, Assistente Especial do Quadro Especial da Casa Civil; e Felipe Freitas, doutor em Direito pela UnB e professor do corpo permanente do Programa de Pós-Graduação do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

Até o início da próxima gestão, em 1º de janeiro de 2023, órgãos e entidades integrantes do Poder Executivo deverão atender às demandas apresentadas pelo grupo de trabalho. Além dos integrantes oficiais, a equipe pode convidar pessoas de notória competência para as reuniões, com o objetivo de emitirem pareceres sobre assuntos de suas áreas de conhecimento.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O candidato a governador da Bahia pelo PT, Jerônimo Rodrigues, participará de caminhada no Centro de Itabuna, no sul da Bahia, na próxima quarta-feira (17), às 15h. Com ponto de partida no Jardim do Ó, o ato também contará com a presença do senador Otto Alencar (PSD), candidato à reeleição; e do postulante a vice-governador e presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Júnior, Geraldinho (MDB).

A escolha de Itabuna para ato no segundo dia oficial de campanha indica a relevância que a estratégia da coligação liderada pelo PT atribui à região sul do estado. No dia 4 de junho passado, a cidade foi palco de um dos maiores atos da pré-campanha de Jerônimo, na edição regional do Programa de Governo Participativo (PGP), com a presença de mais de 8 mil pessoas, segundo os organizadores.

Tempo de leitura: 2 minutos

O PT homologou, nesta sexta-feira (29), em Salvador, a candidatura de Jerônimo Rodrigues ao Governo da Bahia. No mesmo ato, o partido formalizou 57 candidaturas para as eleições proporcionais, sendo 27 à Câmara dos Deputados e 30 à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Na convenção, Jerônimo disse que sente orgulho de representar o projeto político que tem à frente, na Bahia, o governador Rui Costa e o senador Jaques Wagner e, no cenário nacional, o ex-presidente Lula.

Ex-secretário de Desenvolvimento Rural e de Educação da Bahia, ele também afirmou que apenas os partidos de esquerda permitem o acesso de pessoas de origem humilde às grandes disputas políticas. “O PT vai ter um governador professor, negro, descendente de índio, nascido na roça, de origem pobre, filho de uma costureira e um vaqueiro. Nenhum partido a não ser dos campos da esquerda fazem isso”.

TRAJETÓRIA

Jerônimo Rodrigues, 57, nasceu no povoado de Palmeirinha, zona rural de Aiquara, município do Médio Rio de Contas. Aos 9 anos, deixou a terra natal para estudar em Jequié, onde concluiu a educação básica. Cursou Engenharia Agrônoma na Universidade Federal da Bahia (UFBA), campus de Cruz das Almas.

Foi nesse período que ingressou no movimento estudantil e, em 1987, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores. Também na UFBA, fez mestrado em Agronomia. De volta a Aiquara, exerceu os cargos de professor do Colégio Municipal Américo Souto e de secretário Municipal de Agricultura.

Desde o início do primeiro governo Wagner, em 2007, Jerônimo ocupou diferentes postos na gestão estadual e, em 2015, tornou-se secretário de Desenvolvimento Rural, depois de ter coordenado o programa de governo de Rui Costa. No pleito seguinte, em 2018, coordenou a campanha de reeleição do atual governador. De 2019 a março de 2022, foi secretário de Educação da Bahia, cargo que deixou em razão da candidatura.

Na eleição deste ano, tem ao seu lado o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Júnior, Geraldinho (MDB), que será oficializado candidato a vice-governador da Bahia na convenção dos partidos da base governista, neste sábado (30), às 9h, no Parque de Exposições de Salvador. A chapa majoritária também é composta pelo senador Otto Alencar (PSD), candidato à reeleição.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O pré-candidato do PT ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, participa do ato de 2 de Julho, em Salvador, neste sábado, acompanhado do presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva.

“É uma alegria para a Bahia voltar a fazer o que fez há quase 200 anos: construir a independência para que o Brasil sonhe com a esperança, com emprego, com trabalho. A nossa caminhada é para garantir a dignidade restabelecida, com Lula presidente”, declarou Jerônimo, ao chegar no Largo da Lapinha.

