Ministério Público da Bahia abre inscrições para estágio no interior do estado
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Ministério Público da Bahia ajuizou ação civil pública, nesta segunda-feira (7), contra o Maxxi Supermercados por divergências nos preços dos produtos anunciados nas gôndolas e dos cobrados nos caixas e leitores eletrônicos. O M-BA aponta ainda irregularidades no acondicionamento dos alimentos.

De acordo com a Justiça Joseane Suzart, o Maxxi Supermercados “expôs à venda, por mais de uma vez, produtos que estavam impróprios para o consumo humano, além de promover oferta enganosa, anunciando mercadorias com o preço de gôndola que não correspondia àquele, em valor superior, efetivamente cobrado pelos leitores eletrônicos do estabelecimento”, destacou.

Na ação, o MP-BA requer que a Justiça determine que o Maxxi Supermercados não comercialize qualquer tipo de produto que seja impróprio ao consumo, sobretudo em decorrência da sua conservação em temperatura inadequada; e que não anuncie bens de consumo com preço de gôndola divergente daquele cobrado nos caixas e leitores eletrônicos, para não induzir os consumidores a erro.

AUTUAÇÃO POR PROPAGANDA ENGANOSA

Segundo a promotora de Justiça Joseane Suzart, no dia 8 de outubro de 2021, a diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) comunicou que autuou o estabelecimento em razão da constatação de práticas abusivas. De acordo com o Auto de Infração nº 0009/20217, o supermercado anunciava produtos cujos preços de gôndola eram inferiores àqueles cobrados nos leitores ópticos.

A Codecon identificou essa divergência de valores em pipocas de micro-ondas – que custavam R$ 2,39 nas prateleiras, e R$ 3,99 nos leitores, bem como em biscoitos, cujo preço era de R$ 6,49 nas gôndolas e R$ 7,99 nos dispositivos eletrônicos.

O MP-BA pediu também que o Maxxi Supermercados providencie, de forma permanente e contínua, a renovação de alvará de saúde do estabelecimento comercial, e que não aguarde a sua expiração para que o requerimento seja formalizado.

Inscrições de jogadores no Interbairros de Itabuna são prorrogadas || Foto Roberto Santos
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Esportes e Lazer de Itabuna prorrogou até o dia 18 as inscrições de atletas das 53 equipes que disputarão o Campeonato Interbairros de Futebol Amador. O prazo se encerraria na sexta-feira (11). Cada seleção poderá inscrever até seis convidados de um total de 25 atletas com idade mínima de 16 anos.

O Campeonato Interbairros de Futebol de Itabuna surgiu em 1993, criado pelo então prefeito Geraldo Simões (PT). Na edição deste ano, 1.325 atletas deverão ser inscritos, segundo a Secretaria. Os jogos ocorrem sempre nas manhãs dos domingos nos campos de bairros previamente definidos pela coordenação em tabela que será conhecida depois do sorteio.

Dentre os campos escolhidos para a competição deste ano estão os do Núcleo Habitacional da Ceplac, Pedro Jerônimo, Daniel Gomes, São Pedro, Parque Boa Vista, Santa Inês, São Lourenço, Lomanto, Maria Matos (Rua de Palha), Ferradas, Nova Ferradas, Roça do Povo e Itamaracá.

Rodrigo defende que Wagner recue do recuo e seja candidato a governador
Tempo de leitura: 3 minutos

Nesta entrevista ao PIMENTA, concedida no fim da tarde de hoje (7), o líder sindicalista Rodrigo Cardoso (PCdoB) analisa os últimos movimentos e informações sobre a chapa governista para a eleição estadual.

Ele opina sobre o motivo de o senador Jaques Wagner (PT) ter retirado a pré-candidatura ao governo baiano e avalia as chances de vitória da coalização numa chapa sem o ex-governador petista.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Ilhéus também sai em defesa da retorno de Wagner ao páreo eleitoral, com um recuo do recuo, para acabar com “tanta confusão”. Leia.

PIMENTAVocê classificou o imbróglio governista como “bate-cabeça”. Quantos passos atrás a coalização deu na disputa com o grupo de ACM Neto, se é que deu?

