Tempo de leitura: < 1 minuto

A tensão marcou o ato político na praça de Itapé, ontem, na visita do governador Jaques Wagner. Enquanto no palanque tudo corria tranquilo, na parte de baixo, os grupos políticos do ex-candidato a prefeito Humberto Matos (PV) e do prefeito Jackson Rezende (PP) travavam um ‘concurso’ de vaias. Era só anunciar o nome de Rezende e o grupo contrário largava os “elogios” ao prefeito. E quando ocorria o contrário, mais vaias.

O clima foi esquentando e a temperatura ficou insuportável durante o discurso de Jackson Rezende. Dois cabos eleitorais adversários, literalmente, trunfaram no murro. O pelotão da polícia militar foi acionado e deu um sossega leão nos brigões.

O clima no município é tão tenso que o prefeito Jackson Rezende teria apostado R$ 10 mil, afirmando que o seu adversário não subiria no palanque oficial. Perdeu a aposta. Humberto subiu, mas ficou a uma distância segura do prefeito, aparteados por políticos como o deputado federal Geraldo Simões.

jacksonhumberto
Jackson (esq.) ficou a uma distância segura de Humberto (Foto: Pimenta na Muqueca).

Tempo de leitura: < 1 minuto

A doméstica Maria de Lurdes, 45 anos, moradora do bairro Caixa D’Água, em Itabuna, foi parar atrás das grades esta semana.

Dona Maria esteve no SAC para providenciar um documento e, de repente, descobriu que havia um mandado de prisão expedido contra ela desde 2004. Motivo: furto de areia de uma construção.

O que espanta, no entanto, não é o que levou Dona Maria ao xilindró, mas a sua justificativa para o ato. Talvez acreditando estar sob a proteção de uma excludente de ilicitude, ela falou na delegacia que furtou a areia, pensando que fosse da Prefeitura.

Se fosse, claro, estaria liberado…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Bahia Notícias:

A Bahiagás é a 5ª melhor empresa do setor energético e uma das 50 maiores estatais do Brasil. O destaque foi dado pela pesquisa Maiores e Melhores realizada pela Revista Exame. A empresa comemora 15 anos de atuação no próximo mês e celebra o avanço de três posições no ranking nacional de estatais: saiu do 36º para o 33º lugar. No eixo Norte-Nordeste, a companhia pontuou como a quarta melhor em rentabilidade e a terceira no quesito riqueza por empregado. Além disso, a instituição foi avaliada como a sexta maior empresa em volume de vendas na Bahia. O resultado foi possível devido ao faturamento de US$ 452 milhões, que representou um incremento de 22% no crescimento de comercializações, na comparação com 2007.

A Bahiagás é a 5ª melhor empresa do setor energético e uma das 50 maiores estatais do Brasil. O destaque foi dado pela pesquisa Maiores e Melhores realizada pela Revista Exame. A empresa comemora 15 anos de atuação no próximo mês e celebra o avanço de três posições no ranking nacional de estatais: saiu do 36º para o 33º lugar. No eixo Norte-Nordeste, a companhia pontuou como a quarta melhor em rentabilidade e a terceira no quesito riqueza por empregado. Além disso, a instituição foi avaliada como a sexta maior empresa em volume de vendas na Bahia. O resultado foi possível devido ao faturamento de US$ 452 milhões, que representou um incremento de 22% no crescimento de comercializações, na comparação com 2007.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O boicote à sessão extraordinária de ontem, na Câmara de Vereadores de Itabuna, por pouco não deu chabu. Bastariam sete presenças para que ocorresse a leitura do projeto do Executivo, mas somente cinco vereadores compareceram ao plenário (os governistas Gerson Nascimento e Rose Castro e os independentes Ricardo Bacelar, Raimundo Pólvora e Clóvis Loiola).

Outros vereadores da situação, como Didi do INSS e Ruy Machado, não apareceram na Câmara. E ainda teve um (Milton Cerqueira), que ficou no gabinete, mas nem passou perto do plenário.

Outros vereadores do bloco independente ficaram aguardando a confirmação do quorum, para comparecer ao plenário. Mas como a própria situação passou a rasteira no governo…

Tempo de leitura: 2 minutos

AZEVEDO (à esquerda) foi uma das surpresas no palanque oficial.
O 'baixinho' Azevedo (à esq) foi uma das surpresas no palanque oficial, em Itapé.

José Nílton Azevedo, o Capitão Azevedo (DEM), foi um dos prefeitos que fizeram parte do palanque do governador Jaques Wagner, em Itapé. Ele conversou com Wagner, a quem, rapidamente, pediu mais recursos para a construção da barragem no rio Colônia e a finalização das obras do minicentro de convenções e o teatro municipal.

