São esperados mais de 80 mil candidatos em concurso na rede estadual de educação da Bahia|| Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais de 81 mil candidatos são esperados, neste domingo (6), em locais das provas do concurso público da Secretaria da Educação do Estado (SEC). São ofertadas 2.113 vagas, das quais 1.806 para professor de diferentes disciplinas e 307 para coordenador pedagógico, distribuídas nos Núcleos Territoriais de Educação (NTEs).

As provas serão aplicadas nos seguintes municípios: Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Os candidatos podem consultar os locais de provas por meio do endereço www.concursosfcc.com.br.

As provas objetivas terão 50 questões para o cargo de professor e 40 para o cargo de coordenador pedagógico, além da prova discursiva que abordará conhecimentos gerais, específicos e interdisciplinares, a depender do cargo. Já a prova de títulos, de caráter classificatório, será aplicada aos habilitados na segunda etapa do certame.

O resultado final do concurso e de todas as suas etapas e as informações complementares serão divulgados no site da FCC e no Portal do Servidor. O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado apenas uma vez, por igual período. Outras informações, como conteúdo programático e cronograma provisório, deverão ser consultadas no edital.

Jerônimo e Rui Costa definem transição de governo|| Foto Mateus Pereira GOV-BA
Tempo de leitura: 2 minutos

O governador eleito na Bahia, Jerônimo Rodrigues, juntamente com o vice-governador eleito, Geraldo Júnior, foi recebido, nesta quinta-feira (3), no Centro Administrativo, em Salvador, por Rui Costa para iniciar as tratativas de transição de governo. Rui informou que ainda nesta semana nomeará a comissão que tomará as providências necessárias para todo o fluxo de informações com as pessoas indicadas por Rodrigues.

Rui Costa adiantou que a comissão fará levantamentos, estudos e apresentará ao governador eleito as sugestões para que ele avalie os nomes que irão compor o governo. O governador da Bahia destacou que, a partir da nomeação da equipe de transição, o ritmo de anúncios e decisões caberá a Jerônimo Rodrigues.

“No que eu puder contribuir e facilitar ao máximo, eu o farei. Se necessário for, também poderemos antecipar medidas solicitadas pelo novo governador, enviando os projetos de lei para a Assembleia Legislativa, para que não seja preciso aguardar o início dos trabalhos legislativos, já que a casa só volta a funcionar em fevereiro”, explicou.

PARCERIA COM O GOVERNO FEDERAL 

Jerônimo Rodrigues relatou que desde a última segunda-feira já está em contato com Rui Costa para tratar da transição. “Já nos reunimos também com o vice-governador eleito, Geraldo Júnior e a equipe de trabalho que eu tenho e oficializamos ao governador Rui Costa o pedido do decreto que nomeia a comissão por parte do governo e por parte do novo governo. Não estamos tendo dificuldade com isso”.

Leia Mais

Festival reunirá grandes nomes do reggae nacional e um atração internacional
Tempo de leitura: < 1 minuto

Com nomes nacionais e internacionais, a organização do Festival de Reggae de Itacaré fechou a grade de atrações do evento. Edson Gomes, Adão Negro, Tribo de Jah, Bia Ferreira e o americano Rusty Zinn são alguns dos nomes confirmados para a primeira edição do Festival, que começa no dia 12 e vai até 14 de novembro.

Durante três dias, os amantes do reggae vão também poder curtir atrações como Santuáryo, Mussutaíba, Dom de Jah, Bruta Raça e Rogério D’Lucca. O Festival terá como cenário a orla de Itacaré.

Segundo a organização, o evento busca promover, valorizar, preservar, proteger e divulgar o patrimônio cultural e imaterial de Itacaré para as gerações futuras, além de ser fonte de geração de renda para a comunidade.

“Com uma diversidade de atrações que fomentará a união da comunidade de Itacaré, essa edição vai valorizar o estilo, não apenas como ritmo musical, mas também como um dos principais ícones de nossa cultura”, explica a organização em apresentação à imprensa. “Por reconhecer o reggae como um dos ritmos favoritos dos itacareenses e por transmitir mensagens de igualdade, o evento, sem dúvida, terá impacto positivo no turismo do município”.