RODRIGO CARDOSO – Perde tempo, porque ACM já vem fazendo campanha desde que saiu da Prefeitura de Salvador. Enquanto isso, a base vinha se unificando com Wagner desde o fim do ano passado. Rapidamente, Wagner entrou na disputa com 30% [das intenções de voto]. Quando indica o apoio de Lula, ele chega no empate técnico [nas pesquisas]. Agora, com tanta confusão. Otto não se define, Wagner retira a candidatura e, no dia de hoje, parte-se do zero, com três novos pré-candidatos do PT. Acho que [o grupo] deu muitos passos atrás.

Antes de se lançar pré-candidato, Wagner deu sinais de que não desejava a candidatura?

Não. Acho que não. A todo momento em que se colocava, ele dizia da importância da unidade da base. Quando passou a ser pré-candidato, no fim do ano passado, ele demonstrava ser o principal candidato, justamente por isso: era o candidato que unificava.

Como você interpreta a retirada da pré-candidatura de Wagner? O que a explica?

Na minha opinião, Wagner recuou tendo em vista a decisão do governador Rui Costa de se candidatar ao Senado e a impossibilidade de o PT ocupar as duas principais cadeiras em disputa, numa coalização com tantos partidos importantes. Acho que Wagner recuou na perspectiva de garantir a unidade da base. Obviamente, o pleito do governador Rui Costa não deixa de ser justo, dentro do que ele considera o seu papel nessa frente. No entanto, tanta confusão a apenas sete meses da eleição, acaba atrapalhando muito. Demonstra desarticulação. Nas resenhas, o pessoal do carlismo está dizendo que, agora, são os nossos candidatos que estão correndo da disputa com ACM. O negócio ficou muito complicado.

Hoje, Wagner disse que Rui vai até o fim do mandato. Pode ser sinal de falta de confiança de passar o governo ao PP?

Acho que faltou articulação. Não sei se é falta de confiança, mas, com certeza, falta de articulação. Faltou combinar. Faltou discutir não só com o PSD e com o PP. Faltou discutir com o PCdoB, com o PSB, Podemos, Avante. Faltou discutir com a base. Quando não tem articulação, cada um faz a coisa da sua cabeça e acaba gerando esse tipo de ruído, que só faz atrapalhar.

Sem Wagner, diminuem muito as chances da manutenção da unidade da base e de uma vitória na disputa estadual?

Vejo que diminui a chance da unidade. Wagner é tido por todos como construtor desse processo. Tem muita autoridade política, por toda a influência, tudo que ele construiu aqui na Bahia e da sua influência nacional junto ao Partido dos Trabalhadores e ao próprio ex-presidente Lula. Acho que ele teria muito mais facilidade em unificar. Outras candidaturas, mesmo as do Partido dos Trabalhadores – por mais valor que tenham as lideranças que estão aí colocadas -, creio que terão mais dificuldade pra unificar. E a base desunida, acho que a chance diminui muito. Ainda tenho esperança que o bom senso prevaleça.

O que você chama de bom senso?

Nesse caso, concordo com a deputada [federal] Alice Portugal. Acho que Wagner deveria recuar do recuo. Ele recuou da pré-candidatura e deveria recuar no recuo, aceitar o retorno da sua pré-candidatura. Ele tem toda a condição de unificar a base. Tem todo o respeito de todas as forças políticas. Não teria contestações e teria muita competitividade na disputa, que vislumbro uma disputa dura.

Rui afirma que autorização de festas juninas depende da dinâmica da pandemia
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia tem boas chances de voltar a festejar São João e São Pedro em 2022. Após dois anos sem festas juninas devido à Covid-19, os números da pandemia possibilitam maior flexibilização das regras sanitárias, conforme publicação do governador Rui Costa (PT), nesta segunda-feira (7), em uma rede social.

“Estou otimista com os números referentes ao #coronavírus não só na Bahia, mas no Brasil e no mundo. Com a queda de casos se mostrando consistente, há uma possibilidade concreta de ter festa de São João neste ano”, escreveu Rui.

Na semana passada, a taxa de positividade dos testes feitos na Bahia caiu 41%, na comparação com a de 15 dias atrás, segundo o Laboratório Central do Estado (confira aqui).

“Se o número de casos de #coronavírus continuar caindo ao longo da semana na Bahia, flexibilizaremos ainda mais o público em eventos e em estádios. No entanto, ainda não temos no horizonte a flexibilização do uso de máscaras. Achamos precipitado considerar isso agora”, concluiu o governador.

Iniciativa teve apoio da Fundação Banco do Brasil || Imagem ilustrativa
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Rede de Agroecologia Povos da Mata mobilizou 200 famílias agricultoras para a montagem de 5 mil cestas compostas por produtos agroecológicos produzidos na Bahia.

Os produtos são de unidades produtivas de cinco núcleos da Rede – Raízes do Sertão, Pratigi, Serra Grande, Monte Pascoal e Recôncavo – e foram distribuídos para famílias de 21 municípios baianos afetados pelas chuvas de dezembro passado.

O presidente da Rede Povos da Mata, Hércules Saar, afirma que as famílias agricultoras viram na campanha uma oportunidade para o escoamento dos seus produtos em pleno fim do ano. “Cada família agricultora recebeu, em média, R$ 3.800 pelos produtos que forneceu. Estamos felizes em saber que alimentos de qualidade, de base agroecológica, chegaram às famílias que precisavam, e que a campanha conferiu renda extra aos produtores”, comemora.

Iniciativa beneficiou famílias de 21 municípios baianos

Realizada de dezembro de 2021 a janeiro passado, a iniciativa teve apoio da Fundação do Banco do Brasil, por meio da campanha Brasileiros pelo Brasil, e foi desenvolvida em parceria com a Tabôa Fortalecimento Comunitário.

Decisão transforma Danilo e Eduardo em réus por suspeita de uso irregular de recursos do FNDE
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) aceitou denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra Antônio Danillo Italiano de Almeida (PSD) e Eduardo Alves da Silva (PSD), respectivamente, prefeito e ex-prefeito de Nova Itarana, no interior da Bahia, por desvio de recursos do Programa Brasil Alfabetizado. Também são acusados de não prestar contas ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Segundo a denúncia, os supostos ilícitos foram praticados em janeiro de 2016, quando o então prefeito Eduardo, com o auxílio de Danillo, à época secretário de finanças, teria transferido R$ 51 mil da conta do Programa Brasil Alfabetizado para destinações distintas das previstas no referido programa, como pagamento de serviços relacionados à limpeza urbana, remuneração de servidores da saúde e do próprio prefeito, além de outras contas da Prefeitura.

MPF AFIRMA QUE RÉUS AGIRAM DE MODO CONSCIENTE PARA DESVIAR RECURSOS

Os réus, como prefeito e secretário de finanças de Nova Itarana, assinavam conjuntamente notas de pagamentos e transferências eletrônicas. Por isso, conforme o MPF, foram responsáveis pelas movimentações ocorridas na conta do Programa Brasil Alfabetizado.

Dessa forma, ainda de acordo com a acusação, agiram de modo consciente e deliberado para praticar o crime do desvio ou aplicação indevida de verbas públicas, que é sujeito à pena de detenção de três meses a três anos.

Já o crime de deixar de prestar contas ao órgão competente, de que também são acusados, pode render detenção de até três anos.

Na ação, o MPF também pede o ressarcimento do valor supostamente desviado.

Com subsídio da Uesc, RU oferta mil refeições diárias a R$ 1,00
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta segunda-feira (7), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) anunciou que manterá o fornecimento de mil refeições diárias a R$ 1,00 no Restaurante Universitário (RU).

O reitor Alessandro Fernandes de Santana explicou que a continuidade da política assistencial se deve à manutenção do subsídio econômico da Universidade. “A Reitoria garante o subsídio para que os estudantes continuem com o preço da alimentação inalterado”, ressalta.

O restaurante fornece alimentos com preço subsidiado no café da manhã, almoço e janta. O subsídio é instrumento do programa de assistência à permanência no ensino público.

RETORNO SEGURO

A aula inaugural do semestre letivo 2022.1 está marcada para o dia 14 de março, às 9h, no auditório do Centro de Arte e Cultura Paulo Souto. Será o primeiro ano de atividades presenciais sob a reitoria de Alessandro, que assumiu o cargo em 2020, ano do início da pandemia de Covid-19 no Brasil.

– A Uesc está unida e preparada para que tenhamos o retorno das nossas atividades presenciais com segurança, mas precisamos muito do apoio e da consciência de cada um. Não adianta termos um protocolo se nós não o seguirmos, e essa segurança deve ser observada não apenas em nosso Campus, mas também em todos os lugares onde estivermos. Assim, eu desejo um feliz retorno letivo presencial à toda a comunidade acadêmica e peço que continuemos nos cuidando e que consigamos fazer um semestre seguro, feliz e extremamente produtivo – declarou o reitor.

Segundo o delegado Ricardo Ribeiro, serviço itinerante é demanda antiga do município
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura de Itacaré e a Polícia Civil firmaram parceria com objetivo de facilitar o acesso da população rural do município aos serviços da corporação. Todas as quintas-feiras, uma base avançada da Polícia Civil vai atender às demandas da comunidade, das 9h às 16h, no Casarão Verde de Taboquinhas, ao lado da Igreja do Bom Jesus.

Segundo o delegado Ricardo Ribeiro, a implementação do serviço itinerante é desejo antigo do prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio (PT). Ainda conforme o delegado, para receber atendimento, o cidadão precisará apresentar apenas CPF e documento oficial com foto.

Antônio de Anízio ressaltou a importância da iniciativa, que beneficia cerca de 14 mil moradores da zona rural. Até a criação do serviço itinerante, os moradores do campo só conseguiam atendimento da Polícia Civil na sede do município, o que exigia grande descolamento.

Bioquímica Sandra Santana, do laboratório de análises da Emasa: qualidade da água
Tempo de leitura: 2 minutos

Na canção Tenho Sede, de autoria de Dominguinhos e Anastácia, imortalizada na voz do agora imortal Gilberto Gil, os autores, em forma de poesia, falam o quanto é importante a água e a relacionam a uma declaração de amor. Agora, você já se perguntou sobre o processo pelo qual a água passa até chegar à torneira de sua casa ou local de trabalho?

Em Itabuna, no sul da Bahia, a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) mantém trabalho diário de análise para assegurar excelente qualidade da água servida aos itabunenses.

Segundo a biomédica e bióloga Sandra Santana, responsável pelo controle da qualidade da água fornecida pela Emasa, são realizadas avaliações bacteriológicas e físico-químicas na água que chega aos lares e estabelecimentos da cidade.

“Todos os dias, são coletados em média de 15 a 25 amostras em pontos aleatórios da zona urbana. Aqui na Estação de Tratamento de Água (ETA), o material é analisado no laboratório, obedecendo ao que determina a Portaria nº 888, do Ministério da Saúde, que define os padrões de potabilidade de água para consumo humano”, explica a biomédica.

Água é coletada para análise em laboratório

Caso a amostra de água coletada apresente algum sinal de contaminação bacteriológica na análise, há uma contraprova, com uma nova coleta no mesmo ponto. “Se o resultado positivo prevalece na contraprova, é feito um apanhado em toda a rede para identificar o problema”, diz a profissional.

Além desse processo, a cada mês o Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde e o Núcleo Regional de Saúde (NRS), da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), fazem a análise da água tratada pela Emasa. Pela legislação, a empresa também é obrigada a cada semestre a realizar avaliação da qualidade da água em laboratório independente.

LIMPEZA DOS RESERVATÓRIOS

Para manter a qualidade da água fornecida pela Emasa, a limpeza periódica das caixas d’água das residências e estabelecimentos comerciais é essencial. “A cada seis meses é recomendada a limpeza pelos usuários dos reservatórios. Após uma boa faxina, deve-se adicionar um litro de água sanitária por 50 litros de água limpa e aplicar também nas paredes internas da caixa”, aconselha Sandra.

A higienização periódica dos reservatórios ajuda na eliminação das larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças virais como dengue, zika e chikungunya, além de contribuir para manter a qualidade da água fornecida pela Emasa.

Refinanciamento do Fies está disponível a partir de hoje (7) || Marcello Casal/Agência Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

A partir desta segunda-feira (7) quem tem contratos firmados até 2017 com instituições financeiras credoras para Financiamento Estudantil (Fies) pode pedir o refinanciamento da dívida. Por lei, os bancos serão obrigados a conceder descontos que podem variar entre 12% e 92%. O saldo devedor poderá ser parcelado em até 150 vezes, a depender da situação.

As regras do programa foram definidas pela Medida Provisória 1.090/22. A norma foi convertida em lei pelo Congresso Nacional e entrou em vigor na última terça-feira (1º). Atualmente, pelo menos dois milhões de contratos do Fies estão na fase de quitação, com um saldo devedor de R$ 87,2 bilhões. A taxa atual de inadimplência é de 51,7%.

QUEM TEM DIREITO?

Pelas regras, qualquer estudante com contrato de financiamento estudantil firmado até o ano de 2017 pode se beneficiar da medida. As condições e o percentual de desconto variam de acordo com o perfil de cada aluno e com o tempo de atraso no pagamento:

Estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) ou que foram aprovados no Auxílio Emergencial terão desconto de 92% sobre o valor total da dívida que, no caso, poderá ser parcelada em 10 vezes. A estimativa é de 548 mil estudantes com atraso de mais de 360 dias no pagamento do Fies se enquadrem nessa categoria.

Leia Mais

Técnicos reforçam importante de medidas de prevenção do covid-19 no Costa do Cacau
Tempo de leitura: < 1 minuto

Mesmo com a queda dos índices de contaminação pela variante Ômicron da Covid-19 na Bahia, o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, tem mantido rotina de treinamentos para prevenir a contaminação pelo coronavírus na unidade.

Dentre essas ações para evitar o contágio da Covid-19, o SESMT formulou uma orientação mais específica, conceituada teoricamente e aplicada na prática, com a abordagem do tema Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde – Orientações para o enfrentamento e cuidados ao Covid-19. Profissionais dos mais variados setores do hospital passam por essa capacitação.

Kaliandra Sales, técnica de Segurança do Trabalho (TST), ressalta que o treinamento reforça as boas práticas para o controle de transmissão do coronavírus. “Orientamos para higienização das mãos com água e sabão e uso do álcool 70%, bem como a utilização adequada dos equipamentos de proteção individual (EPIs) e os cuidados com o seu manuseio para evitar a contaminação pelo vírus”, disse.

A técnica lembra ainda que também é importante alertar para o não compartilhamento dos objetos pessoais de trabalho e uso de adornos, a exemplo de brincos, anéis e outros. “Além disso, apresentamos como se deve dar o fluxo de colaboradores com suspeita de síndromes gripais. Ainda falamos sobre as medidas de proteção e prevenção da Covid-19”, acrescenta.

De acordo com a engenheira do Trabalho Bruna Sobral, coordenadora do SESMT, todas as atividades são realizadas conforme legislação vigente. “Atendemos as normas, orientações e portarias estabelecidas pelos ministérios do Trabalho e Previdência e da Saúde, também da Secretária de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Temos aqui, uma equipe qualificada para a aplicação desses treinamentos”, enfatizou.

Após confronto, policiais apreenderam revólver e simulacro de pistola || Foto 70ª CIPM
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Militar recebeu denúncia de que homens estavam armados em Sambaituba, na zona rural de Ilhéus, na manhã deste domingo (6). Segundo a PM, ao chegar na comunidade, equipes do Pelotão Especial (PETO) e da Polícia Ambiental (CIPPA) foram recebidas a tiros por grupo armado.

Conforme a 70ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), os policiais revidaram e, no confronto, um dos bandidos foi baleado. O homem ferido foi levado para o Hospital Regional Costa do Cacau e socorrido por equipe médica. Não há informações sobre seu estado de saúde.

Os comparsas do homem baleado fugiram e deixaram para trás um revólver calibre 38, munições, um simulacro de pistola e 300g de maconha. O material apreendido foi levado para a 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), no centro da cidade.

Buriti inaugura primeira loja de materiais de construção em shopping center no Nordeste
Tempo de leitura: < 1 minuto

Das maiores referências em materiais para reforma e construção no sul da Bahia, as Lojas Buriti completam 25 anos de fundação em 2022. O grupo possui lojas em Itabuna, Ilhéus e Itacaré, no sul da Bahia, e Jequié, no sudoeste do estado.

– É motivador saber o quanto a marca cresceu ao longo dos anos e ver quantos sonhos de reforma e construção foram realizados através das nossas lojas – afirma Luiz Ribeiro, presidente das Lojas Buriti, explicando que a data está sendo comemorada com várias promoções.

A história da Buriti começou em 1993 em Ibicaraí, no sul da Bahia. Luiz Ribeiro deixou a profissão de bancário para apostar no comércio de materiais para construção, quando, junto com Claudia Melo, fundaram a primeira loja do grupo, a Destaque.

Já em 1997, nascia a marca Buriti, quando os empresários abriram a primeira loja na Avenida J.S. Pinheiro, em Itabuna. Já em 2003, a Buriti mudou para uma área central e que concentram as maiores lojas do setor em Itabuna, na Avenida Juracy Magalhães.

EXPANSÃO

Dez anos depois de inaugurada a loja itabunense, em 2007 a Buriti chegou a Ilhéus, com uma loja no Malhado. Nos últimos dois anos, o projeto de expansão resultou na abertura de filias em Itacaré e em Jequié.

A segunda loja em Itabuna foi aberta no segundo semestre do ano passado, sendo a primeira do Nordeste a funcionar em shopping center. A marca também é das pioneiras na venda de materiais para reforma e construção pela internet.

Governo da Bahia responde consulta da Acelen, controladora da Refinaria de Mataripe
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Governo da Bahia reafirmou que os preços de referência para cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) estão congelados desde 1º de novembro de 2021 e permanecerão assim até o final de março, pelo menos.

A gestão estadual voltou a se manifestar sobre o assunto nesta segunda-feira (7), após consulta feita pela Acelen, controladora da Refinaria de Mataripe, antiga Refinaria Landulpho Alves, em São Francisco do Conde.

Além disso, segundo o governo baiano, as alíquotas dos combustíveis permanecem as mesmas há vários anos.

PRIVATIZAÇÃO E GUERRA

No último dia 30 de novembro, a Petrobras vendeu a refinaria ao Mubadala Capital, grupo de investimentos controlado pela monarquia despótica de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

Após a compra, o grupo criou a Acelen para controlar a refinaria, que detém o monopólio de fato do refinamento de combustíveis na região.

A empresa de capital estrangeiro segue a mesma política de preços da Petrobras, usando o valor do barril de petróleo do mercado internacional como parâmetro das vendas ao mercado interno.

Apesar das quedas significativas do dólar frente ao real, o preço do barril de petróleo superou os US$130,00 nesta segunda-feira (7), em razão dos efeitos da Guerra da Ucrânia.

Há o temor de que países ocidentes imponham sanção às exportações do petróleo russo, o que pressionaria ainda mais os preços dos combustíveis, já que a Rússia é das maiores produtores de petróleo do mundo.

Os impactos já são sentidos nos postos de combustíveis do país. No sul da Bahia, por exemplo, litro da gasolina já é vendido por R$ 8,37 (confira aqui).

Wagner diz que Rui fica no governo até o final do mandato
Tempo de leitura: < 1 minuto

O senador Jaques Wagner (PT) afirmou nesta segunda-feira (7), em entrevista à Rádio Metrópole, que o governador Rui Costa (PT) permanecerá no cargo até o final do mandato e, portanto, não disputará vaga ao Senado, como havia sido ventilado pela imprensa.

Wagner disse que o PT terá candidatura própria ao Governo da Bahia. Os nomes no páreo são os dos secretários estaduais Jerônimo Rodrigues (Educação) e Luiz Caetano (Relações Institucionais), além da prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho.

A julgar pelas afirmações do ex-governador, o grupo governista manterá a prioridade do senador Otto Alencar (PSD) para a reeleição, assim como a primazia do PP na indicação do candidato a vice-governador da chapa majoritária.

Wagner fez as declarações uma semana após retirar sua pré-candidatura ao governo baiano (veja aqui).