Ao Pimenta, o prefeito de Itabuna falou dos novos ventos democráticos na Bahia, defendeu a família Burgos e disse que tem obras para mostrar no aniversário de Itabuna, dia 28 de julho.

Essa imagem de prefeito de oposição em palanque de governador era inimaginável há algum tempo. O que mudou?

A política na Bahia hoje é moderna. O gestor, neste momento, deve ter uma visão institucional. A nossa presença aqui é para dar atenção à autoridade maior, o governador, manter bom relacionamento.

Em 2010, qual será o seu candidato a governador?

Olha, ainda não temos candidato, o DEM ainda está definindo. Você sabe que em política tudo é possível.

Mas, diríamos, é impossível o DEM aliançar com o PT aqui na Bahia, não acha?

Vamos esperar o próximo ano…

Itabuna fará aniversário no dia 28. A população se queixa da falta de obras.

Esse é um momento de dificuldade, queda da receita. Você não vê nenhum prefeito inaugurando obras agora, mas nós vamos inaugurar obras.

Há quem diga que o senhor vai inaugurar só uma “pinguela”.

[Pausa e risos…] mas é uma pinguela [miniponte] que vai ajudar a vida de milhares de pessoas. O que nós vamos criar com aquela ponte no São Roque é uma nova opção de tráfego. Vamos interligar aquela região ao semianel rodoviário.

Como o senhor encara essa versão de que o prefeito de fato é o secretário de Fazenda,Carlos Burgos?

Toda vez que se fere algum interesse, falam isso. [O governo] tem que cumprir o que está na legislação.

E a advogada Juliana Burgos, ela vai continuar no cargo de procuradora-geral?

Sim, e independente de política.

Mas a Câmara não rejeitou a proposta de nomeação?

A Câmara de Vereadores entendeu que aquilo é inconstitucional. Em Ilhéus, por exemplo, [a nomeação do procurador] não passa pelo crivo da Câmara.

Tempo de leitura: < 1 minuto
O que ele quer na Prefeitura de Itabuna?
O que ele quer na Prefeitura de Itabuna?

Até pouco tempo foragido da polícia, depois preso por quase 40 dias no Conjunto Penal de Itabuna, acusado de matar um vaqueiro em 2006, o fazendeiro Marcos Gomes, filho do ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, começa a se sentir à vontade para frequentar ambientes dos quais andou afastado.

Marcos reestreou na festa de aniversário do pai, no dia 30 de junho, mas é noutro local que suas aparições têm causado aflição em muita gente.

No início da tarde desta quinta-feira (16), o filho do ex-prefeito entrou acompanhado de duas mulheres na Prefeitura de Itabuna, e seguiu direto para o gabinete do secretário de Saúde Antônio Vieira.

Como havia muita gente na Secretaria, Vieira deve ter ficado meio sem jeito com a visita e pediu que Marcos o procurasse em sua casa, longe de olhares curiosos.

Aliás, essa foi a segunda vez que Marcos Gomes esteve na Prefeitura num intervalo de cinco dias. Quase ninguém sabe ainda o que ele quer, mas certamente não é tomar cafezinho.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois de uma reunião, ontem, entre o prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, e o presidente da Embasa, Abelardo Oliveira, ficou definida a comissão que vai avaliar os ativos da empresa estadual a serem indenizados pela Emasa (Empresa Municipal de Água e Saneamento).

A comissão paritária, formada por representantes da Embasa e da Emasa (dois de cada), terá sua primeira reunião na próxima terça-feira (21), às 8 horas, na sede da Emasa. O contrato de comodato se encerra no dia 15 de agosto.

Para ficar com a estrutura emprestada, a Emasa terá que desembolsar aproximadamente R$ 20 milhões, segundo cálculos prelminares que serão conferidos pela comissão mista.  O pagamento deverá ocorrer em quatro parcelas anuais.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aécio Neves e José Serra foram taxados de pés-frios no Mineirão, em jogo que o favorito Cruzeiro tomou virote do Estudientes (2x1), na noite de quarta-feira. A dupla, que esteve acompanhada do técnico da seleção, Dunga, tratou de sair à pressas do estádio após o fim do jogo.
Os governadores Aécio Neves (MG) e José Serra (SP), ambos pré-candidatos do PSDB à presidência em 2010, foram taxados de pés-frios no Mineirão, no jogo em que o favorito Cruzeiro tomou virote do Estudiantes (2x1), na noite de quarta-feira. A dupla, que esteve acompanhada do técnico da seleção, Dunga, tratou de sair às pressas do estádio após o fim do jogo.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Em Brasília, onde participou da Marcha dos Prefeitos, o presidente da Amurc, Moacyr Leite, ao lado de outros prefeitos – como o de Illhéus, Newton Lima – levou ao Ministério da Justiça um tema que tem deixado proprietários rurais sul-baianos de cabelo em pé: o laudo da Funai que define uma área de 47 mil hectares, nos municípios de Ilhéus, Una, São José da Vitória e Buerarema, como território tupinambá.