Rafael Andrade fala no lançamento da Campanha Novembro Azul
Tempo de leitura: 2 minutos

A ONG Unidos pelo Diabetes promoverá diversas ações voltadas para o diagnóstico e o tratamento da doença, inclusive o Mutirão do Diabetes de Itabuna, no âmbito do Unidos Pelo Diabetes em Ação 2022, lançado nesta semana, no auditório do Hospital Beira Rio.

As atividades começam com a Campanha Novembro Azul, que vai iluminar prédios e espaços públicos, empresas e residências com a cor símbolo da prevenção do diabetes. Também serão realizadas interações ao vivo pelo Instagram, com a participação de especialistas em Oftalmologia e Endocrinologia.

Domingo (6) será o dia da Pedalada Azul, passeio ciclístico que deve reunir cerca de 1.500 pessoas e percorrer ruas do Centro e de bairros itabunenses, chamando a atenção para a importância das medidas preventivas contra o diabetes.

MUTIRÃO

Rafael Andrade e Lívia Mendes explicam importância da prevenção ao diabetes

A décima oitava edição do Mutirão do Diabetes de Itabuna será nos dias 17 e 18 de novembro, na Terceira Via Hall, com atendimento gratuito e serviços médicos ligados à saúde dos olhos, pés e rins. Os casos graves serão encaminhados para tratamento.

“A expectativa é muito grande, porque, após dois anos de pandemia, vamos poder ampliar o atendimento à comunidade, sem abrir mão de inovações como a telemedicina, além de uma integração maior com a atenção básica, que faz o atendimento aos pacientes no dia a dia”, disse o médico Rafael Andrade, presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e coordenador do Mutirão.

A Prefeitura de Itabuna é parceira da iniciativa. De acordo com a secretária de Saúde do município, Lívia Mendes, a parceria reforça o trabalho permanente das unidades básicas de saúde. “Essa é uma doença que precisa ser diagnosticada e tratada antes que suas consequências se agravem. É preciso incentivar a alimentação saudável e a prática de atividades físicas”, acrescentou.

A campanha Unidos Pelo Diabetes em Ação 2022 em Itabuna tem apoio do Hospital Beira Rio, Caixa Econômica Federal e Novonordisk

Vacinação contra a aftosa prossegue até dia 30 deste mês
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) espera vacinar 100% do rebanho (bovinos e bubalinos) contra a febre aftosa ou alcançar percentual superior aos 94,70% da primeira etapa da campanha. A imunização dos animais começou na última terça-feira (1º) e prossegue até o dia 30 deste mês em todas as regiões do estado. A estimativa é que 12.407.167 animais sejam vacinados.

O diretor geral da Adab, Lázaro Pinha, destacou que a Bahia está livre da febre aftosa há 25 anos.  “O estado possui o status de Zona Livre de Aftosa Com Vacinação e busca a mudança desse patamar, seguindo todas as exigências sanitárias dos órgãos competentes para que, em breve, não haja mais necessidade de vacinação. E a cadeia produtiva tem se mantido unida neste intuito de manter o rebanho livre da doença”.

Depois da vacinação dos animais, o produtor tem até 15 dias para se dirigir ao escritório da Adab mais próximo de sua propriedade para declarar o ato. Ele deve levar a relação de bovinos e bubalinos nascidos, mortos e vacinados, discriminados por quantidade, sexo e idade, juntamente com a nota ou cupom fiscal de compra da vacina.

Outra opção para repassar as informações é o site www.adab.ba.gov.br . “Para reforçar a defesa agropecuária na Bahia, a Adab vem intensificando os procedimentos para a geolocalização das fazendas, por isso, é importante o criador levar junto consigo a marcação da coordenada geográfica de sua propriedade no momento da declaração da vacinação”, destaca o diretor de Defesa Sanitária Animal da Adab, Carlos Augusto Spínola.

Adolescente trans foi assassinada a facadas em Ibicaraí || Reprodução
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma adolescente trans de 16 anos foi morta a facadas, na madrugada desta quinta-feira (3), em Ibicaraí, no sul da Bahia. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime. O caso aconteceu no bairro Corina Batista. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi identificada como Kauana Vasconcelos.

De acordo com a polícia, moradores informaram que a adolescente foi levada por um homem em uma motocicleta para uma casa na Rua Nova, onde estavam outros dois suspeitos. Ela teria sido esfaqueada e depois arrastada até um terreno baldio, onde tentaram afogá-la.