O governador Rui Costa e o senador Jaques Wagner, ambos do PT, também participam da celebração dos 199 anos da Independência do Brasil na Bahia, a exemplo do pré-candidato a vice-governador Geraldo Júnior (MDB) e do senador Otto Alencar (PSD), pré-candidato à reeleição.

Após as festividades, o grupo governista segue com Lula para ato político no estacionamento da Arena Fonte Nova.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O pré-candidato ao Governo da Bahia pelo PT, Jerônimo Rodrigues, comanda dois encontros de construção do Programa de Governo Participativo (PGP), em Ilhéus e Itabuna, neste final de semana.

A cidade litorânea recebe a plenária da educação, nesta sexta (3), às 17h, no Hotel Praia do Sol. Já em Itabuna a reunião será no sábado (4), na Avenida Princesa Isabel, próximo à Prefeitura, no São Caetano.

Acompanham Jerônimo o pré-candidato a vice-governador Geraldo Júnior (MDB) e o senador Otto Alencar (PSD), pré-candidato à reeleição, além de lideranças do sul da Bahia.

Tempo de leitura: 2 minutos

A pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao Governo da Bahia tem o apoio de dez dos treze prefeitos dos municípios do território do Médio Sudoeste da Bahia. São eles: prefeito de Iguaí, Rony Moitinho (PSD), Itororó, Paulo Rios (PP); Itarantim, Fábio Gusmão (PSD); Itambé, Candinho Araújo (PSD); Macarani, Selma Souto (PSD); Nova Canaã, Marival Fraga (PP); Ibicuí, Marcos Galvão (PSD); Potiraguá, Jorge Cheles (PP); Caatiba, Tânia Ribeiro (PSD); e Firmino Alves, Fabiano Santana (PDT).

O prefeito Marival Fraga, do Progressistas, afirmou que os prefeitos do PP e os eleitores da sua cidade estão com Lula e Jerônimo nestas eleições. “Eu e mais 90% dos prefeitos do PP na Bahia apoiam Jerônimo e Geraldo Júnior. Na eleição passada, 95% dos votos de Nova Canaã foram para Rui Costa e a cidade está totalmente fechada com Jerônimo e Lula”, disse o gestor na plenária do Programa de Governo Participativo, em Itapetinga, neste domingo (29).

Prefeito de Iguaí e presidente do Consórcio Intermunicipal do Médio Sudoeste, Rony Moitinho conclamou os colegas prefeitos a militarem em favor da candidatura de Jerônimo. “A minha vinda aqui é um símbolo da minha militância. Não temos dúvida que a vitória de Lula, presidente da República, de Jerônimo, governador, e Geraldo Júnior, vice, está escrita, e a vitória de Lula e Jerônimo significa a vitória do povo baiano, da Bahia e do Brasil”.

Já a prefeita de Macarani, Selma Souto (PSD), agradeceu ao governador Rui Costa (PT) pela atenção dada ao município durante as chuvas de dezembro de 2021. “Estamos aqui porque queremos o melhor para nossa Bahia. Temos um governador que nos momentos difíceis nos dá as mãos”.

“Em Macarani”, continuou a prefeita, “quando as casas desabavam, as ruas e distritos ficavam isolados, no primeiro momento, tivemos o apoio do governador. Rui é um governador que honra os compromissos com o povo e tenho certeza que Jerônimo dará continuidade a esse trabalho”, declarou Selma, ao informar que todas as ruas atingidas pelos temporais já foram repavimentadas e 60 novas casas vão ser construídas para atender as famílias atingidas.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O União Brasil – partido do pré-candidato ACM Neto – protocolou, nesta sexta-feira (13), uma representação eleitoral contra os pré-candidatos a governador e a vice-governador, Jerônimo Rodrigues (PT) e Geraldo Júnior (MDB), respectivamente.

O partido aponta que a dupla vem participando rotineiramente de eventos do Estado, ao lado do governador Rui Costa (PT), como assinaturas de convênio e entregas de equipamentos adquiridos pelo poder estadual, o que, na visão dos oposicionistas, violaria os princípios da isonomia na disputa eleitoral.