Leite conversou com autoridades do Ministério e pediu que seja avaliado um outro laudo, encomendado pela associação, e que está sendo produzido por uma equipe formada por um antropólogo, um advogado e uma historiadora.

O presidente da Amurc quer sensibilizar o ministro da Justiça, Tarso Genro, para a “considerável tensão social” que afirma ter se formado nos municípios atingidos pelo laudo da Funai.

Tempo de leitura: 2 minutos
JABES confirma que PP discute com quem deve ficar em 2010.
JABES confirma que PP discute com quem deve ficar em 2010.

O secretário-geral do PP baiano concedeu uma rápida entrevista a este blog, enquanto acompanhava o governador Jaques Wagner, em Itapé, no sul do estado.

Jabes Ribeiro confirmou o que disse há quase duas semanas, quando revelou que o PP ainda discute se apoiará ou não o projeto de reeleição do governador Jaques Wagner.

– Se até o PT discute alianças eleitorais, imagine a gente, do PP.

Jabes afirmou, ainda, que trabalha forte para que possa, pela primeira vez, ser eleito deputado estadual.

Afinal, o PP fica ou não com Wagner na disputa do ano que vem?
A tendência é apoiar a reeleição. Estamos discutindo, pois temos que pensar as eleições proporcional e majoritária. Se até o PT discute alianças eleitorais, imagine a gente, do PP. O governador não exigiu apoio em 2010 quando fechou conosco. Mas estamos no governo e a tendência é esta.

Ainda sobre 2010, a informação de bastidores é que o senhor desistiu de disputar uma vaga à Assembleia Legislativa, porque precisaria de, pelo menos, 50 mil votos para se eleger…
Não existe isso. Eu estou em primeiro lugar nas pesquisas em Ilhéus. E estou trabalhando fora, estou trabalhando [a campanha a deputado estadual] em 40 municípios, do sul ao oeste baiano.

Como o senhor avalia a administração do prefeito Newton Lima?

Há uma frustração muito grande. A euforia eleitoral se transformou em frustração. Falta visão estratégica, vocação política e trabalhar as potencialidades [de Ilhéus].

O desgaste ocorreu muito rápido, não?

Mas lembre que ele pegou o governo na cassação de Valderico. Teve um ano e meio de governo e agora. Depois de Valderico…

… O que viesse seria “bom”

É. Depois disso, promessas, euforia eleitoral.

E a postura do governo Newton no projeto Complexo Porto Sul?

Sinceramente, acho que é vacilante. O Complexo Porto Sul é a maior revolução da história do desenvolvimento de Ilhéus e do sul da Bahia. Há a questão ambiental, mas é um crime perder este projeto e deixar de beneficiar milhares de pessoas. Então, o governo não pode ficar contra.

Tempo de leitura: 2 minutos
.

Emílio Gusmão | emilio.gusmao@gmail.com

O médico Antônio Carlos Rabat (pessoa muito benquista em Ilhéus) é o mais novo filiado do PT.

Como Rabat nunca foi testado nas urnas, isso impede qualquer tipo de mensuração sobre o seu peso político ou densidade eleitoral. De qualquer forma, é um profissional respeitado que acrescenta força a qualquer partido.

Percebo que, no PT, Rabat não passará de um militante de luxo, com possibilidades de sair candidato a vereador ou assumir a Secretaria Municipal de Saúde, em um eventual governo dos “trabalhadores”.

Candidato a prefeito, aposto com todas as fichas que jamais será (previsão válida para 12 anos). O partido da estrela tem lideranças consolidadas que postulam a candidatura:

Dr. Ruy Carvalho, sério, decente, com três derrotas no currículo e imensas dificuldades para estabelecer diálogos que não sejam conflituosos. Mesmo assim, nome de grande potencial devido aos 27 mil votos nas últimas eleições.

Alisson Mendonça, vereador no quarto mandato consecutivo, inteligente, articulador da queda do ex-prefeito Valderico Reis, mais do que merecedor de uma oportunidade.

Carmelita Ângela, vereadora competente e articulada, muito bem assessorada pelo experiente marido Prof. Edinei Mendonça, pessoa de forte presença no partido, muito ligado ao influente ex-deputado federal Josias Gomes.

O surpreendente Paulo Carqueija, com apenas sete meses de mandato, conseguiu se notabilizar como grande liderança na agremiação, devido ao grande desempenho no parlamento ilheense, onde comprou uma briga difícil com as empresas do transporte coletivo em defesa dos usuários. Carqueija hoje é o parlamentar de maior destaque na Câmara de Vereadores, e pode sim almejar o Palácio Paranaguá.

O médico Rabat seria o quinto nome na lista petista de pretensos sucessores do prefeito Newton Lima.

Recordo de outros nomes que passaram pelo PT, inclusive médicos. Isso me leva a pensar que, talvez, dentro de dois anos, Rabat esteja completamente arrependido da escolha que fez.

O tempo dirá.

Emílio Gusmão é comunicólogo e administra o Blog do Gusmão.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Dom Paulo teve passagem marcante pela diocese de Itabuna
Dom Paulo teve passagem marcante pela diocese de Itabuna

Faleceu nesta quinta-feira,  às 13:30h, no hospital Madre Tereza, em Belo Horizonte (MG), o ex-bispo da diocese de Itabuna e arcebispo emérito de Diamantina (MG), dom Paulo Lopes de Faria, 78, vítima de câncer. Dom Paulo estava internado desde o dia 29 de junho e, na semana passada, fez cirurgia para a retirada de um tumor maligno.

O corpo de dom Paulo será velado nesta quinta-feira no Bairro das Indústrias, em Belo Horizonte, seguindo amanhã para Diamantina, onde será velado na Basílica do Sagrado Coração.

No sábado, 18, às 9:30h, o corpo será levado para a Catedral Metropolitana, onde haverá missa às 10h. O sepultamento será na cripta da catedral, logo após a missa.

Com informações do site da CNBB

Tempo de leitura: < 1 minuto
Segundo Bobô, todas as providências estão sendo tomadas para garantir o jogo entre Brasil e Chile
Segundo Bobô, todas as providências estão sendo tomadas para garantir o jogo entre Brasil e Chile

A nova vistoria da CBF no estádio de Pituaçu confirmou que estão sendo cumpridas as medidas solicitadas para deixá-lo pronto para o jogo entre Brasil x Chile, pelas eliminatórias da Copa do Mundo. A partida será no dia 9 de setembro.

Além da ampliação da capacidade do setor reservado à imprensa, estão sendo feitas adaptações nas arquibancadas e vestiários. Pituaçu também vai receber um novo placar, com três vezes o tamanho do atual, e um telão com 18 metros e altura.

De acordo com o titular da Superintendência de Desportos da Bahia (Sudesb), Raimundo Nonato – o Bobô – , a estrutura do placar já começa a ser montada na próxima semana. Outras três inspeções da CBF estão programdas, mas Bobô afirma que não existe risco do estádio ser vetado para o primeiro jogo oficial da Seleção Brasileira em Salvador, após vinte anos.

“A CBF solicitou apenas solicitou apenas pequenas intervenções para atender ao padrão Fifa e todas estão sendo ou vão ser executadas”, declara Bobô.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar de afirmar que o estado ainda se ressente dos efeitos da crise econômica mundial, o governador Jaques Wagner prometeu em Itapé, sul da Bahia, chamar novos delegados e agentes aprovados no último concurso público para a polícia civil. Ele falou que os problemas da segurança não se resolvem num passe de “mágica” e que estas convocações começam ainda neste ano. Um levantamento apontou que, pelo menos, 120 municípios baianos estão sem delegados.

– Eu vou contratar delegados, mas não no volume que se pretende, pois tenho que ter responsabilidade fiscal. Nós já investimentos em 540 carros para a polícia, contratamos mais 3.200 policiais militares e (temos) outros 3.200 em concurso público. Ninguém tem solução mágica para a segurança. É preocupação dos governadores, do prefeito, do presidente…

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Pimenta já havia previsto que a sessão desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Itabuna, seria boicotada pela bancada da situação. E foi o que ocorreu.

Dos sete integrantes do grupo do prefeito, apenas os vereadores Gerson Nascimento e Rose Castro compareceram ao plenário. Os demais – Milton Gramacho, Milton Cerqueira, Ruy Machado, Didi do INSS e Solon Pinheiro – não deram as caras.

Hoje, seria lida no plenário a proposta do Executivo de convênios com o Desenbahia e o Banco do Brasil. Os situacionistas, porém, condicionavam a presença no plenário ao encaminhamento de um projeto que cria 200 novos cargos comissionados no município.

Como o projeto do trenzinho da alegria não veio, a bancada boicotou a sessão desta quinta-feira.  Três vereadores da oposição também não compareceram.

A leitura da proposta de convênio ficou marcada para a próxima segunda-feira (20), às 14 horas. Claro, se houve quorum…