A Polícia Civil informou que Kauana foi socorrida por vizinhos e levada para o Hospital Municipal Arlete Magalhães, mas não resistiu. Com informações da TV Santa Cruz.

Em Ilhéus, grupo de extrema-direita pede intervenção militar || Redes Sociais/Reprodução
Tempo de leitura: 2 minutos

 

O momento da disputa, com o calor que lhe é natural, já passou. Agora é preciso retirar os adesivos dos carros e das casas e prosseguir.

 

Julio Gomes

Sábado, 29/10/2022. Flamengo e Athletico-PR se enfrentam em Guayaquil, no Equador, para decidir quem seria o campeão da Copa Libertadores da América. Com um único gol, marcado aos 48 minutos do 1º tempo, o Flamengo decidiu o jogo e sagrou-se campeão.

Domingo, 30/10/2022. Lula e Bolsonaro disputam, no Brasil, quem seria o Presidente da República nos próximos 4 anos. Com 50,9% dos votos e pouco mais de 2 milhões de votos de vantagem, Lula ganha as eleições.

Os exemplos acima são muito significativos para mostrar o quanto é descabido o questionamento quanto ao resultado final dos embates, sobretudo quando eles se dão dentro de regras claras, devidamente pré-estabelecidas e com contendores plenamente cientes de que apenas um poderia ser o ganhador.

É natural que, ao final de disputas acirradas, haja comemorações públicas nas ruas, como fizeram torcedores no sábado e eleitores no domingo. Também é natural que um sentimento mais acentuado de frustração ou mesmo de tristeza se apodere, nos momentos imediatamente seguintes ao resultado, das pessoas emocionalmente envolvidas.

Porém, o que não é natural é que se questione o resultado estabelecido, e menos ainda que se apele para uma terceira força, inteiramente estranha à disputa em questão, para tentar alterar o resultado final.

O fechamento de rodovias, com vistas a provocar transtornos de toda ordem e desabastecimento, com suas graves consequências, passa dos limites do choro natural e humanamente aceitável de quem perdeu. E muito pior são as manifestações em frente a unidades militares, incitando-as a meter os pés pelas mãos e fazerem a grossa besteira que seria intervir no resultado de uma eleição que se deu, em última análise, na conformidade com as previsões constitucionais.

A vida precisa seguir em frente.

Há quatro anos, também em uma eleição presidencial, o candidato derrotado em 2022 ganhou e teve seus quatro anos de governo. É justo, natural e necessário, para o bem do país e de todos, que o ganhador das eleições realizadas em 30/10/2022 tome posse no cargo para o qual concorreu e governe pelo período legalmente previsto.

Como ocorre em todas as eleições disputadas no Brasil nos últimos 60 anos, quem ganhou deve assumir e governar, garantindo-se a quem perdeu o direito democrático de constituir-se como oposição política, sempre dentro dos marcos e limites da lei.

Precisamos trabalhar, estudar, cumprir nossos deveres cotidianos e trazer para casa o pão de cada dia. O momento da disputa, com o calor que lhe é natural, já passou e agora é preciso retirar os adesivos dos carros e das casas e prosseguir, retirando também do coração eventuais ressentimentos que nada trarão de positivo.

Vamos seguir em frente com o resultado democraticamente estabelecido nas urnas, para o bem do Brasil, de todos e de cada um de nós.

Julio Cezar de Oliveira Gomes é graduado em História e em Direito pela Uesc.

UFSB cria curso superior em Produção de Cacau e Chocolate no campus sul-baiano || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) terá curso de graduação em Produção de Cacau e Chocolate. A criação do curso foi aprovada há quase um mês pelo Conselho Universitário (Consuni) da instituição, porém a UFSB divulgou a novidade somente hoje (3). De acordo com a proposta analisada pelo Consuni, o curso superior de tecnologia em Produção de Cacau e Chocolate da UFSB terá oferta de 50 vagas anuais com período integral.

O número mínimo de quadrimestres letivos para se formar tecnólogo é de nove, equivalente a três anos. A carga horária total soma 3.040 horas, com 180 horas de estágio curricular obrigatório. Com a recente aprovação de mudança de regime letivo da UFSB, de quadrimestral para semestral, a documentação do curso deve ser adequada em breve.

