Juliana Soledade escreve sobre o nobre Jorge, falecido nesta sexta-feira (29) || Foto Arquivo Pessoal
Tempo de leitura: 2 minutos

 

Jorge ressoava o amor ao sagrado ao som suave dos maracás, sentia através dos hinos o poder ilimitado de Deus e sorria feliz.

 

Juliana Soledade

Jorge Nobre de Carvalho seguiu entre Jagube, Rainha, Cacau e as Sete Estrelas no altar celestial, deixando um lastro extraordinário de amor, firmamento e disciplina. Levou o seu sobrenome como um dever a ser seguido em sua caminhada: carregado de Nobreza; fortalecido e gigante como um Carvalho.

Como advogado um colossal se formava diante do júri, mas em nenhum momento com fala, gestos ou ações prepotentes; ao avesso, um profissional gentil, certeiro e ético. Extremamente organizado, técnico e pontual.

Criou três filhos amorosos, zelosos e cheios de coragem – aqui deixo meu abraço apertado a Candinha e Moisés -, seis lindos netos que se orgulhava em apresentar; Nadir, seu grande encontro de amor nessa existência; e muitas centenas de amigos e admiradores.

Um mestre que nunca baixou a guarda. Nem nos momentos mais difíceis. Alegava que uma mente sã abrigava um corpo são, ainda que ele estivesse debilitado. Ensinou o poder da mente em não se permitir cair. Eu, pequena e frágil, nunca tive coragem de verbalizar a ele que estávamos travando batalhas semelhantes. E ainda assim, me fazia refletir sobre a vida para sair do centro e deixar a doença no lugar dela, nem maior nem menor, exatamente do tamanho que ela tem.

Jorge ressoava o amor ao sagrado ao som suave dos maracás, sentia através dos hinos o poder ilimitado de Deus e sorria feliz. Quem tinha olhos para ver, enxergava a sua luminosa áurea circundante pairando entre vozes que atingiam o reino astral.

Ouvi diversas vezes de sua voz incomparável: “Estimada e doce amiga, apesar da pouca idade, tem compreensão para entender o que vou dizer…”, e sempre estava a aprender, humildemente, sobre o amor divino, simplicidade e inquietações. Ouvi sobre Deus, sobre viagens astrais e do quanto era abençoado. Era um exímio leitor. Nunca deixou um único texto sem uma boa réplica rica em ensinamentos nas entrelinhas ou uma dica que me traria riqueza espiritual.

Fundador da Casa da Paz, um lugar de equilíbrio, sensatez e verdade. Ele conseguia ligar o céu e a terra na mais perfeita maestria. Percursor do Santo Daime no sul da Bahia, sempre diante boas condutas e honradez.

O comandante agora seguirá noutros planos espirituais, guiando uma nave repleta de luz, cristais e flores coloridas que plantou na floresta encantada. Vez e sempre a saudade vai inquietar. Vai incomodar, mas vou olhar para o céu e imaginar o lindo paraíso que me disse viveria.

“Um raio de luz, brilha e faz brilhar…!”.

Por aqui, a sua missão foi brilhantemente cumprida, Mestre. Sou feliz de ter coexistido no mesmo tempo e espaço que o seu. A luz é o teu caminho, padrinho. Segue nela!

Com carinho e respeito,

Juliana Soledade é escritora, advogada, empresária e teóloga.

Vacina contra a varíola do macaco só deve chegar em setembro|| Foto Nikos Pekiaridis/NurPhoto/
Tempo de leitura: 3 minutos

As primeiras doses da vacina contra a varíola dos macacos (monkeypox, em inglês) destinadas ao Brasil deverão chegar em setembro, informaram nesta sexta-feira (29)o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Daniel Pereira, e o secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Arnaldo Medeiros. Cerca de 20 mil doses desembarcarão no país em setembro; e 30 mil, em outubro.

Apenas profissionais de saúde que manipulam as amostras recolhidas de pacientes e pessoas que tiveram contato direto com doentes serão vacinados. O esquema de vacinação será feito em duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas.

A aquisição será feita por meio de convênio com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) porque a empresa dinamarquesa produtora da vacina não-replicante não tem escritório no Brasil nem pretende abrir representação no país. “Existe um pedido da Opas para a aquisição de 100 mil doses de vacinas para as Américas. Dessas 100 mil doses, 50 mil serão adquiridas pelo Ministério da Saúde”, detalhou Medeiros.

