Moacyr Leite Júnior chama atenção para a degradação ambiental no sul da Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite Júnior (DEM), se disse “muito preocupado” com a questão ambiental. Numa conversa com o jornalista Ricky Mascarenhas, o gestor do município que tem em Serra Grande seu grande apelo turístico, revelou sua angústia com o descaso do ser humano com a natureza.

Parque da Serra do Conduru, em Uruçuca

Na conversa, o prefeito citou a irresponsabilidade do ser humano com a natureza, citou as riquezas de Serra Grande e do Parque Estadual da Serra do Conduru. “O que as pessoas fazem com nossa mata atlântica inadmissível”, frisou.

Moacyr elencou inúmeros pontos turísticos em todo o município, mas o Parque Estadual da Serra do Conduru, em Uruçuca, é um dos que mais o preocupam. “A paisagem exuberante, a rica biodiversidade da fauna e flora, riachos e cachoeiras de águas cristalinas em uma área de mais de nove mil hectares, recebe e encanta turistas e pesquisadores de todo o mundo”, lembrou o prefeito.

Este riquíssimo patrimônio natural, salientou Moacyr, é frequentado por diversas pessoas, com pouca ou nenhuma preocupação com o meio ambiente e sua preservação. “Descartam garrafas pet, copos e pratos plásticos, restos de comida e até preservativos. Nossas campanhas de conscientização abordam justamente isso”, frisou.

Vista panorâmica da região de Serra Grande no sentido Barra do Sargi

O prefeito de Uruçuca disse que, mesmo com equipes de fiscalização, conscientização e limpeza, trabalhando com dedicação e comprometimento, é praticamente impossível atender a demanda. “Temos investido em conscientização, [em] mostrar às pessoas a importância da preservação para que os netos, bisnetos, enfim, muitas gerações ainda possam desfrutar de tamanha beleza natural”, ressaltou.

Renegociação das dívidas devem ser feitas no Departamento de Tributos || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Augusto Castro sancionou a lei que institui o Programa de Regularização de Dívidas Tributárias (Refis), o Regularize Itabuna. O contribuinte, pessoa física ou jurídica, poderá parcelar em até 42 vezes dívida com alvarás, IPTU e ISS em aberto até maio deste ano, além de desconto de 100% de juros e multas.

Para secretário municipal da Fazenda e Orçamento, Davi Dultra, o Refis beneficia município e contribuinte. “O município que não deixa de arrecadar e pode manter seu cronograma de obras e serviços”, afirma. “Além disso, o contribuinte que optar pelo desconto de 100% sobre os encargos de juros e multas terão a possibilidade de parcelar a dívida dentro do ano corrente”, completa.

CONDIÇÕES DE RENEGOCIAÇÃO

O contribuinte poderá negociar pagamento de dívidas com desconto de 100% dos juros e multas para pagamento em até seis parcelas, desde que o vencimento da última parcela esteja programado para dezembro de 2021.

O desconto de 80% sobre os encargos de juros e multas será concedido quando o pagamento for efetuado em até 18 vezes. Para quem negociar em até 30 vezes, com entrada de 10% do valor da dívida, terá desconto de 60%.

Quem preferir o parcelamento em 42 vezes, terá desconto de 40%, caso dê 15% de entrada do valor da dívida. O contribuinte pode aderir ao Refis Municipal indo ao Departamento de Tributos, no prédio anexo do Centro Administrativo Firmino Alves, no São Caetano.

ISS DE EMPRESAS NO SIMPLES

O Refiz abrange os tributos municipais, porém empresas optados do Simples Nacional não poderá fazer parcelamento de dívidas do ISS. Isso, porque o recolhimento do imposto é feito pela Receita Federal. Por isso, estas empresas devem ficar atentasa.

Adson Franco, Rosivaldo, Ângelo e Sônia discutem projeto de parceria
Tempo de leitura: 2 minutos

A despoluição e a recuperação do Rio Cachoeira foram discutidas em uma reunião nesta quarta (19), do gerente de Planejamento e Expansão da Emasa, Ângelo Lucena, com a secretária municipal de Planejamento, Sônia Fontes, e o diretor de Projetos da Secretaria, Rosivaldo Pinheiro, e o empresário Adson Franco, representante da Santo Agostinho e BR Infra, empresas que contam com a parceria da dinamarquesa Ramboll.