INÍCIO DAS AULAS EM 2023

Segundo o coordenador pro tempore do curso, Carlos Eduardo Pereira, que leciona e pesquisa no Centro de Formação em Ciências Agroflorestais (CFCAF), o ingresso de novos alunos já se dará em 2023, com metade das vagas oferecida via Sisu e a outra metade será direcionada via edital próprio aos alunos egressos do curso Técnico em Agroindústria do Centro Estadual de Educação Profissional do Chocolate Nelson Schaun (CEEP).

A UFSB designou grupo de trabalho composto por docentes do CFCAF, centro ao qual o curso está vinculado, e do Centro de Formação em Tecnociências e Inovação (CFTCI) para criar o projeto pedagógico do curso (PPC). A criação desse percurso formativo vem sendo realizada por meio da atuação de profissionais da UFSB, do CEEP Nelson Schaun, da SEC-Bahia e do Itaú Educação e Trabalho, da Fundação Itaú para Educação e Cultura.

O curso, segundo a instituição, tem foco maior na produção de cacau e um aprofundamento na produção de chocolate. As aulas do curso ocorrerão no Campus Jorge Amado, na sede regional da Ceplac.

MERCADO E MÃO DE OBRA

Além da atuação na iniciativa privada nos mercados cacauicultor e de chocolates, os tecnólogos formados no curso poderão aprofundar os conhecimentos nos cursos de graduação e de pós-graduação da UFSB. A coordenação e o colegiado do curso estão em processo de constituição. “Brevemente iniciaremos também o processo de busca por instituições que possam colaborar com a formação dos nossos alunos. As empresas interessadas também poderão procurar a coordenação do curso para a realização dos convênios e acordos de cooperação técnica”, explica o coordenador Carlos Eduardo Pereira.

O decano do Centro de Formação em Ciências Agroflorestais, professor Daniel Piotto, afirma que a criação do curso é um importante resultado da parceria da UFSB com a Ceplac para a promoção do ensino de qualidade com ênfase na cadeia produtiva que é o carro-chefe da região. “O curso vem preencher uma lacuna muito importante, pois a maior parte dos cursos de Agronomia do país não foca na cultura do cacau. Esse curso, com certeza, vai possibilitar a formação de jovens do Sul da Bahia e das demais regiões brasileiras produtoras de cacau para trabalhar com o principal ativo nosso, o cacau e o chocolate”.

Osmar (no destaque) faleceu após acidente na BR-415
Tempo de leitura: < 1 minuto

O homem que faleceu após acidente na BR-415 (Ilhéus-Itabuna), nesta quinta-feira (3), foi identificado como Osmar Expedito Madeira Júnior, de 54 anos. Nascido em Uberaba (MG), ele era inspetor-chefe da Receita Federal em Ilhéus, há mais de dez anos, e deixou esposa e duas filhas pequenas.

O carro que Osmar dirigia bateu de frente com um caminhão caçamba na altura do posto desativado da Polícia Rodoviária Estadual. Não há informações sobre o estado de saúde do motorista do caminhão. A Polícia Rodoviária Federal, responsável pela rodovia, registrou a ocorrência.

Ao PIMENTA, um servidor da Receita Federal disse que a notícia da tragédia deixou a equipe da inspetoria consternada. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

Parte dianteira de carro foi destruída || Foto Redes Sociais/Reprodução
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um carro e um caminhão caçamba bateram de frente na Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), na altura do antigo posto da Polícia Rodoviária Estadual, na tarde desta quinta-feira (3). Segundo as primeiras informações, o motorista do veículo de passeio faleceu no local.

Caminhão envolvido em acidente na BR-415

Não há detalhes sobre a causa do acidente. Os danos no carro, que teve a parte dianteira destruída, indicam que o impacto da colisão foi muito forte. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-192) e o Corpo de Bombeiros foram acionados.

Carro de vítima de acidente na Ilhéus-Itabuna

O PIMENTA entrou em contato com o 5º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), que confirmou a morte do motorista ainda não identificado. De acordo com a unidade, não há mais informações disponíveis até o momento, pois a ocorrência ainda não foi encerrada. Atualizado às 14h51min.