Os secretários do Ministério da Saúde concederam, nesta tarde, entrevista coletiva para explicarem as ações da pasta, no dia da inauguração do Centro de Operação de Emergência (COE), que coordenará os trabalhos de monitoramento e de combate à doença.

Segundo o secretário de Vigilância Sanitária, o ministério informou que não haverá campanha de vacinação em massa porque não existe recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). “A OMS não preconiza uma vacinação em massa, então a gente não está falando de uma campanha de vacinação como falávamos para a covid-19. São vírus absolutamente distintos, é uma clínica absolutamente distinta, um contágio absolutamente diferente, uma letalidade diferente. São doenças absolutamente distintas”, justificou.

Embora, neste primeiro momento, o Brasil compre as doses de uma empresa dinamarquesa, Medeiros não descartou a possibilidade de que, no futuro, o Ministério da Saúde compre doses do Instituto Butantan ou do Laboratório de Manguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz, caso essas unidades produzam algum imunizante não-replicável contra a varíola dos macacos e caso haja necessidade.

Leia Mais

Bahia joga mal, mas vence time ameaçado de rebaixamento|| Foto Felipe Oliveira/EC Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

Mesmo sem muita inspiração de seus jogadores, o Bahia conseguiu somar mais três pontos na Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta sexta-feira (29), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Os gols do Tricolor de Aço foram marcados no segundo tempo, por  Ignácio, Matheus Davó e Everton.

Com o resultado, o Bahia chegou a terceira colocação, com 37 pontos, um a menos que o Vasco. O time comandado pelo treinador Enderson Moreira abriu sete pontos para o Sport,  quinto colocado. O líder insolado da Série B, com 45 pontos, é o Cruzeiro. O time mineiro ainda entra em campo na rodada. Enfrenta o Brusque, em Santa Catarina, neste sábado (30).

O Bahia voltou a vencer na Fonte  Nova depois de cinco jogos. Foram três empates e uma derrota pela Série B. Além disso, perdeu por 2 a 1 para o Athletico-PR pela Copa do Brasil. O Tricolor de Aço volta a jogar no próximo sábado (6), novamente em Salvador, às 16h30min, contra o CSA.

Fazenda na Bahia é acusada de trabalho escravo|| Foto divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia instaurou inquérito para investigar o responsável por  uma fazenda de café no sudoeste do estado.  O dono da propriedade rural no município baiano de Barra do Choça é acusado de manter 20 lavradores em condições análogas à escravidão.

Os operários foram encontrados trabalhando em condições degradantes no dia 11 de julho por uma equipe de auditores-fiscais do Ministério do Trabalho e Previdência que realizavam uma inspeção de rotina nas áreas de colheita da região. Eles se depararam com um quadro grave de submissão a condições análogas à escravidão.

Apesar de convocado para uma audiência dois dias após a retirada de parte dos lavradores da propriedade, o identificado como Alberto Juramar Lemos Andrade, não compareceu, segundo o MPT.

Os auditores do trabalho encontraram cerca de 100 trabalhadores atuando na colheita manual de café da Fazenda Gaviãozinho. Ao todo foram entrevistados cerca de 100 trabalhadores, sendo que a grande maioria fazia atividade de colheita manual de café. Foram identificadas diversas irregularidades trabalhistas, segundo os auditores.

Nenhum deles tinha sua atividade registrada em carteira de trabalho, mas o caso mais grave foi a situação de um grupo específico de 20 pessoas, que devido à degradância nas condições de alojamento e uso de equipamentos de proteção foram classificados como mão de obra escrava.

MEDIDAS JUDICIAIS

A unidade do MPT de Vitória da Conquista, que apura os fatos, estuda a adoção de medidas judiciais contra o empregador para garantir o pagamento de verbas rescisórias e indenização às vítimas e à sociedade. A principal peça do inquérito está em fase de elaboração pela equipe de auditores-fiscais que fez o resgate. Trata-se do relatório de inspeção, com o detalhamento das irregularidades encontradas.

Em comunicação prévia com o MPT, a Superintendência Regional do Trabalho (SRT-BA) listou problemas como preparo de refeições no interior dos quartos ausência de local para guarda e conservação dos alimentos, não fornecimento de roupa de cama, ausência de armário para guarda de roupas e colchões em péssimo estado.

Jerônimo, ao centro, discursa na convenção do PT
Tempo de leitura: 2 minutos

O PT homologou, nesta sexta-feira (29), em Salvador, a candidatura de Jerônimo Rodrigues ao Governo da Bahia. No mesmo ato, o partido formalizou 57 candidaturas para as eleições proporcionais, sendo 27 à Câmara dos Deputados e 30 à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Na convenção, Jerônimo disse que sente orgulho de representar o projeto político que tem à frente, na Bahia, o governador Rui Costa e o senador Jaques Wagner e, no cenário nacional, o ex-presidente Lula.

Ex-secretário de Desenvolvimento Rural e de Educação da Bahia, ele também afirmou que apenas os partidos de esquerda permitem o acesso de pessoas de origem humilde às grandes disputas políticas. “O PT vai ter um governador professor, negro, descendente de índio, nascido na roça, de origem pobre, filho de uma costureira e um vaqueiro. Nenhum partido a não ser dos campos da esquerda fazem isso”.

TRAJETÓRIA

Jerônimo Rodrigues, 57, nasceu no povoado de Palmeirinha, zona rural de Aiquara, município do Médio Rio de Contas. Aos 9 anos, deixou a terra natal para estudar em Jequié, onde concluiu a educação básica. Cursou Engenharia Agrônoma na Universidade Federal da Bahia (UFBA), campus de Cruz das Almas.

Foi nesse período que ingressou no movimento estudantil e, em 1987, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores. Também na UFBA, fez mestrado em Agronomia. De volta a Aiquara, exerceu os cargos de professor do Colégio Municipal Américo Souto e de secretário Municipal de Agricultura.

Desde o início do primeiro governo Wagner, em 2007, Jerônimo ocupou diferentes postos na gestão estadual e, em 2015, tornou-se secretário de Desenvolvimento Rural, depois de ter coordenado o programa de governo de Rui Costa. No pleito seguinte, em 2018, coordenou a campanha de reeleição do atual governador. De 2019 a março de 2022, foi secretário de Educação da Bahia, cargo que deixou em razão da candidatura.

Na eleição deste ano, tem ao seu lado o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Júnior, Geraldinho (MDB), que será oficializado candidato a vice-governador da Bahia na convenção dos partidos da base governista, neste sábado (30), às 9h, no Parque de Exposições de Salvador. A chapa majoritária também é composta pelo senador Otto Alencar (PSD), candidato à reeleição.

Povoado será palco de celebração religiosa
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nossa Senhora Santana e São Joaquim recebem, desde a última semana, homenagens no povoado do Rio do Engenho, na zona rural de Ilhéus. As celebrações chegarão ao fim neste domingo (31), com a Festa Memorial.

A programação do último dia do evento começará às 5h, momento da alvorada festiva. Depois, às 6h, será a vez do Ofício da Imaculada Conceição. Às 7h, será feita a Oração do terço de Nossa Senhora.

A procissão náutica que integra o festejo chegará ao Rio do Engenho às 8h30min, antes da animação de louvor e da Santa Missa Campal, marcada para as 10h, em frente à histórica Capela do Engenho Santana. Depois, às 11h, o povoado será palco de uma procissão ao som da banda da Polícia Militar da Bahia.

A celebração tem apoio do Sebrae, Satélite Esporte Clube de Remo, Instituto Baía do Pontal-Ilhéus (IBP-I) e Prefeitura de Ilhéus.

Zé Drone divulga novas imagens aéreas da construção da BA-649
Tempo de leitura: < 1 minuto

A produtora Zédrone Imagens Aéreas divulgou, nesta quinta-feira (28), novo vídeo do canteiro de obras da BA-649, rodovia em construção no trecho Ilhéus-Itabuna, a à direita do curso do Rio Cachoeira.

O trecho de 18 quilômetros terá quatro pontos de ligação com a BR-415. Nas imagens, é possível ver o andamento das obras da primeira ponte que conectará as duas rodovias.

No sentido Itabuna-Ilhéus, a nova estrada começa na antiga Fazenda Progresso e termina no bairro Banco da Vitória, a menos de 7 quilômetros do Centro da cidade litorânea. Segundo o Governo da Bahia, responsável pela obra, o investimento total será de R$ 141 milhões, com previsão de entrega em 2024.

Confira, abaixo, o sobrevoo de Zé Drone. Para comparar o estado atual da obra com o de maio passado, clique aqui.

Idosa pediu reencontro com a família em Ilhéus como presente de aniversário || Foto Reprodução TV Santa Cruz
Tempo de leitura: 2 minutos

A baiana Nati Vasconcelos vai completar 100 anos em dezembro. Ela pediu de presente de aniversário o reencontro com os dois irmãos, de 92 e 75 anos, que ela não via há pelo menos 75 anos, depois que deixou a cidade natal, Ilhéus, no sul da Bahia, para tentar melhores condições de vida em São Paulo.

A idosa, que mora no interior de São Paulo, pediu de presente de aniversário a localização da família em Ilhéus. O sonho se tornou realidade na quarta-feira (27), no aeroporto Jorge Amado. Sobrinhos, irmãos, netos. Uma família numerosa se concentrou no setor de desembarque.

Com flores, cartazes com frases de boas-vindas e muita ansiedade eles aguardaram o voo das 17h. A aeronave trazia Nati Vasconcelos, que deixou o município baiano ainda jovem.

O reencontro dos irmãos Vasconcelos no Aeroporto de Ilhéus foi emocionante. Nati chegou de cadeira de rodas e foi recebida com música.

Jorge de 75 anos e Anália, de 92, abraçaram forte a irmã. A busca pelos familiares na Bahia já durava anos, mas não tinha tido sucesso. “Uma irmã que eu nunca vi, quando ela saiu estava com quatro meses, novinho. Então eu só tenho alegria né”, disse Jorge, que tinha apenas quatro meses quando a irmã deixou a Bahia.

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO

No ano passado, no aniversário de 99 anos, enquanto soprava a velinha, Nati Vasconcelos pediu de presente de aniversário o reencontro com os irmãos. Diante do pedido, a família em São Paulo intensificou as buscas. “Estou feliz! Quem tem Deus tem tudo. Pedi a Deus para achar meus irmãos e achei a minha família inteira”, comemorou Nati.

“Meu coração está bem. Eu vi a minha irmã que há tantos anos eu não via. Quando ela saiu, que viajou, eu ainda estava na cama do meu pai, eu era moça noiva. Ela saiu em um mês e eu me casei no outro”, lembrou Anália, de 92 anos.

Em junho deste ano, os caminhos dos irmãos Vasconcelos se cruzaram novamente. Para realizar o sonho, a idosa enfrentou o medo e viajou de avião pela primeira vez.

“Ela nunca tinha andado de avião, nem a gente. Foi uma experiência, desejo do coração dela, desde quando começou achar um por um [parente] ela não falava sobre mais nada, só queria decolar para reencontrar os parentes e conhecer os que ela ainda não tinha conhecido”, contou Taíssa Mendes, uma das parentes da idos.

Para comemorar o reencontro dos irmãos e o centenário Nati Vasconcelos, a família pretende fazer uma grande festa, com cerca de mil convidados.

“Cem anos dela, ela faz esse ano, no dia 3 de dezembro. Então a gente está comemorando já com a família toda, foi um prazer estar aqui, essa recepção linda, maravilhosa da família e a gente está muito feliz”, disse Taíssa Mendes. Do G1.

Convite aceito, Lula respondeu a Janones: "vou te ligar"
Tempo de leitura: < 1 minuto

Pré-candidato à Presidência da República, o deputado federal André Janones (Avante-MG) aceitou o convite do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para uma conversa. À mesa, a possibilidade de uma aliança já no primeiro turno eleitoral, com a retirada da pré-candidatura do deputado.

– Bolsonaro me bloqueou, Ciro não aceitou encontrar comigo, Tebet ignorou por completo minha existência, enquanto aquele que lidera as pesquisas pediu publicamente pra conversar comigo. Humildade e democracia andam lado a lado. Convite aceito. Vamos conversar, @lulaoficial – escreveu o parlamentar mineiro, nesta sexta-feira (29), em uma rede social.

Lula respondeu prontamente, na mesma rede social. “Combinado. Política se faz com diálogo e juntando pessoas pelo bem comum. Vou te ligar”.

Fabrício e Geraldo organizaram Poesia de Aluvião, lançado pela Editora Patuá
Tempo de leitura: < 1 minuto

Acaba de sair do prelo a coletânea Poesia de Aluvião: novos territórios da literatura sul-baiana contemporânea, que reúne obras de 15 poetas da região. Os poetas Fabrício Brandão, editor da revista Diversos Afins, e Geraldo Lavigne de Lemos foram os organizadores do livro e integram a lista de autores. O produção coube à Editora Patuá.

“A obra simboliza uma conquista e, mesmo em tempos pandêmicos, foi pensada e organizada com o intuito de fortalecer a produção literária desse importante eixo da Bahia. Por isso, não há palavra mais importante para o momento do que a gratidão”, escreveu Fabrício ao noticiar a boa nova.

Capa da coletânea Poesia de Aluvião

Além de Fabrício e Geraldo, os poemas são assinados por Aleilton Fonseca, André Rosa, Daniela Galdino, Heitor Brasileiro Filho, Iolanda Costa, Leila Andrade, Lia Sena, Marcus Vinícius Rodrigues, Rita Santana, Rodrigo Melo, Tales Santos Pereira, Telma Sá e Tereza Sá.

A coletânea pode ser adquirida no site da editora (acesse aqui).

Ford Ecosport teve fabricação suspensa no Brasil, mas deixou seu legado, opina colunista
Tempo de leitura: 2 minutos

Em abril de 2003, o Brasil passou a conhecer o Ford Ecosport. Esse SUV compacto chegou ao mercado praticamente sem concorrentes, pois, nos anos 2000, somente havia a Pajero Tr4.

A Ecosport, por ser um novato no Brasil, e ter uma fisionomia aventureira (o estepe nas “costas”), logo caiu nas graças do povo.

Produzido nas versões 1.0 8v supercharger, série XL, ou nas versões XLS e XLT com motor 1.6 8 válvulas Zetec Rocam, logo ganhou os corações dos brasileiros e do mundo. Somando as duas gerações, foram mais de 1,2 milhão de unidades fabricadas em Camaçari, Bahia, para o mercado interno e para exportação.

Ele “roubava” os possíveis compradores do Honda FIT e do C3 Citroën.

Em 2004, a Ford trouxe a versão 4WD (tração integral nas 4 rodas) e o motor Duratec 2.0 16v a gasolina.

Em 2009 passou por um facelift, e esse visual perdurou até 2012.

Em 2013, ele foi totalmente repaginado, tanto no visual quanto em motorização. Ele passou a ser equipado com o motor Sigma 1.6 16v, aposentou o motor Zetec Rocam, mas não abandonou o Duratec. Assim, esses dois motores deram seguimento à carreira do jipinho da Ford.

Cinco anos depois, em 2018, recebeu seu último facelift no Brasil, continuou a sua produção com os motores Duratec, equipados nas versões mais bem equipadas de série (Titanium e Storm), e o motor Sigma passou a ter 3 cilindros, na busca de economia e esperteza ao dirigir na cidade.

Já em 2020, a Ford anunciou o fim de sua fabricação aqui no Brasil, mas esse SUV compacto, bonito, charmoso e encantador deixou o seu legado.

Foi o desbravador dessa categoria, que só cresceu desde o seu surgimento.

Ícaro Mota é consultor automotivo e diretor da I´CAR. A coluna é publicada às sextas-feiras.

Clique e confira mais no Instagram.

Crime foi cometido em 2020 em Itacaré, no sul da Bahia || Imagem ABr
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem de 52 anos, acusado de estuprar a própria filha na cidade de Itacaré (BA), foi preso na manhã desta quinta-feira (28) em São Paulo (SP). O suspeito vinha sendo monitorado pelo SI da Delegacia de Itacaré, que realizou um trabalho conjunto com a polícia de São Paulo para localizá-lo e prendê-lo.

O suspeito estava foragido e acabou sendo localizado na cidade de São Paulo pelo Setor de Investigação da Delegacia de Itacaré. Com base nessa informação, foi possível realizar a captura nesta quinta-feira (28), durante abordagem em via pública no bairro do Jaraguá, na capital paulista. O cumprimento do mandado de prisão foi registrado na 72ª Delegacia de Polícia, na Vila Penteado.

O caso ocorreu no ano de 2020 e, segundo o apurado, o autor, M.J.J., teria abusado sexualmente da própria filha, que à época tinha apenas 3 anos de idade. A criança passou por atendimento psicossocial e um laudo psicológico atestou que a vítima, apesar da pouca idade, relatou com riqueza de detalhes o ato criminoso.

PRISÃO PREVENTIVA

O delegado de polícia Emanuel Matos, que atuava em Itacaré à época, representou pela prisão preventiva e indiciou o suspeito pelo crime de estupro de vulnerável, que ocorre quando alguém pratica conjunção carnal ou outro ato libidinoso com menor de 14 anos, ou com alguém que, por enfermidade ou doença mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou pessoa que, por qualquer outra causa, não possa oferecer resistência.

Dia dos Avós teve música, dança e promoções no Shopping Jequitibá || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Dia dos Avós, 26 de julho foi festivo no Shopping Jequitibá e, também, de promoções nas lojas parceiras, que contribuíram para aquecer as vendas. A programação em homenagem ao avós incluiu show musical, tendo como ritmo a seresta, com o cantor Zé Lima, e uma apresentação de dança com o Studio Jamile Marques, com a presença de avôs e avós acompanhados de seus filhos e netos, numa verdadeira celebração da família.

O Shopping Jequitibá também promoveu série de postagens nas redes sociais, incentivando os avós a aproveitarem as promoções de centenas de produtos e serviços. A programação foi amplamente divulgada nas emissoras de rádio da região, atraindo um público expressivo de famílias, num evento bastante elogiado, o Dia dos Avós já faz parte do calendário de ações do Jequitibá.

O advogado criminalista Jorge Nobre faleceu nesta sexta, em Itabuna
Tempo de leitura: 2 minutos

O advogado Jorge Nobre de Carvalho, de 75 anos, faleceu na madrugada desta sexta-feira (29), em sua residência, em Itabuna. Jorge Nobre lutava contra um câncer.

O profissional era dos mais famosos e respeitados criminalistas da Bahia. Itabunense, o profissional sempre gozou de prestígio para além do núcleo dos operadores do direito e era reconhecido por grandes atuações em júris em comarcas de Justiça no sul da Bahia.

Jorge Nobre deixa três filhos, dentre eles Moisés Carvalho, secretário de Gestão e Inovação de Itabuna, e cinco netos, além de Cândida Nobre, que, assim como o irmão, seguiu a carreira do pai.

PESAR

O prefeito Augusto Castro emitiu nota de pesar pelo falecimento do advogado. O gestor itabunense enfatiza que Jorge Nobre “exerceu com eficiência sua atividade profissional, defendendo o direito de defesa e o devido processo legal. Por isso, gozava de reconhecimento entre os operadores de Direito”. “Rogamos ao Senhor da Vida que receba a alma do advogado Jorge Nobre de Carvalho em luz para que descanse em paz”.

Também por meio de nota, Wenceslau Júnior, que é advogado e professor de Direito da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), lamentou a partida de Jorge Nobre, a quem classificou como inspirador em sua atuação em 35 júris no período de 2000 a 2008:

– Jorge era um dos melhores advogados do Sul da Bahia. Tive a honra de atuar ao seu lado, dividindo a defesa em um júri, na cidade de Itapé, conduzido pelo Magistrado Marcos Bandeira e o resultado não poderia ser outro, se não a absolvição do réu – escreveu Wenceslau.

VELÓRIO

O corpo de Jorge Nobre será velado no SAF, na Juca Leão, em Itabuna, em frente ao Grapiúna Tênis Clube, a partir das 13h desta sexta-feira. O sepultamento está previsto para as 10h deste sábado (30), no Cemitério Campo Santo. Atualizada às 10h23min.

Polícia libertou família mantida em cárcere privado há 17 anos || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma mulher e dois jovens – mantidos em cárcere privado há 17 anos – foram libertados ontem (28) por policiais em uma casa na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar (PM), os três foram encontrados amarrados em sua casa no bairro de Guaratiba.

Os policiais foram ao local após receber uma denúncia anônima. As vítimas estavam sujas e subnutridas, de acordo com a PM, e foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O suspeito de mantê-las presas era o próprio marido e pai das vítimas. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia de Guaratiba (43ª DP). Os nomes dos quatro não foram divulgados.