As empresas representadas por Adson Franco elaboram projetos necessários para a captação de recursos em diversas áreas, com ênfase nas áreas ambiental e saneamento. No encontro, foi debatida a possibilidade de elaboração de projetos para captação de recursos a serem aplicados em projetos de recuperação da Bacia do Rio Cachoeira, que engloba Itabuna, Itororó, Firmino Alves, Itaju do Colônia, Floresta Azul, Ibicaraí, Santa Cruz da Vitória, Jussari, Buerarema e Itapetinga.

Segundo Franco, a dinamarquesa Ramboll é uma empresa global de consultoria em serviços ambientais, que supervisiona e executa programas nessa área em países como Cingapura, na Ásia. No Brasil, desenvolve o Programa de Reparação Integral da Bacia do Rio Doce.

“A Remboll atua também no projeto-piloto de despoluição do Rio Pinheiros, em São Paulo. Temos acesso a tecnologias que estão sendo aplicadas no país asiático, que também podem ser usadas na Bacia do Rio Cachoeira”, atesta Franco.

PARCERIAS PARA RECUPERAR O CACHOEIRA

Segundo o gerente de Planejamento e Expansão da Emasa, Ângelo Lucena, a empresa tem interesse em firmar parcerias com a iniciativa privada para recuperar o Rio Cachoeira. “Essa é nossa tratativa inicial, que tende a evoluir. Considero esse o maior desafio da atual gestão, ‘devolver a vida’ ao Cachoeira”, avalia Ângelo Lucena.

Já a secretária municipal de Planejamento, Sônia Fontes, lembra que o Rio Cachoeira é uma preocupação não só do município de Itabuna, mas de toda a população regional que com ele se identifica. “O Cachoeira é a identidade de Itabuna e tem que ter a sua recuperação priorizada não só no trecho que corta a cidade, mas em toda a sua bacia hidrográfica”, defende.

O diretor de Projetos da Secretaria de Planejamento, Rosivaldo Pinheiro, cita que “Itabuna é a maior cidade dentre aquelas que fazem parte da Bacia do Rio Cachoeira”. “É preciso atrair os demais municípios para integrar esse projeto, pelas ideias inovadoras de que se reveste, inclusive com expertise internacional”.

Tempo de leitura: 2 minutos

Aldo e Diego apresentaram o CadCulti ao secretário de Administração de Itacaré, Marcos Japu (ao centro)

O secretário municipal de Administração de Itacaré, Marcos Japu, visitou a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), nesta terça (18) para conhecer o Cadastro Cultural e de Turismo de Itabuna (CadCulti), ferramenta inovadora lançada pela gestão do prefeito Augusto Castro.

Durante um encontro com o presidente da FICC, Aldo Rebouças, e com o supervisor administrativo-financeiro da fundação, Diego Pitanga, o secretário Marcos “Japu” conheceu detalhes da plataforma pioneira na região sul do Estado que resultará em um importante banco de dados para a Fundação.

Para Marcos, o projeto é um grande marco da gestão do prefeito Augusto Castro, principalmente para Itabuna, que é polo de cultura regional. O secretário de Itacaré disse que a ferramenta poderá proporcionar melhores condições coletivas aos segmentos de cultura e de turismo.

– Itacaré é uma cidade que respira cultura e é um destino turístico completo. Conhecer ferramentas que proporcionem melhores condições aos coletivos e segmentos é de extrema importância, conforme direcionamento do nosso prefeito Antônio de Anízio – disse Marcos Japu ao PIMENTA.

A plataforma, avalia Japu, é indispensável para, a partir das informações colhidas, traçar metas e dinâmicas e vê como incrível a plataforma utilizada pela FICC. “O prefeito Tonho de Anízio, vai avaliar a possibilidade de criar uma ferramenta/plataforma ideal para Itacaré, dentro da realidade local”, disse o secretário.

O CADCULTI

Lançado na segunda (17), o CadCulti é destinado a atores culturais e de turismo, micro e pequenas empresas; cooperativas e instituições culturais e de turismo; organizações; associações; espaços; grupos; coletivos culturais e comunidades tradicionais.

O cadastramento da classe artística e do segmento do turismo é feito pelo site oficial cadculti.ficc.com.br, onde os profissionais e artistas preenchem o formulário, anexando os documentos solicitados. Com essa plataforma, Itabuna se destaca na preocupação e dedicação em valorizar as classes cultural e de turismo e também em dar um pontapé inicial para que outros municípios da Região Cacaueira da Bahia visualizem as possibilidades de seguir caminhos inovadores.

Rui Costa, ao lado de Augusto, inaugura e anuncia novas obras || Fotos Roberto Santos
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Augusto Castro comemorou o anúncio de pacote de obras para Itabuna, feito pelo governador Rui Costa na última sexta (7). O gestor baiano esteve no município para inaugurar as obras do Semianel Rodoviário e anunciou construção de complexo educacional e de uma escola de tempo integral.

– O governador tem tido uma atenção muito especial com Itabuna. E esse ritmo do nosso governador Rui Costa só tem feito bem ao nosso município e ao nosso Estado. Enfim, só tem feito a Bahia crescer”, destacou o prefeito Augusto Castro.

Além da construção de duas escolas, o governador anunciou R$ 2,5 milhões para a reforma da Vila Olímpica Professor Everaldo Cardoso. O complexo esportivo possui ginásio e piscina semiolímpica e terá campo society e quadra de areia, segundo o município. “Estamos vivendo um novo momento de desenvolvimento em Itabuna com obras que são verdadeiros vetores de crescimento”.

“NOTÍCIA DO ANO”

Augusto ainda destacou o reposicionamento de Itabuna. “O Governo da Bahia nunca investiu tanto em nossa cidade como agora. Mas temos que reconhecer que a notícia do ano é o anúncio da duplicação da BR-415 que liga Itabuna a Ilhéus que será mais um marco de desenvolvimento para o sul do Estado”, comentou o prefeito Augusto Castro.

Rui Costa fez questão de ressaltar a importância dessa parceria com Itabuna. “Sempre tive vontade de trabalhar por essa região e continuarei assim, porque o ritmo da Bahia é o ritmo de correria, de trabalhar e gerar empregos”, disse. A previsão é de que seja publicada em 30 dias no Diário Oficial a licitação da duplicação do trecho da BR-415, com recursos na ordem de R$ 150 milhões do Governo da Bahia (confira mais aqui).

Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, está entre terminais que vão a leilão || Foto Portal da Copa
Tempo de leitura: 2 minutos

Com a previsão de resultar em investimentos de R$ 10 bilhões, o governo promoverá nesta semana o leilão de 22 aeroportos, uma ferrovia e cinco terminais portuários. Chamada pelo governo de Infra Week, a semana de leilões começa hoje (7), com a concessão dos terminais aéreos à iniciativa privada por 30 anos.

Divididos em três blocos regionais, os aeroportos serão leiloados a partir das 10h na sede da B3, em São Paulo. Os lances mínimos serão de R$ 130,2 milhões pelo Bloco Sul, R$ 47,8 milhões pelo Bloco Norte e R$ 8,1 milhões pelo Bloco Central.

Vencerão os consórcios que oferecerem o maior ágio sobre o preço mínimo de cada bloco. Os valores – lance mínimo mais ágio – serão pagos imediatamente após o leilão. A partir do quinto ano de contrato, os consórcios terão de pagar ao governo um percentual da receita obtida a cada ano, até o fim do contrato.

Integram o Bloco Sul os aeroportos de Curitiba, Foz do Iguaçu (PR), Londrina (PR), Navegantes (SC), Joinville (SC), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS). O Bloco Central é composto pelos aeroportos de Goiânia, São Luís, Imperatriz (MA), Teresina, Palmas e Petrolina (PE). Fazem parte do Bloco Norte os aeroportos de Manaus, Tabatinga (AM), Tefé (AM), Porto Velho, Rio Branco, Cruzeiro do Sul (AC), e Boa Vista.

Os 22 aeroportos a serem leiloados correspondem a 11% do tráfego aéreo nacional de passageiros, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O governo estima investimentos de R$ 6,1 bilhões nos aeroportos concedidos à iniciativa privada, dos quais R$ 2,8 bilhões no Bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Bloco Central e R$ 1,4 bilhão no Bloco Norte.

OUTROS LEILÕES

Já o terminal do porto de Pelotas (RS) é voltado para carga em geral, em especial toras de madeira, contribuindo para a cadeia logística da produção de celulose, e tem uma área de cerca de 23 mil m².

Segundo o Ministério da Infraestrutura, as concessões dos terminais portuários devem resultar em investimentos de R$ 600 milhões pela iniciativa privada em modernização e melhorias. Vencerá a disputa quem oferecer o maior valor de outorga.

Representantes da Prefeitura e comunidades começam a trabalhar conceito de turismo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Dos principais destinos do Nordeste, Itacaré decidiu investir em turismo de base comunitária (TBC). Segundo o governo municipal, o projeto envolverá não apenas a Secretaria de Turismo local, mas também as pastas de Meio Ambiente, Administração, Agricultura e Transporte. Inicialmente, as ações serão focadas em conservação das estradas vicinais, com visitas em comunidades rurais, dialogando e traçando metas para os primeiros projetos pilotos.

Já como parte desse trabalho os secretários municipais Jorge Ávila (Turismo), José Mato Grosso (Transportes) e Marcos Japu (Administração), acompanhados do vereador Renilson Ramos, visitaram neste domingo o meio rural, acompanhando as atividades de melhorias das estradas em execução pela Prefeitura.

O prefeito Antônio de Anízio diz que em vários países do mundo, inclusive no Brasil, o turismo comunitári0 tem sido uma tendência entre a preferência dos viajantes. Mais do que visitar comunidades, observa “Tonho”, o turismo comunitário valoriza a preservação ambiental, a história, os costumes, a cultura local, fortalecendo o sentimento de pertencimento e proporcionando trabalho e renda.

Para o secretário de Turismo, Jorge Ávila, viabilizar os acessos é de fundamental importância. “O compromisso do prefeito Antônio de Anízio com a população de Itacaré é constante. Ele nos orientou e avançaremos nessa proposta”, explicou. Antônio de Anízio adiantou ainda que a ideia desse conceito é promover um turismo mais justo, que coloque a população local no protagonismo em todas as etapas de planejamento, implementação, execução e monitoramento.

AGENDA

Na próxima quinta-feira (18), uma agenda dessa equipe está prevista para o Assentamento Pancada Grande, pela manhã, e as cachoeiras de Noré e da Usina em Taboquinhas, à tarde, na visita de campo para observar as potencialidades locais.

Representantes de Sebrae e Prefeitura de Itabuna em assinatura de termo de adesão
Tempo de leitura: 2 minutos

Itabuna foi a primeira cidade baiana a assinar o termo de parceria para o programa Cidade Empreendedora ciclo 2021. O prefeito Augusto Castro recebeu em seu gabinete o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, que participou do evento de forma remota, e, presencialmente, os representantes do Sebrae que atuam na região Sul, a gerente Claudiana Figueiredo e o gerente adjunto, Michel Lima, para assinatura do termo de adesão.

O ato de assinatura do convênio contou, ainda, com a participação da gestora estadual do programa Cidade Empreendedora, Cecília Miranda, através de vídeochamada, das secretárias municipais de Planejamento, Sônia Fontes e de Educação, Janaína Araújo, do coordenador geral de Comunicação, Afonso Dantas e do diretor de fomento à Indústria e Comércio, Othon Dantas.

Em sua fala, Khoury destacou a importância da atuação dos municípios para a economia do estado, além de reforçar o compromisso da entidade no apoio através das ações do programa. Na oportunidade, também foram apresentados os desafios do projeto para este ano, com base nos eixos temáticos de Educação Empreendedora, Desburocratização, Compras Públicas, Inovação e Sustentabilidade e Gestão Municipal.

Já o prefeito Augusto Castro afirmou que vai unir forças com o Sebrae para desenvolver o ambiente de negócios na cidade. “Foi promessa de campanha transformar Itabuna em um lugar para empreender, e vamos cumprir”, finalizou.

O PROGRAMA

O Cidade Empreendedora tem como objetivo engajar a gestão municipal e as lideranças locais na melhoria do ambiente de negócios, promovendo políticas públicas que beneficiem as pequenas empresas e contribuam para o desenvolvimento econômico local, com a intenção de tornar o município um melhor lugar para empreender.

O programa sugere alguns caminhos e propostas para que, juntos, Sebrae e municípios, possam transformar a Bahia em um lugar melhor para viver porque, quando temos um ambiente melhor para fazer negócios, temos mais geração de renda e oportunidades.

Desde o início do programa, em 2018, 149 cidades baianas já implementaram o programa e capacitou mais de três mil gestores públicos, com mais de seis mil horas de consultoria gratuita para os representantes das prefeituras participantes. Neste ano, 53 municípios foram selecionados para formalizar a parceria com o Sebrae Bahia no programa Cidade Empreendedora.

Edital da Fapesb destina R$ 10 milhões para inovação em gestão pública
Tempo de leitura: 2 minutos

O governador Rui Costa anunciou, nesta quarta (10), lançamento do edital Governo Inteligente, voltado aos micro e pequenos empresários. Serão investidos R$ 10 milhões em projetos inovadores que possam solucionar problemas reais da gestão pública. A iniciativa é da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e faz parte do Programa de Apoio à Pesquisa na Micro e Pequena Empresa (Pappe).

As propostas devem ser apresentadas a partir de desafios do dia a dia dos brasileiros. Para chegar a cada desafio apresentado no edital, a Fapesb indagou diversas secretarias do governo e outras instâncias da esfera pública quais eram as suas maiores dificuldades perante o momento atual. Com base nessas demandas, os micro e pequenos empreendedores poderão criar soluções inovadoras, gerando projetos com tecnologias específicas.

INOVAÇÃO

Para o diretor de inovação da Fapesb, Handerson Leite, o edital lançado, além de outros benefícios, injeta dinheiro na economia do estado. “Com esses projetos apresentados pelos empresários, faremos com que todos saiam ganhando: o governo, os empresários e principalmente a população. É uma maneira de ajudar a impulsionar a economia do Estado nesse momento de crise”, contou.

A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, também vê essa oportunidade como um grande investimento econômico e tecnológico para o estado. “As propostas que serão aceitas pelo edital não só contribuirão com o desenvolvimento de produtos para o uso na governança pública, mas também impulsionarão a economia do estado após a pandemia”, afirmou.

INSCRIÇÃO

Para se inscrever, é preciso ser micro ou pequena empresa residente no estado da Bahia e estar em situação regular junto ao governo e ter um projeto de desenvolvimento de um processo, produto ou serviço, propondo a solução do desafio escolhido no edital. Os interessados já podem acessar os detalhes do edital Governo Inteligente no site da Fapesb (www.fapesb.ba.gov.br).

Pedro Tavares elogiou esforço da gestão municipal
Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM) destacou o retorno do serviço de transporte público para os cidadãos de Itabuna, após o sistema entrar em colapso há quase um ano. Foram 11 meses sem ônibus na cidade. Tavares elogiou o esforço da gestão municipal de Itabuna, comandada pelo prefeito Augusto Castro.

“É gratificante vermos que os usuários do transporte público de Itabuna terão novamente acesso a esse sistema essencial que estava parado. Lembrando que é algo muito necessário, pois possibilita o deslocamento das pessoas de uma área a outra da cidade, trazendo mais mobilidade e facilidades no dia a dia. Parabenizo o prefeito Augusto Castro e a sua gestão, envolvendo a Secretaria de Transporte e Trânsito por essa realização, uma demonstração de compromisso com as necessidades da população de Itabuna”, afirmou.

O sistema voltou a funcionar sem aumento de tarifa. Foi assinado um contrato emergencial com uma empresa de transportes, a Atlântico, que também admitiu 230 cobradores, motoristas e pessoal de outros setores na própria cidade. Os veículos terão sistemas de wifi, USB e reconhecimento facial, além da integração.

Futuros contratados vão atuar na Secretaria Municipal de Saúde
Tempo de leitura: < 1 minuto

Por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a Prefeitura de Itabuna editou a Portaria nº 9. 494, de 1º de fevereiro de 2021, que autoriza a formação de Comissão Municipal Organizadora para a realização do Processo Seletivo Simplificado nº 001/2021.

Segundo a Prefeitura, a contratação temporária de pessoal é necessária em razão da insuficiência de servidores. Por recomendação do Ministério Público estadual, o município dispensou em janeiro passado funcionários contratados de forma precária, sem processo seletivo, informa o governo.

Os candidatos do processo seletivo serão avaliados por meio de análise curricular, de caráter eliminatório e classificatório. O contrato terá duração de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Decreto publicado na última edição do Diário Oficial do Município, na noite de ontem (4), prorroga medidas restritivas de combate ao novo coronavírus (Covid-19) em Ilhéus. As medidas foram adotadas após avaliação do Gabinete de Crise sobre o cenário epidemiológico da cidade, considerando os dados divulgados diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Conforme o documento, ficam suspensas até amanhã (6) “a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e similares, independentemente do número de participantes; as atividades relacionadas a feiras, circos e parques de diversões, inclusive, equipamentos de diversão como pula-pulas e afins e a disponibilização de música ao vivo em estabelecimentos comerciais, bares, restaurantes, clubes, hotéis e afins”.

O governo diz que a medida busca frear a transmissão da doença na cidade. Os estabelecimentos que descumprirem quaisquer das medidas restritivas ficarão sujeitos às penalidades previstas no decreto.

Júnior Brandão, Álvaro Ferreira, Abude e Guinho: secretariáveis
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito eleito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), definiu a sua equipe que tratará da transição de governo. E, talvez, começa a desenhar o primeiro escalão. Dos seis nomes escolhidos para a transição, ao menos três são apontados como certos no secretariado de Augusto.

Seriam eles Enderson Guinho na Secretaria de Esportes – a ser recriada na reforma administrativa a ser encaminhada para a Câmara – e Júnior Brandão na Educação. Já o empresário Ronaldo Abude pode assumir a Administração ou comandar a área da Indústria e Comércio.

O advogado Álvaro Ferreira é outro nome cogitado. Assumiria a Procuradoria-Geral do Município. Além destes nomes, a equipe de transição é composta pela advogada Janaína Alves de Araújo, sócia do secretário de Administração de Ilhéus, Bento Lima, em escritório de advocacia, e o contabilista Almir Fernandes Júnior.

http://157.230.186.12/2020/11/24/augusto-diz-que-entende-ansiedade-mas-secretariado-so-em-dezembro/

 

Veiga, Lero Cunha, Alessandro e Moreau: parceria exitosa
Tempo de leitura: 2 minutos

A gestão pública no pós pandemia do Coronavírus vai precisar implementar mudanças significativas para atender às necessidades cada vez mais urgentes da sociedade. A Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) promoverão de 7 a 11 de dezembro, das 10h às 12h, nas plataformas digitais do Youtube e Zoom, o 2º Seminário Novos Gestores, visando orientar e capacitar os novos prefeitos e prefeitas para uma gestão de qualidade e eficiência no mandado de 2021 a 2024.

De acordo com o presidente da Amurc, Aurelino Cunha, Lero Cunha, o Seminário pretende discutir com os atuais e futuros gestores uma nova perspectiva de gestão pública do Território Litoral Sul no período 2021–2024. A ideia é fazer com que a gestão pública municipal estabeleça uma interface maior com as esferas de governo, a sociedade civil e a iniciativa privada.

“Com isso, os gestores têm a perspectiva de saírem mais fortalecidos desse momento, garantindo assim, eficiência, inclusão social, economia de recursos, ganho de produtividade, novas parcerias e, principalmente, aprimoramento da qualidade dos serviços públicos”, destacou o gestor.

Entre os objetivos do evento, o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga cita a finalidade de informar os novos gestores sobre a importância da Associação e do Consórcio Público na Gestão Municipal, enquanto elemento de impulsionamento político e de atendimento às demandas dos municípios e da população, ressaltando ainda, o trabalho das instituições frente a pandemia.

Alinhado a isso, serão debatidas alternativas coletivas para que a gestão pública possa viver o “novo normal”, apresentar aos gestores (as), as parcerias desenvolvidas para atendimento às demandas dos municípios associados e consorciados. E, ao mesmo tempo, orientar e capacitar os novos gestores eleitos para que desenvolvam uma gestão pública de qualidade e eficiente, ao longo do mandato, tendo em vista o novo cenário.

PARCERIA EXITOSA

Para o reitor da Uesc, Alessandro Santana, e o vice-reitor, Maurício Moreau, o Seminário marca mais um momento importante na história da região cacaueira, com destaque para a parceria exitosa e de muitos anos, entre a Amurc e a Uesc. No momento será apresentada a estrutura da Universidade, com seus programas e projetos, dentre os quais, o Programa Agir (Apoio Institucional e Gerencial às Prefeituras do Território Litoral Sul) e o Amaná, em parceria com a Associação.

“O programa Amaná, que é de incentivo a recuperação financeira e econômica da Região Cacaueira, tem como foco, micro e pequeno empresário e empreendedores, mas também prefeituras municipais. Então, acredito que nesse momento, os novos gestores, principalmente, terão a oportunidade de conhecer a estrutura da Amurc e da Universidade, e saber que não estão sozinhos nesse início de gestão”, destacou Alessandro.

Vice-prefeito Enderson Guinho se reúne com grupo de mulheres
Tempo de leitura: < 1 minuto

Integrantes do grupo Mulheres de Itabuna se reuniram com o vice-prefeito eleito de Itabuna, Enderson Guinho. O grupo aproveitou o encontro para abordar temas como segurança pública, saúde e educação. O vice-prefeito eleito falou do plano de governo e agradeceu a disposição do Mulheres de Itabuna em colaborar com o futuro governo.