Relatório do GAP dimensiona presença de óleo em praias
Tempo de leitura: < 1 minuto

Relatório do Grupo Amigos da Praia (GAP) reúne registros do aparecimento de fragmentos de óleo numa área que se estende por 192 quilômetros de praias do sul e baixo-sul da Bahia. A organização não governamental enviou o documento ao Ministério do Meio Ambiente, ao Governo da Bahia, à Secretaria Especial de Meio Ambiente de Ilhéus e aos institutos ambientais do estado e do país (Inema e Ibama).

O levantamento foi produzido de forma colaborativa, com imagens datadas e georreferenciadas por cidadãos de diversas cidades, especialmente Ilhéus. A Praia da Avenida foi a mais afetada do município, segundo o relatório, realidade que gera preocupação com a desova de tartarugas.

De acordo com o GAP, por estar pulverizado em toda a linha de maré, o óleo pelotado pode entrar na cadeia alimentar de animais marinhos, contaminando peixes da alimentação humana, além do restante da fauna marinha. Ainda não foi confirmado se o óleo encontrado nas praias baianas tem a mesma origem do que poluiu grande parte do litoral brasileiro em 2019.

Voluntários atuam na limpeza de praias e, segundo nota divulgada hoje (3) pelo GAP, a Prefeitura de Ilhéus prometeu, mas ainda não disponibilizou os 150 homens que se juntariam ao trabalho.

Décima edição do festival começa neste sábado (5) || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A décima edição do Festival de Dança de Itacaré também vai movimentar a cena cultural de Ilhéus, que receberá a abertura do evento, neste sábado (5), às 18h, no Terreiro de Matamba Tombenci Neto, na Conquista.

Na ocasião, o diretor Victor Quixabeira e Souza lançará o documentário Tenho ouvido pra dançar. Já no domingo (6), às 20h, o Terreiro centenário será palco da oficina-espetáculo Estrutura: espaço em processo(s), de Bel Souza e Cecília Carvalho.

A programação em solo itacareense começará na segunda-feira (7) e seguirá até 11 de novembro, com atrações no Centro Cultural Porto de Trás, ruas, praças e praias da cidade.

O festival é realizado pela Associação Comunidade Tia Marita e tem apoio institucional da Casa Ver Arte e da Prefeitura de Itacaré. O apoio financeiro é do Governo da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. Confira a programação completa no site do evento.

Top Park anuncia segunda etapa de empreendimento em Itabuna || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

Após a entrega da primeira fase do Top Park Itabuna, a sexta maior cidade da Bahia receberá em breve o Top Park 2, por meio da Urbantec. O empreendimento, que já é consolidado como o maior bairro planejado de Itabuna, tem impulsionado, para muitas pessoas, a realização do sonho da casa própria, isentando as parcelas durante a construção das casas, e proporcionando negociações descomplicadas e sem burocracia.

A segunda fase do Top Park Itabuna conta com a máxima infraestrutura, incluindo asfalto, redes de água, energia e esgoto, pórtico de entrada, ponto de ônibus e áreas de lazer. Além disso, o empreendimento ainda conta com outras novidades como quiosques, lagoa, praça de alimentação, anfiteatro, campo de futebol, e muito mais.

A responsabilidade ambiental e a conservação do rio Cachoeira também são prioridades do Top Park. Por isso, o empreendimento é o único bairro da cidade que oferece central de tratamento de esgoto e sistema de drenagem de água pluvial, serviços que elevam a qualidade de vida e o bem-estar dos moradores do bairro.

Top Park fica na BR-415, trecho Itabuna-Ibicaraí

Rômulo Agra, diretor executivo da Brasil 21, empresa responsável pela coordenação de vendas do Top Park, destaca as facilidades do financiamento: “mesmo com as obras já concluídas, o cliente pode pagar o Top Park, de forma facilitada, com uma pequena entrada e um saldo financiado direto com a construtora, sem burocracia. Muitas casas estão em construção na primeira fase, e quem comprar já pode começar a construir também”, afirma.

Para saber mais sobre o Top Park Itabuna, acesse o site topparkitabuna.com.br ou entre em contato pelo telefone (73) 98120-2572 (WhatsApp).

Tempo de leitura: 3 minutos

 

Aos líderes do estado e dos municípios de Itabuna e Ilhéus estarão os extratos dos resultados e também as respostas que terão que apresentar, cada um, conforme o peso e os objetivos que o presente apresentou e também o que esperarão para o futuro.