O União Brasil pede que Jerônimo Rodrigues e Geraldo Júnior sejam multados e investigados sobre eventual ato de improbidade administrativa. Do Metro1.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O ministro Kassio Nunes Marques encaminhou ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) o pedido liminar do União Brasil (UB) contra a reeleição de Geraldo Júnior, Geraldinho (MDB), para a presidência da Câmara de Vereadores de Salvador.

No despacho desta terça-feira (3), o ministro acionou a Lei nº 9.882, de 03 de Dezembro de 1999, que, no seu quinto artigo, prevê que o julgamento de pedido liminar em arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF), tipo da ação movida pelo UB, cabe ao plenário da Corte.

Geraldinho está no segundo mandato à frente da Mesa Diretora. No fim de março, conseguiu antecipar a eleição interna do próximo ano e foi reconduzido ao cargo.

O pano de fundo da recondução foi a entrada do seu partido, o MDB, na base do governador Rui Costa (PT). Na composição, o vereador tornou-se pré-candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo petista Jerônimo Rodrigues. Redação, com informações da Rádio Metrópole. Atualizado às 13h53min.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-prefeito Fernando Gomes (PTC) promete responder elevar a temperatura no embate com o vice-prefeito de Itabuna, Enderson Guinho (UB), neste sábado (30), no Frequência Política, que vai ao ar nas rádios Difusora AM e Interativa FM, a partir das 10h.

Guinho disse que não sobe no palanque em que Fernando estiver, embora ambos apoiem ACM Neto. O vice-prefeito é adversário ferrenho de Fernando desde o tempo em que era vereador (2017-2020).

Do programa ainda participam o deputado Sandro Regis (UB), e o presidente da Câmara de Salvador, Geraldinho (MDB), que é candidato a vice-governador da Bahia na chapa do petista Jerônimo Rodrigues. O Frequência Política é apresentado por Binho Shalon e João Matheus.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa afirmou que a trajetória de vida de Jerônimo Rodrigues, pré-candidato a governador da Bahia pelo PT, lembra a sua história e também a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo Rui, os três têm em comum a origem humilde, a presença da educação familiar e a força de vontade de transformar a própria vida e a sociedade.

Rui fez a comparação com os correligionários do PT nesta quarta-feira (27), em entrevista à Juazeiro AM, acompanhado por Jerônimo e pelo pré-candidato a vice-governador Geraldo Júnior, Geraldinho (MDB).

Conforme o governador, a origem das pessoas influencia muito em sua forma de perceber as relações da vida. “Minha mãe dizia que a cabeça do ser humano pensa, toma uma decisão, por onde nossos pés pisaram e pisam. Se nossos pés sempre pisaram em tapete de luxo, em mármore, a cabeça nossa não pensa como a maioria do povo vive”, disse Rui, que costuma recorrer aos ensinamentos de dona Maria Luiza Costa Santos, já falecida, para ilustrar seus argumentos.

Nascido e criado na Liberdade, bairro popular de Salvador, Rui Costa lembra que Jerônimo vem da zona rural da pequena Aiquara, da região do Médio Rio de Contas, filho de um vaqueiro com uma costureira. “Isso faz toda a diferença porque, se na história do Brasil, Lula foi o melhor presidente que já passou pela presidência [da República], foi porque ele caminhou por onde o povo caminhou, sentiu a mesma dor e dificuldade do nosso povo”, completou.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comandará o lançamento da pré-candidatura do secretário de Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), a governador, nesta quinta-feira (31), às 14h, no espaço Wet, em Salvador. Lula também confirmará seu apoio ao senador Otto Alencar (PSD) como pré-candidato à reeleição.

O ato contará com a presença do governador Rui Costa (PT), do senador Jaques Wagner (PT) e de lideranças dos partidos da base governista.

Nesta quarta (30), o nome do presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior, do MDB, é dado como praticamente certo para a vice de Jerônimo Rodrigues. Geraldinho, como é conhecido, desembarca do grupo de ACM Neto e da base do prefeito de Salvador, Bruno Reis, ambos do União Brasil.