 

Rosivaldo Pinheiro || rpmvida@yahoo.com.br

O segundo turno das eleições se findou, mas os ciclos não se encerram com ele. Vamos precisar de um pouco mais de tempo para seguirmos com menos tensões em nível Brasil. Na disputa nacional, o comportamento do presidente Bolsonaro deixa mais um ar de negacionismo e caos, que, aliás, foi uma das marcas indeléveis do seu minúsculo governo.

Na disputa eleitoral baiana, a postura de ACM Neto no discurso de reconhecimento da vitória de Jerônimo Rodrigues demonstrou maturidade política e espírito democrático, e sinalizou a linha que ele adotará para se manter vivo até a próxima disputa. Fará uma permanente vigília ao novo governo.

Nesse aspecto, faz-se necessário ao PT e aos partidos aliados no estado se debruçarem nas análises dos resultados, especialmente nas maiores cidades e também nos pontos onde o ciclo de 16 anos de gestão permitiu mais ataques do adversário. Avaliar, inclusive, o porquê da queda de desempenho nas cidades mais populosas.

Será que a melhor condição de renda nessas localidades refletiu um alinhamento da disputa com o plano nacional? E Neto se beneficiou? Ou, qual o verdadeiro fator que provocou esse comportamento do eleitorado dessas cidades? Os menores municípios se sentiram em grande maioria incluídos no ciclo da atual gestão estadual e demonstraram alinhamento e conexão com Lula e Jerônimo. Parece ter havido uma nacionalização do pleito. Consequentemente, um reflexo direto nos números da disputa avaliando de forma direta: cidades maiores e menores.

Em relação aos números, precisamos fazer uma análise mais apurada nos resultados de Itabuna e Ilhéus, cidades que estão no prisma do estado com vultosos investimentos. Ilhéus já em plena fase de colheita, e Itabuna ainda na fase de plantio. Os gestores desses municípios também vivem diferentes tempos de gestão: um faltando dois anos para encerrar o ciclo do segundo mandato, enquanto o outro está completando os dois anos do início da sua primeira gestão à frente do município. Por essas particularidades, a análise que Augusto Castro precisará fazer é de maior profundidade.

A grosso modo, diria que para Marão resta tocar a máquina mantendo o trivial e arregimentando forças para projeção de alguém seu, politicamente falando, e o fortalecendo para ser apresentado como mantenedor do grupo à frente de Ilhéus. Augusto precisará de resiliência, sabedoria emocional, visão estratégica, fortalecimento do tecido político e outros ajustes, conforme a sua análise e visão direcionarem: fazer uma leitura externa e outra interna dos resultados das urnas.

O pós-eleição é sempre um momento especial para autoanálise e para simular cenários, além, claro, de analisar as áreas e estratégias que, por incompreensões ou não incorporação das diretrizes política e de gestão, apresentaram respostas abaixo das esperadas, e tomar as devidas e necessárias providências. Aos líderes do estado e dos municípios de Itabuna e Ilhéus estarão os extratos dos resultados e também as respostas que terão que apresentar, cada um, conforme o peso e os objetivos que o presente apresentou e também o que esperarão para o futuro.

O que esses líderes não podem é deixar que a oposição e os opositores ditem os seus passos e sedimentem no imaginário popular das duas cidades que saíram enfraquecidos da eleição. Do contrário, a corrida para “apagar incêndios” fará parte do dia a dia e o planejamento se perde, dando lugar ao improviso e permitindo o crescimento dos oponentes. É importante realizar ajustes, mas não perder de vista que houve vitória do campo político ao qual eles estão alinhados, tanto no estado quanto em nível federal.

Esse diferencial só Augusto e Marão podem lançar mão, fortalecendo e sendo fortalecidos para mudar as preferências dos eleitores locais em relação ao governo do estado e, consequentemente, para as suas próprias gestões. O mapa eleitoral está posto e exposto. Agora, restam as leituras dos resultados e as interpretações. A democracia se fortalece por esse caminho e por encaminhamentos a cada ciclo de disputa.

Rosivaldo Pinheiro é comunicador, economista e especialista em Planejamento de Cidades (Uesc).

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Mega-Sena sorteará hoje prêmio de R$ 43 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 2535. O sorteio será realizado no terminal Tietê, em São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal.

A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio.